Banhos de Floresta – Forest Bathing

Banhos de floresta - Forest Bathing

Mais sobre a profissão

Modalidades:

Ar Livre

Ordenado Médio Mensal:

Mínimo - 1000€

Empregabilidade:

Baixa

Disciplinas do secundario:

Biologia Educação Física Psicologia

Idiomas:

Inglês, Português

Os Banhos de Floresta ou Forest Bathing são uma nova tendência mundial que conquista cada vez mais pessoas. Esta terapia teve origem no Japão e tem inúmeros benefícios para a saúde. Anda descobrir tudo sobre o assunto e ver como podes ter uma profissão nesta área…

O contacto com a natureza, com caminhadas ao ar livre e provas de trial, está na moda. Os benefícios deste tipo de atividades são bem conhecidos, mas há uma nova terapia que permite retirar ainda melhor partido dos ambientes naturais. Tratam-se dos Banhos de Floresta.

O fenómeno que é mundialmente conhecido por Forest Bathing nasceu no Japão, mas está a espalhar-se pelo mundo. Esta terapia passa por utilizar os mega poderes da floresta para provocar sensações de bem-estar e melhorar a saúde humana.

Estamos a falar, por exemplo, dos sons e dos aromas das árvores, da luz do sol, do crepitar das flores. Mais há inúmeras impressões que o contacto com um ambiente natural pode oferecer.

Se te parece tudo muito filosófico, continua connosco para descobrires como podes trabalhar nesta área…

O que são Banhos de Floresta

Mas, para entender melhor, o que são, afinal, os Banhos de Floresta é preciso contar como surgiram. Esta prática terapêutica começou com o japonês Qing Li que é o diretor da Sociedade Japonesa de Medicina Florestal.

Este médico investiga há cerca de duas décadas o shinrin-yoku, sendo que “shinrin” significa banho e “yoku” quer dizer floresta.

Qing Li descobriu, nas suas várias pesquisas, que os Banhos de Floresta trazem muitos benefícios à saúde, por exemplo, reduzindo o stress que pode contribuir para muitas doenças.

No Japão, o Forest Bathing é reconhecido pelo Sistema Nacional de Saúde do país como uma prática terapêutica. Aliás, o Estado nipónico financiou as investigações de Qing Li e existem, atualmente, diversos centros dedicados a esta prática terapêutica no país.

Benefícios do Forest Bathing

Li define-o com um tratamento de medicina preventiva que pode ajudar, por exemplo, a lidar com o que os japoneses chamam de “karoshi”, ou seja, a morte por excesso de trabalho.

Assim, a terapia dos Banhos de Floresta também é usada a nível empresarial, pois ajuda também a aumentar capacidade de concentração e a reduzir a ansiedade.

Além disso, contribui para melhorar o ânimo das pessoas e para lhes dar uma sensação de vitalidade e de bem-estar psicológico.

Contudo, as suas aplicações são transversais a várias áreas. Até porque, segundo as descobertas científicas do doutor Qing Li, a terapêutica do Forest Bathing ajuda a reforçar o sistema imunitário.

É que, segundo o médico, promove o aumento das células NK (Natural Killers ou Assassinas Naturais) que ajudam a matar bactérias e células infetadas.

Qing Li diz ainda que reduzem a tensão arterial, além de promoverem a melhoria do sono e ajudarem a combater a depressão.

O que faz um Guia de Banhos de Floresta

“As árvores ajudam-nos a ser mais saudáveis e felizes”. Quem o diz é Qing Li, o grande mentor do Forest Bathing. Ora, o papel dos Guias ou Terapeutas de Banhos de Floresta passa por garantir que isso acontece mesmo.

No Japão, os profissionais que atuam nesta área são conhecidos como Terapeutas Florestais. Portanto, o seu trabalho é bastante semelhante ao de um Guia de Ecoturismo que lidera as pessoas por percursos previamente definidos. Mas no caso dos Banhos de Floresta não se trata apenas de passear a apreciar a vista.

A prática terapêutica implica guiar as pessoas por uma descoberta única, levando-as a sentirem a floresta com todos os sentidos. Portanto, não se trata apenas de passar pelos ambientes naturais, mas de assimilar tudo o que têm para oferecer.

Neste processo, os Terapeutas ou Guias de Forest Bathing podem promover exercícios de respiração ou de mindfulness, levando as pessoas a abraçarem em plena consciência o meio envolvente.

Mais do que uma simples caminhada pela floresta, trata-se de um processo de redescoberta, com um despertar dos sentidos para abraçar o que a natureza tem para nos dar.

Mas vem daí saber mais sobre a profissão…

Quais as suas funções

O papel de um Guia ou Terapeuta de Forest Bathing pode ser bastante abrangente.

Assim, ele/ela pode ter de cuidar das questões mais burocráticas relacionadas com a organização dos eventos terapêuticos, pois será preciso conhecer os participantes e as suas características.

Além disso, terá de preparar atividades para as caminhadas pela floresta, de modo a garantir que a terapia surte os efeitos positivos desejados.

Depois disso, já na floresta, precisa de orientar os participantes para entrarem em plena comunhão com a natureza. Isto passa por definir o ritmo da caminhada e por motivar as pessoas a prestarem atenção a todos os detalhes, como por exemplo os movimentos e os sons das folhas e das árvores.

A ideia é que haja uma imersão total com a natureza. Portanto, o terapeuta florestal terá de organizar atividades que podem passar pelo relaxamento, com respirações profundas para absorver os superpoderes da natureza.

Mas ainda pode ter de promover atividades como meditações, abraçar árvores ou tocar e sentir folhas e pedras. As possibilidades são imensas, portanto dependem muito da sensibilidade do profissional.

Fica connosco para saberes como podes entrar neste mundo…

Saídas no Mercado de Trabalho

A terapia dos Banhos de Floresta só agora começa a surgir em muitos países, como em Portugal e no Brasil. Contudo, há cada vez mais pessoas interessadas neste fenómeno.

Portanto, é uma excelente oportunidade para aproveitar, por exemplo por quem deseja arrancar com um negócio próprio.

Em termos de oportunidades de emprego no mercado, são bastante escassas neste momento. Contudo, adivinha-se que nos próximos tempos vão surgir mais, à medida que os Banhos de Floresta se tornem uma prática mais comum.

Mas os profissionais que atuam nesta área podem trabalhar em empresas de ecoturismo e de eventos culturais e recreativos ou ainda em centros de bem-estar e de lazer.

Todavia, Eco-resorts, agências de viagens e parques naturais são entidades que podem também vir a oferecer este tipo de serviço num futuro bem próximo.

Mas vem ver como podes dar os primeiros passos nesta área…

Como entrar na carreira profissional de Terapia da Floresta

Para se trabalhar como Guia ou Terapeuta de Banhos de Floresta é preciso ter uma Certificação adequada.

Em Portugal, é o Instituto de Banhos de Floresta que forma Guias e Profissionais de Terapia da Floresta (Forest Therapy Practitioners), em colaboração com o Forest Therapy Institute (FTI). Após a formação, os profissionais têm acesso à devida certificação.

Há profissionais mais qualificados que também se inscrevem na Sociedade Internacional de Natureza e Medicina da Floresta que é a organização japonesa de Shinrin-yoku. Esta inscrição é um atestado superior de competência.

Portanto, a formação é fundamental para trabalhar nesta área, mas também será importante ter competências adicionais. Alguns Profissionais de Terapia da Floresta têm formações nas áreas da Psicologia, Sociologia e Promoção da Saúde, entre outras.

Há quem enverede por este caminho por pura paixão e por acreditar piamente nos benefícios da terapia. Nesse sentido, trata-se também de uma excelente forma de começar um negócio próprio, pois pode permitir flexibilidade de horários e um grande controlo sobre a própria vida.

Os empreendedores podem pensar em criar programas específicos para empresas e organizações, por exemplo, para prevenir a Síndrome de Burnout e melhorar o bem-estar e o trabalho em equipa.

Mas também podem decidir focar-se nas crianças, criando, por exemplo, programas para jovens em risco de exclusão social ou até para miúdos com hiperatividade e défice de atenção.

Todavia, para lá das ideias, o essencial é mesmo a originalidade e o empenho no trabalho.

Onde estudar para Terapeuta da Floresta

Os cursos nesta área não abundam na maioria dos países ocidentais. Mas começam a aparecer entidades que já perceberam as virtudes desta terapia e que se vão empenhando em abordar esta área em formações e workshops.

Assim, deves ter presente que o melhor é procurar uma formação certificada, para poderes exercer a profissão sem problemas.

Para te ajudar nessa escolha, deixamos-te algumas opções de formações em Terapia da Floresta…

Portugal:

Brasil:

Agora já sabes o essencial da terapia dos Banhos de Floresta ou Forest Bathing, mas precisas de avaliar se é mesmo o que queres fazer da tua vida. Analisa com cuidado e descobre se tens o que é preciso para o ofício, pois sem paixão e empenho não podes trabalhar nesta área. Qualquer que seja a tua decisão, desejamos-te muito sucesso.

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Scroll to Top