Sapateiro (a)

Sapateiro

O sapateiro ou sapateira é o profissional que se dedica ao conserto e ao fabrico de sapatos ou de calçado em geral. É uma profissão ameaçada de extinção, contudo, nos últimos tempos, cresceu a procura por estes profissionais. Além disso, têm surgido novas oportunidades na área, nomeadamente no segmento de luxo.

Outros nomes para esta profissão:

  • Modalidades: Presencial
  • Ordenado Médio Mensal: Mínimo - 1000€
  • Empregabilidade: Baixa
  • Empregabilidade: Trabalho Solitário, Trabalho em Equipa
  • Disciplinas do Secundário/ensino médio: Geometria Descritiva, Materiais e Tecnologias, Oficina de Artes
  • Idiomas: Português

Se pensa que ser sapateiro é uma profissão do passado, está muito enganado! Nos últimos tempos, a procura por estes profissionais aumentou. Isto porque cada vez mais as pessoas procuram serviços de conserto de sapatos. E não é só uma questão de economia.

As pessoas não estão preocupadas apenas em poupar dinheiro. Muitas vezes, desejam antes prolongar a vida daqueles sapatos ou botas que adoram!

Todavia, os sapateiros não fazem apenas consertos de calçado. Também podem fabricar sapatos novos, por exemplo num negócio próprio, colaborando com estilistas ou trabalhando na indústria do calçado.

Ouça, no vídeo que se segue, o testemunho de sapateiros que falam sobre a sua experiência profissional…

Quanto ganha um sapateiro

Os sapateiros nunca foram muito bem pagos. No passado, houve tempos em que a profissão não tinha muito prestígio. Contudo, com a grande utilidade que tem e a crescente procura, acabou por afirmar-se como um ofício respeitado.

Atualmente, os sapateiros podem ter que sofrer muito para conseguir um bom rendimento ao fim do mês. Quem trabalha por conta própria, vive sempre com a instabilidade dos ganhos. Mas pode dar para tirar um bom rendimento, sobretudo no Inverno, quando as pessoas gastam mais em consertos de botas para escaparem à chuva.

Porém, a carreira de sapateiro também pode ser seguida na indústria do calçado, onde os salários podem ser baixos. Mas tudo depende do tipo de fábrica onde se trabalhe.

O que faz um sapateiro

O papel do sapateiro ou sapateira é consertar e fabricar sapatos, bem como fazer outros trabalhos associados à indústria do calçado. É um ofício bastante manual, embora, atualmente, o recurso às máquinas seja muito comum e uma grande ajuda.

Mais do que uma profissão técnica, esta é uma arte que requer grande perfeição e cuidado com todos os detalhes.

Para lá destas qualidades manuais, é preciso também ter características pessoais, como por exemplo, muita paciência, para exercer esta atividade.

Além de sapatos, os sapateiros também cuidam do conserto de outros artefactos, como por exemplo bolsas, carteiras, cintos, jaquetas e mochilas.

 Quais as suas funções

A vida de um sapateiro vai depender muito do local onde trabalha, pois isso determinará o tipo de tarefas que terá de cumprir.

Num negócio próprio, será responsável por todas as fases do processo, incluindo os detalhes mais burocráticos como por exemplo a gestão e as contas.

Mas também pode trabalhar numa fábrica de calçado, onde terá tarefas definidas na cadeia de produção, conforme o seu grau de competência e a experiência que tiver.

Venha agora conferir as funções essenciais no dia-a-dia de um sapateiro:

  • Consertar calçado
  • Reparar saltos partidos
  • Coser capas
  • Engraxar sapatos
  • Modelar calçados
  • Cortar peças de calçados
  • Pespontar peças de cabedais de calçados
  • Montagem de calçados
  • Conserto de malas, carteiras, mochilas, colchões infláveis e até piscinas, entre outros
  • Manufatura de sapatos e botas.

Tempos houve, onde os sapateiros faziam tudo à mão! Mas, agora, mesmo os mais tradicionais, já recorrem a maquinaria para executarem várias tarefas.

Confirme, de seguida, alguns exemplos de máquinas que os sapateiros utilizam na jornada de trabalho:

  • Bigorna de sapateiro
  • Furadeira
  • Alicate de sapateiro
  • Martelo
  • Faca de sapateiro
  • Prensa
  • Lixadeira
  • Máquina de costura
  • Equipamento de vulcanização
  • Máquina de polimento
  • Frese.

Saídas no Mercado de Trabalho

Não há muitas saídas profissionais para os sapateiros que queiram dedicar-se ao conserto de sapatos naqueles moldes mais tradicionais, pois os profissionais que existem já têm a sua clientela bem definida – aquelas pessoas leais que os procuram há anos.

Na maioria dos negócios, são os próprios donos quem põe as mãos ao trabalho, pelo que raramente contratam novas pessoas, excetuando quando têm muito trabalho.

Já na indústria do calçado, há sempre trabalho a aparecer, sobretudo para pessoas com experiência.

No setor do calçado de luxo, ainda mais oportunidades vêm surgindo em Portugal, com o aumento das exportações para o exterior a potenciarem novas contratações.

Mas o mercado de sapatos da gama alta/luxo também é mais exigente, dado que os preços pagos o permitem. Assim, é preciso que os profissionais que se queiram aventurar nesta área tenham as qualificações devidas.

Como entrar na carreira de sapateiro

Frequentar uma formação especializada ou começar como aprendiz de sapateiro são as melhores formas de conseguir entrar na carreira de sapateiro.

Os últimos grandes mestres sapateiros são pessoas de idade avançada que aprenderam o ofício com os pais e os avós. Embora mantenham ainda o brio profissional e o gosto pelo trabalho, estão em fim de linha, pelo que têm muito gosto em passar conhecimentos aos mais novos.

Começar como aprendiz pode, assim, ser uma boa forma de beber todo o saber destes mestres antigos.

Um sapateiro não precisa de uma formação específica, mas fazer um curso profissional pode ser uma boa forma de entrar no mercado de trabalho.

Nos últimos tempos, a falta de sapateiros altamente especializados nas técnicas mais tradicionais levou ao aparecimento de cursos profissionais focados na produção de calçado de luxo.

Muitas vezes, estes cursos proporcionam estágios profissionais que podem, a breve prazo, garantir um emprego.

Onde estudar para sapateiro

Há alguns cursos profissionais que são organizados por entidades ligadas ao setor do calçado e que são uma ótima opção para começar a dar os primeiros passos na profissão de sapateiro.

O que estes cursos têm de especialmente interessante é que são promovidos a pensar nas necessidades da indústria do calçado, pelo que proporcionam oportunidades de emprego.

Todavia, muitos sapateiros acabam por começar como aprendizes, ganhando experiência antes de terem uma formação específica.

Contudo, é sempre preferível procurar cursos e workshops que possam melhorar as competências.

Venha confirmar algumas opções de estudo que podem interessar-lhe…

Portugal:

Brasil:

Este texto ajuda a perceber com mais detalhe o que é preciso para ser sapateiro. Se gostou do que leu e se acredita ter o que é preciso para exercer esta profissão, então só tem de pensar bem no rumo que quer seguir e tomar decisões. Mas não perca tempo porque o futuro é já amanhã!

Partilhar:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima