Ciências Políticas

Ciências Políticas

As Ciências Políticas estudam os sistemas governativos com base na análise das estruturas de poder e das atividades políticas. Os cientistas políticos têm como principal objetivo entender as formações políticas, para que as sociedades atuais funcionem bem, incluindo instituições financeiras, sociais, jurídicas e estatais.

Outros nomes para esta profissão: Cientista político

  • Modalidades: Presencial
  • Ordenado Médio Mensal: 1000€ - 1500€
  • Empregabilidade: Média
  • Empregabilidade: Trabalho em Equipa
  • Disciplinas do Secundário/ensino médio: Economia, Filosofia, História, Línguas, Literatura
  • Idiomas: Espanhol, Francês, Inglês, Português

Como se trata de uma área multidisciplinar, os cientistas políticos têm conhecimentos de outras áreas do conhecimento, a partir das quais podem apoiar o seu trabalho, como é o caso do Direito, Sociologia, Economia, Relações Internacionais e Filosofia.

Ao contrário do que a maioria pensa, eles não se ocupam só do entendimento das relações de poder políticas. Eles pretendem entender o poder como um todo. Então, além de analisar os comportamentos de políticos, eles também analisam a atuação de economistas e juristas, por exemplo.

Esta é uma carreira muito desenvolvida em alguns dos países da União Europeia e nos Estados Unidos. No Brasil ainda é um pouco desconhecida, embora tenha vindo a mudar de cenários nos últimos tempos.

Se está interessado em seguir esta profissão, então continue a ler este artigo e descubra o que o profissional formado em Ciências Políticas faz, quais as suas funções, quais as saídas no mercado de trabalho, e o que precisa fazer para entrar nesta carreira. Confira!

O que faz um profissional de Ciências Políticas?

O profissional de Ciências Políticas tem como principal objetivo estudar e analisar os comportamentos dos sistemas políticos, assim como as teorias políticas. Na prática, o cientista político faz uma avaliação completa do funcionamento político, em todas as suas vertentes.

Pode trabalhar em diferentes esferas dos órgãos públicos, e pode encontrar vagas no poder executivo, assim como legislativo e judiciário.

Não é fácil definir o que este profissional faz, pois ele pode trabalhar em diferentes cargos, e todos eles muitos diferentes uns dos outros. Por isso, vejamos agora as funções deste profissional nos principais cargos ocupados por ele.

Quais as suas funções

Qualquer profissão se desfaz em diferentes cargos, o que acarreta funções específicas distintas. No entanto, no caso do profissional de Ciências Políticas, essas diferenças são gritantes. Ora veja!

Economia Política

Se, por um lado, as ações dos governos afetam o mercado e a economia regional e nacional, por outro lado, as ações do mercado também podem afetar o governo.

Os cientistas políticos que atuam nesta área precisam ter um conhecimento avançado em Economia, Sociologia e Direito, pois estas ciências permitem ter um entendimento sobre esta relação do governo e da economia, com foco na influência das ações políticas nos hábitos de consumo da sociedade.

Geopolítica

O cientista político é o profissional responsável por estudar a influência que o Estado tem noutros territórios. Como tal, ele fará diversas ações diplomáticas com o intuito de evitar conflitos com outras regiões e países, assim como resolver esses conflitos.

Políticas Públicas

Esta é uma das mais importantes áreas de atuação do profissional de Ciências Políticas. Neste caso, falamos de ações governamentais para resolver determinados problemas sociais, como é o caso da exclusão social, ou da educação, por exemplo.

Assessoria nas Eleições

Sem dúvida, um dos cargos ocupados pelos cientistas políticos é o de assessor dos políticos ao longo de toda a campanha política e durante as eleições. Além de gerir toda a campanha, este profissional elabora pesquisas de opinião e pode ajudar na construção de propostas de governo.

Relações Internacionais

Trabalhando nesta área, o cientista político é responsável por estudar os sistemas políticos de outras nações, apoiando as relações entre os países.

Saídas no Mercado de Trabalho

Apesar de haver ainda pouco reconhecimento destes profissionais, as áreas de atuação são tão diversas que facilmente encontrará uma vaga de emprego. Além da carreira política óbvia, é possível trabalhar como gestor de políticas públicas, partidos políticos, institutos de pesquisa, sindicatos, indústrias e até bancos.

Além disso, pode também atuar como profissional autónomo, dando consultoria e assessoria tanto para pessoas singulares, como para empresas.

Tendo em conta que o curso de Ciências Políticas é muito vasto, e existe a possibilidade de especializar-se em muitas áreas, existem sempre opções que pode tomar. Vejamos quais as saídas!

  • Carreira Diplomática – Candidato Político
  • Assessoria Política a candidatos, ministros ou deputados
  • Jornalismo Político
  • Análise e Pesquisa política para empresas e organizações diversas
  • Consultadoria política
  • Relações internacionais, tanto em empresas, como em ONG’s e instituições públicas
  • Direitos Humanos – Desenvolvendo campanhas e políticas sociais para o governo central e local, ONG’s, entre outras.

Como entrar na carreira de Ciências Políticas

Para entrar nesta carreira, é necessário ter o curso superior de Ciências Políticas. Em Portugal, para frequentar este curso, geralmente pedem como prova de acesso História e Português, embora algumas possam aceitar os exames de Economia e Filosofia.

No Brasil, já existem algumas faculdades que oferecem o curso de Ciência Política, mas o mais comum é que o aluno tenha de ingressar em Ciências Sociais e depois especializar-se em Sociologia ou Antropologia. Apesar de o curso de Ciências Sociais não ser específico, ele abrange a Ciência Política, dando conhecimentos sólidos aos estudantes.

Onde estudar Ciências Políticas

Portugal:

Brasil:

Se está certo que Ciências Políticas é aquilo que gosta e que quer seguir, então não desista! Esta é uma área muito abrangente, o que lhe confere oportunidades de trabalho das mais diversas. Estude, invista bastante no seu conhecimento. Não se deixe ficar somente por aquilo que aprende na faculdade. Procure sempre mais conhecimentos em várias fontes. O sucesso está à sua espera!

Partilhar:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima