Corretor de Seguros

Corretor de Seguros

O corretor de seguros é um profissional independente que trabalha na mediação de seguros. Esta profissão é uma das opções dentro da área da mediação, sendo que esta se distingue pela independência face às seguradoras.

Outros nomes para esta profissão:

  • Modalidades: Teletrabalho, Presencial, Ar Livre
  • Ordenado Médio Mensal: 1500€ - 2000€
  • Empregabilidade: Média
  • Empregabilidade: Trabalho Solitário
  • Disciplinas do Secundário/ensino médio: Direito, Economia, Matemática, Materiais e Tecnologias, Psicologia, Sociologia
  • Idiomas: Inglês, Português

O mercado de trabalho para os corretores de seguros é bom, até porque é um serviço que é muito procurado pelo público em geral. Existem muitos seguros que são obrigatórios em algumas situações, como o seguro de carro, seguro de vida ou seguro da casa, por exemplo. Por isso, quer as pessoas queiram, quer não, precisam ter esses contratos.

Por isso, o mercado de seguros, por muita crise que exista no país, nunca é abalado fortemente. É possível, sim, sentir alguma quebra, mas nunca ao ponto de não terem trabalho que sustente a atividade.

Se esta é uma área que te interessa, se gostas de vendas e de comunicar com o público, então continua a ler este artigo. Vamos mostrar-te tudo o que precisas saber sobre esta profissão.

Vem connosco!

O que faz um Corretor de Seguros?

O corretor de seguros tenta encontrar o melhor contrato de seguro para os seus clientes, atuando de forma independente face às seguradoras. Sendo assim, ele faz uma análise de vários contratos de seguros de forma imparcial, aconselhando o que oferece melhores condições.

O corretor negoceia diretamente com as seguradoras em nome dos clientes, para que encontre as melhores soluções para cada um deles. Como está independente das seguradoras, ele trabalha isento e consegue encontrar a solução mais adequada para o que o cliente está à procura.

Para exercer esta profissão, tens de ser uma pessoa comunicativa, com vontade de ajudar os outros, e com capacidade de análise para perceber qual a melhor solução para cada caso.

Quais as suas funções

O corretor de seguros celebra contratos em nome dos seguradores e por conta destes. Ele também recebe os prémios dos clientes e depois entrega aos seguradores. O que distingue o corretor de todos os outros profissionais da área dos seguros é que ele trabalha de forma independente das seguradoras. Isso permite-lhe ser imparcial na hora de aconselhar os melhores produtos aos clientes.

Além de angariar novos clientes e celebrar um contrato de seguros com eles, também dá assistência aos clientes enquanto o contrato estiver ativo.

Também faz a gestão da carteira de seguros, fazendo alterações sempre que se justifique. Além disso, também controla a emissão dos documentos do contrato de seguro, assim como os recibos dos prémios e indemnizações.

Quando há um sinistro, o corretor de seguros tem de dar assistência aos seus clientes, assim como promover as peritagens necessárias. O objetivo é que todo o processo seja o mais rápido possível.

Saídas no Mercado de Trabalho

O mercado de trabalho para o corretor de seguros é bom, e a tendência é melhorar nos próximos anos, com toda a certeza. Sem dúvida, a modernização do setor, assim como a internacionalização dos seguros, fez com que fossem precisos trabalhadores mais capazes e qualificados.

Sendo assim, os jovens que agora entram nesta carreira e se formam na área encontram várias oportunidades de emprego na mediação de seguros, não só como corretor de seguros, mas também como agente de seguros e angariador de seguros.

Podes trabalhar em vários locais como corretor, como, por exemplo:

  • Corretoras
  • Empresas de mediação
  • Instituições bancárias

Sem dúvida, trabalhar como profissional independente, criando o teu próprio posto de trabalho, é uma das opções mais procuradas. Pode ser uma boa oportunidade de negócio, e é, com toda a certeza, uma área que vale a pena investir.

Como entrar na carreira de Corretor de Seguros?

Para entrar na carreira de corretor de seguros é preciso ter uma autorização por parte do Instituto de Seguros de Portugal (ISP). Sendo assim, só com esta autorização podes exercer qualquer atividade ligada à área dos seguros. Para obteres esta autorização, além do curso de mediação de seguros, tens de obedecer a uma série de requisitos.

Para pessoas singulares:

  • Ter mais de 18 anos
  • Ter capacidade legal para praticar atos de comércio (curso de seguros reconhecido pelo ISP)
  • Ser uma pessoa idónea e com boa reputação
  • Ter registo criminal limpo, especialmente no que diz respeito a infrações a regras e regulamentos da mediação de seguros e crimes contra a propriedade
  • Não exercer funções em cargos que possam ser incompatíveis com a área dos seguros, como cargos em órgãos sociais, seguradoras, ISP, peritagem de sinistros, ou auditoria de seguros

Para pessoas coletivas:

  • Todos os itens mencionados para pessoas singulares
  • Ter organização comercial, técnica, contabilística e administrativa
  • Possuir uma estrutura económica e financeira que se adeque à atividade
  • Ter seguro de responsabilidade civil profissional, o qual esteja válido em todo o território da União Europeia. O capital seguro deve ser de, no mínimo, € 1.120.200 por sinistro e de € 1.680.300 por anuidade
  • Ter garantia bancária ou seguro-caução para cobrir o pagamento de créditos dos segurados, tomadores de seguros e beneficiários, assim como para cobrir créditos dos clientes perante o corretor.
  • Montante de, no mínimo, 50 mil euros de capital social

Onde estudar Mediação de Seguros?

Portugal:

Brasil:

Se a área dos seguros te agrada, se tens veia para comunicar e vender, então não deixes de investir na tua formação em mediação de seguros. Ser corretor de seguros pode ser, sim, uma excelente profissão e com boas perspetivas futuras. Sucesso!

Partilhar:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima