Operador de grua e guindastes

Operador de grua e guindastes

O operador de grua e guindastes ou gruista trabalha com aparelhos e equipamentos elevatórios. Pode atuar na área da construção civil, na indústria naval e no setor mineiro, entre outros. Mas venha saber mais sobre esta profissão que pode ser bem desafiante.

Outros nomes para esta profissão: gruista, manobrador de grua, guindasteiro

  • Modalidades: Presencial
  • Ordenado Médio Mensal: 1000€ - 1500€
  • Empregabilidade: Média
  • Empregabilidade: Trabalho Solitário, Trabalho em Equipa
  • Disciplinas do Secundário/ensino médio: Geometria Descritiva, Matemática
  • Idiomas: Francês, Inglês, Português

Um gruista é responsável por manobrar e conduzir aparelhos elevatórios, bem como os seus componentes. Portanto, as suas funções passam por elevar e transportar qualquer tipo de cargas de um ponto até ao outro.

Trata-se de uma profissão com muita responsabilidade, uma vez que pode ter implicações trágicas se correr mal. Assim, os operadores de grua devem ter um comportamento exemplar.

Além de terem bons conhecimentos sobre os equipamentos que operam, têm também de ter noções das normas de segurança, bem como da qualidade técnica exigida.

No seu trabalho, os guindasteiros têm de saber de matemática, além de terem de interpretar as normas técnicas adequadas, bem como gráficos e quadros de instruções.

Desta forma, a profissão requer uma preparação específica, mas venha saber mais sobre ela…

Quanto ganha um operador de grua e guindastes

O salário médio de um operador de grua e guindastes ronda os mil euros em Portugal. Mas pode atingir valores mais elevados, conforme a experiência do profissional e o setor onde labora.

Os ordenados andam entre os 750 euros e os 1600 euros, embora seja difícil definir um padrão, uma vez que tudo depende dos equipamentos usados, bem como dos materiais envolvidos.

No Brasil, os valores podem ir dos 1500 reais aos 20 mil reais. Mas tudo depende da máquina a operar e da experiência. Nalgumas situações, os gruistas podem chegar a ganhar mais do que um engenheiro.

O que faz um operador de gruas e guindastes

O gruista é o responsável por manobrar gruas e guindastes, como já foi referido. Trabalha na chamada torre de grua, operando o equipamento de forma precisa, pois é preciso manter a situação sob controle, com toda a segurança.

O operador de grua e guindaste também trabalha com outros aparelhos elevatórios e seus componentes, tendo como responsabilidade o transporte e o depósito de cargas.

Mas venha entender um pouco melhor como é a rotina de um operador de grua no seguinte vídeo…

 Além das competências específicas, o guindasteiro também tem de ter uma boa capacidade de comunicação. Pois precisa de compreender as informações que lhe são dadas, bem como saber passar detalhes sobre o trabalho realizado.

Conseguir trabalhar em equipa, colaborando com os colegas, é outro fator essencial para ser bem sucedido na profissão.

Quais as suas funções

O trabalho de um operador de grua e guindastes passa por manobrar equipamentos de elevação, como gruas, guindastes, básculas, entre outros, mas não só.

Também cabe a este profissional zelar pelos equipamentos utilizados, de modo a que se encontrem em pleno estado de utilização. Até porque é preciso evitar acidentes a todo o custo!

Assim, vamos apontar de seguida algumas das funções de um gruista:

  • Manobrar gruas móveis ou fixas para movimentar materiais e equipamentos
  • Elevar e descer guindastes para deslocar cargas
  • Operar equipamentos para movimentar trabalhadores, por exemplo em obras de construção ou em minas
  • Movimentar elevadores de esqui, bem como outros equipamentos semelhantes
  • Puxar embarcações com mercadorias ou com pessoas
  • Abrir e fechar pontes para passagem do tráfego
  • Dragar cursos de água navegáveis.

Saídas no Mercado de Trabalho

Os operadores de gruas ou guindastes trabalham em áreas onde é necessário proceder ao levantamento de equipamentos ou cargas pesadas, como por exemplo na construção civil, em portos, na indústria naval e na indústria mineira.

Todavia, nem qualquer pessoa pode começar a trabalhar numa grua só porque gosta muito! Portanto, é importante ter experiência profissional, bem como formação adequada.

As saídas profissionais nesta área não abundam, mas podem sempre aparecer novas oportunidades.

Se tem especial gosto por materiais pesados, pode ainda pensar em ser operador de máquinas de escavação ou operador de empilhadeira.

Ser gruista no estrangeiro

Há quem opte por emigrar, pois no estrangeiro pode-se ganhar mais.

Contudo, para trabalhar como gruista num outro país pode precisar de documentação específica que ateste a sua experiência e competência.

Mesmo em Portugal, é preciso ter um certificado próprio para poder ser operador de grua. Mas esse certificado pode não ser válido noutros países.

Saiba mais sobre isso já a seguir!

Como entrar na carreira de operador de grua ou guindastes

Como já referimos acima, para entrar no mercado de trabalho como operador de grua e guindastes é obrigatório ter a carta de gruista ou o certificado de operação de gruas.

Quando este documento não era obrigatório, o que mais contava para arranjar emprego era a experiência. Contudo, atualmente, as empresas recusam recrutar trabalhadores sem uma licença de operador de grua, mesmo que tenham muita experiência.

Assim, veja de seguida como proceder para obter a licença de gruista.

Como obter a carta de gruista?

Fazer uma formação específica devidamente certificada é fundamental para obter a licença de operador de gruas e guindastes.

Mas alguns equipamentos elevatórios exigem formações específicas, pelo que se quiser trabalhar com este tipo de máquinas, terá de procurar os cursos certos.

Por outro lado, se estiver a pensar em emigrar, pondere que outros países podem não reconhecer a carta de gruista obtida no seu país. Assim, deverá procurar informação adicional sobre o que terá de fazer para esse efeito.

A Associação Europeia de Transportes Rodoviários Anormais e Gruas Móveis está a desenvolver uma licença europeia de operador de grua, mas esta ainda não está terminada.  

A experiência continua a ser importante

Apesar de a formação ser valorizada, bem como a licença para operação de gruas, a experiência continua a ser importante para as entidades contratantes.

Alguns empregadores pedem uma experiência mínima de três anos. Assim, se não a tem, deve tentar começar a trabalhar como aprendiz de gruista.

Dessa forma, poderá sonhar com subir na carreira para se tornar operador de grua e guindastes.

 Onde estudar para operador de grua e guindastes

A formação destinada a operadores de gruas visa dar-lhes os conhecimentos práticos e técnicos para a manobra destes equipamentos, mas também tem por meta ensinar as normas de segurança. Pois, evitar e prevenir acidentes são dados fundamentais nesta área profissional.

Assim, os cursos estão também focados na necessidade de reduzir erros, não só por questões de segurança, mas também para evitar paragens desnecessárias no trabalho.

Aproveite para espreitar algumas alternativas de formação que podem ajudar a cumprir o sonho de ser gruista…

Portugal:

Brasil:

Agora que sabe o que é preciso para ser operador de grua e guindastes, ainda quer seguir este caminho? Se a resposta é sim, procure a formação certa, mas deve ter consciência de que se trata de um emprego com muita responsabilidade. Contudo, também é uma profissão desafiante!

Partilhar:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima