Analista de Metodologia de Treino

Analista de Metodologia de Treino

Resumo da profissão

Modalidades:

Presencial

Matérias relacionadas:

Educação Física Informática Matemática

Idiomas:

Inglês, Português

O Analista de Metodologia de Treino atua no universo do futebol profissional para ajudar a implementar as melhores práticas. O seu trabalho de análise permite definir as táticas ideais e até apontar o caminho para certas contratações.

O futebol profissional assenta, cada vez mais, em métodos de trabalho científicos e baseados em dados concretos. Nos últimos anos, surgiram vários softwares e profissionais que aplicam o conceito de Data Analytics ao chamado “desporto-rei”.

Neste âmbito, a análise de Metodologia de Treino só agora começa a ganhar força nos principais clubes. A Premier League, a Liga Inglesa, uma das mais competitivas do mundo, é onde mais se tem apostado nesta área.

O trabalho deste Analista é ajudar a equipa técnica a identificar as melhores práticas e tendências em termos táticos e de performance da equipa.

Mas continua a ler para ficares a saber tudo desta profissão!

O que faz um Analista de Metodologia de Treino

O trabalho desse profissional é analisar e avaliar o desempenho técnico-tático da equipa e de cada jogador a título individual. Essa análise reporta-se tanto ao treino como ao jogo em si.

O Analista de Metodologia de Treino integra, por norma, o departamento de Performance de um clube profissional. Assim, dá apoio ao Analista de Desempenho nas tarefas de análise antes e depois dos jogos.

A sua missão passa por contribuir para apoiar as decisões do Treinador de Futebol e demais elementos da equipa técnica.

Nesse âmbito, pode ajudar a definir e a planear estratégias de melhoria nos treino conforme os dados obtidos. Mas tem de ter sempre em conta os objetivos da equipa.

A importância da Periodização Tática

A Metodologia de Treino em futebol ganhou força com a chamada “Periodização Tática”. Este método foi criado pelo professor português Vítor Frade que inspirou treinadores como José Mourinho e André Villas-Boas, entre outros.

Esta Metodologia de Treino tem sido estudada em universidades portuguesas e estrangeiras e a sua definição não é linear. Contudo, assenta na teoria de que o treino deve ser desenvolvido segundo o modelo de jogo pretendido pelo Treinador.

Assim, defende a repetição sistemática do que se quer que os jogadores façam em plena competição.

Mas a importância desta teoria prende-se o fato de reforçar a aplicação de conceitos científicos ao treino de futebol. E o trabalho do Analista de Metodologia de Treino passa muito por isso.

Quais as suas funções

As funções do Analista de Metodologia de Treino passam pela observação e análise de jogo e dos Jogadores de Futebol. Mas, na verdade, a sua missão vai bem para lá disso.

Assim, contribui para o desenvolvimento do talento dos Atletas Profissionais, por exemplo, quando trabalha nas camadas jovens ou de base.

Mas também ajuda o Treinador a gerir a equipa no âmbito da participação em várias competições, com grande carga de jogos.

Por outro lado, pode dar informações importantes para resolver dilemas técnico-táticos. Neste caso, pode ajudar na escolha do melhor jogador para um dado desafio. Ou ainda pode identificar lacunas na equipa, apontando o caminho a certas contratações chave.

Contudo, para teres uma ideia mais clara do seu trabalho, espreita algumas das funções principais de um Analista de Metodologia de Treino:

  • Uso de ferramentas e softwares de vídeo
  • Tratamento de dados (por exemplo, para criar gráficos fáceis de entender)
  • Realização de relatórios detalhados
  • Usar softwares como o Excel e o PowerPoint
  • Identificar vários métodos de controlo do treino
  • Analisar o sistema de jogo nas suas várias fases e momentos
  • Conceber e operacionalizar modelos de treino
  • Perceber microciclos de treino
  • Indicar modelos para melhoria do desempenho de jogadores.

Quanto ganha um Analista de Metodologia de Treino

Estes profissionais podem ser bastante bem pagos, pois só costumam ter lugar nos grandes clubes. As equipas mais pequenas não têm estruturas tão organizadas que permitam a sua integração.

Assim, as hipóteses de conseguir uma vaga de emprego também são menores. Mas, por outro lado, quando aparecem, sabe-se que os ordenados poderão ser interessantes.

Os valores salariais dependem, porém, de fatores como a experiência do Analista e o seu nível de formação. Quanto mais especializado e mais aventuras acumular em clubes de topo, mais reconhecido será. Logo, mais ganhará.

Contudo, os valores pagos a estes profissionais estão bem longe dos milhões que os craques da bola recebem!

Saídas no Mercado de Trabalho

O futebol profissional tem, hoje em dia, um grau de exigência muito elevado. Tantos milhões envolvidos obrigam os clubes a ter estruturas muito qualificadas para garantir o lucro dos seus donos.

Neste âmbito, a aposta num Analista de Metodologia de Treino é decisiva para garantir os melhores métodos de trabalho. Contudo, ainda não é assim tão comum encontrar clubes com estes profissionais.

Por norma, as equipas têm vários Analistas de Desempenho ou de Dados, com maior ou menor qualificação. Alguns deles até integram as equipas técnicas, em jeito de adjuntos do Treinador Principal.

Mas o especialista em Metodologia de Treino ainda está procurando o seu lugar ao sol.

Contudo, a tendência é que estes profissionais ganhem cada vez maior espaço no futebol, mas também em outros desportos. Afinal, para ter sorte é preciso trabalhar muito e bem!  

Como ser Analista de Metodologia de Treino

Se sonhas fazer carreira nesta área, deves fazer uma formação superior na área das Ciências do Desporto ou similar.

Além disso, ter uma pós-graduação ou mestrado em Performance Desportiva e/ou Análise de Dados será uma mais-valia na hora de disputar vagas de emprego com outros candidatos.

Mas, para lá da formação formal, precisas de saber muito sobre futebol, por exemplo, conhecendo estilos de jogo, Jogadores e Treinadores.

Mas ainda tens de conhecer os vários modelos de jogo e os conceitos técnico-táticos do futebol.

Na maioria das vezes, os clubes querem também profissionais com experiência neste mundo. Assim, deves tentar iniciar uma carreira em clubes amadores, por exemplo, como Treinador das camadas jovens. Ou podes procurar fazer estágios em clubes profissionais na área da análise de jogo.

Deves ainda empenhar-te em aprender a trabalhar com softwares de visualização de dados e com ferramentas para fazer anotações em vídeos.

Em termos de competências interpessoais, tens de ter muita organização e disciplina. E, claro, precisas de saber trabalhar em equipa e ter boas capacidades de comunicação.

Por outro lado, a flexibilidade de horários é essencial, pois será preciso trabalhar aos fins-de-semana e feriados. Mas também podes ser chamado a funções durante a noite.

Além de tudo isto, deves ter uma grande ética de trabalho. Tens de saber que as informações que recolheres são confidenciais. Portanto, nada de as passar para a imprensa, nem para os rivais!

Onde estudar para Analista de Metodologia de Treino

Como já referimos, a graduação em Ciências do Desporto é a mais natural para quem quer fazer carreira nesta área. Mas também podes fazer um curso de Educação Física para lá chegar.

Além dessa formação mais académica, deves procurar cursos adicionais nas áreas da Metodologia de Treino e da Observação e Análise de Treino.

Mas para ajudar nessa tua busca pela melhor formação, vamos deixar-te alguns links por onde podes começar…

Portugal:

Brasil:

Agora que já entendeste melhor o que faz um Analista de Metodologia de Treino, achas que tens o que é preciso para esta missão tão importante para os resultados das equipas de futebol?

Estás preparado e tens absoluta paixão pelo jogo? Torcemos pelo teu sucesso.

Contudo, se continuas com dúvidas, aproveita para espreitar o Simulador de Profissões para conheceres outras alternativas que te façam feliz!

Partilhar Post

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.

Scroll to Top