Quiromante / Quiromancia

Quiromancia - Quiromante

Mais sobre a profissão

Modalidades:

Teletrabalho, Presencial

Matérias relacionadas:

Psicologia Sociologia

Idiomas:

Português

O/A profissional de Quiromancia, ou Quiromante, é quem “adivinha” o futuro através da leitura das mãos. A prática tem uma série de variações e é considerada uma “pseudociência”.

A Quiromancia é praticada em todo o mundo há mais de 5 mil anos e, como “pseudociência”, baseia-se em princípios que não têm comprovação científica. A palavra vem do grego e significa “profecia da mão”. Portanto, estamos no campo do esotérico e das artes místicas.

Mas não se trata de puras artes de Mágico, nem tão pouco de “bruxaria”, ou previsões do oculto. O Quiromante baseia-se em princípios concretos para interpretar as linhas da palma da mão.

Nesse sentido, tem em conta o formato, o tamanho e a textura dessas linhas, para poder “prever” o futuro da pessoa. No fundo, traduz o que essas linhas indiciam sobre a sua vida.

Portanto, tal como outras “pseudociências”, como a Astrologia e a Tarologia, por exemplo, a Quiromancia potencia o autoconhecimento. Assim, leva as pessoas a melhorarem as suas atitudes e comportamentos, com um olhar sobre o futuro que virá.

Mas vem saber mais sobre esta profissão tão peculiar…

O que é a Quiromancia

As origens da Quiromancia não são certas, mas são situadas no Antigo Egipto, no tempo do Faraó Ptolomeu. Porém, também há quem as coloque na Índia ou mesmo na Ásia.

Certo é que o Filósofo grego Aristóteles falava desta prática nas suas obras, onde definia a mão como “o principal órgão do corpo”.

Na Idade Média, os Quiromantes estavam proibidos, por se considerar que eram uma prática profana. Mas, na verdade, nunca deixaram de existir. Eram vistos até como uma espécie de “curandeiros” e na China, acreditava-se que se podiam curar algumas doenças através das terminações nervosas das mãos.

Atualmente, a Quiromancia é encarada, sobretudo, como uma arte esotérica, mas continua a ser uma prática válida e procurada por muitas pessoas.

Continua a ler para saberes tudo sobre esta arte mística que pode ser uma profissão…

O que faz um Quiromante

Como já vimos, o trabalho do Quiromante é a “adivinhação” a partir das palmas das mãos. Mas a tarefa não é assim tão simples como pode parecer, nem tão mística.

A leitura das mãos exige estudo e tem critérios que se podem dizer “científicos”. Aliás, têm sido lançados vários manuais, desde o século XIX, sobre o assunto, com várias teorias.

Portanto, a Quiromancia tem uma base científica e deve ser levada a sério. Como profissão, exige procedimentos e conhecimentos que estão aquém daquelas brincadeiras infantis, e não só, que se fazem com a “leitura” das mãos.

O Quiromante é um “leitor” de mãos que, além dos seus conhecimentos “científicos” sobre o assunto, tem também uma intuição, um certo dom, digamos. Na cultura cigana, isto é muito marcado, pois esta intuição desenvolve-se entre as mulheres desta comunidade.

Neste caso, estamos num campo mais místico, onde há uma “tradução” da energia das mãos por parte do Quiromante.

Contudo, a Quiromancia pode ter uma componente mais sustentada na vertente “científica. Assim, surge o Quirólogo que consegue prever o futuro com base na morfologia das mãos, ou seja, nas suas linhas, formato e tamanho.

Neste último caso, não há lugar para o dom, nem para capacidades de vidência. Portanto, o Quirólogo é um estudioso das mãos.

Quais as suas funções

O trabalho de um Quiromante é muito meticuloso, pois todos os pormenores contam.

Assim, antes de mais, é preciso perceber que a interpretação das linhas da mão é sempre feita pela chamada mão dominante, ou seja, a que mais se usa nas atividades diárias, como a escrever.

A Quiromancia tem em conta vários aspetos, desde as linhas da mão, passando pelo seu formato, até às suas “montanhas” ou “montes”. Além disso, considera ainda os segmentos que cortam as linhas que representam momentos importantes na vida das pessoas.

Para lá disso, o Quiromante tem de sentir os dedos, pois cada um tem um dado significado. Mas tem ainda de perceber a temperatura da mão, bem como se se encontra húmida ou seca.

Além disso, deve fazer perguntas à pessoa para entender o seu estado de espírito e o que procura.

Tipos de mãos

Um dos primeiros passos do Quiromante é perceber o tipo de mão que tem pela frente, pois esse dado vai dar, desde logo, muitas indicações sobre a pessoa.

Assim fique com os cinco principais tipos de mãos e com as respetivas simbologias:

  • 1. Mão Elementar – palma retangular, com dedos curtos e achatados. Define pessoas com um raciocínio apurado e muita força de vontade, além de gosto por atividades físicas. 
  • 2. Mão Psíquica ou Intuitiva – palma estreita, com dedos finos e longos. São pessoas tímidas e sonhadoras que têm perfis ideais para profissões criativas como, por exemplo, as Artes Visuais, a Fotografia e o Design.
  • 3. Mão Filosófica – palma retangular, com dedos longos e ossos grandes. É associada a estudiosos, portanto, pessoas que gostam de conhecer os assuntos em detalhe e que se interessam por religião e política.
  • 4. Mão Cónica – palma arredondada, com dedos finos. São pessoas com apetência pelas Artes, mas também com habilidades de Comunicação e muito organizadas que podem crescer muito na carreira.
  • 5. Mão quadrada – palma e dedos retangulares. Está associada a pessoas teimosas e que não gostam muito de mudanças. Mas também define pessoas trabalhadoras e com os pés assentes no chão.

As linhas da mão e o seu simbolismo

As linhas da mão são um dos dados mais determinantes da Quiromancia e, portanto, o profissional tem de dominar muito bem este saber.

Essas linhas podem dividir-se em principais e secundárias.

Mas vamos começar por ver quais são as linhas principais:

  • Linha da Vida – se é curta indica boa saúde, já se for longa indicia uma pessoa que adoece de forma fácil.
  • Linha da Cabeça – está associada à inteligência, à memória e à saúde mental. Quanto mais longa for, mais inteligência revelará a pessoa. Já se for bem marcada e definida indica boa memória e capacidade de liderança. Se for fraca, é sinal de distração e dificuldades de concentração.
  • Linha do Coração – é a linha das emoções e do amor, mas também dá indicações sobre a saúde do coração. Uma linha longa aponta para estabilidade no amor, enquanto se for curvada revela alguém com dificuldades em demonstrar as suas emoções.

Para lá destas, existem também as linhas secundárias que têm nomes inspirados na Astrologia, o que reflete a influência que esta “pseudociência” tem na Quiromancia.

Essas linhas secundárias são a Linha de Saturno (informações profissionais), a Linha de Apolo (criatividade e sensibilidade) e a Linha de Mercúrio (ou a linha da saúde).

Quanto ganha um Quiromante

A profissão de Quiromante é exercida, sobretudo, como independente. Isso determina, desde logo, rendimentos irregulares, até por causa da natureza do trabalho.

Vê que as pessoas não procuram um profissional de Quiromancia de forma regular, como quem vai ao médico. É algo a que recorrem numa aflição, ou num dado momento de dúvida na sua vida.

Portanto, prepara-te para essa realidade e para a importância de teres competências de gestão de negócio e empreendedorismo. Essas capacidades serão essenciais para teres sucesso.

Saídas no Mercado de Trabalho

Seja por curiosidade, seja por real convicção na força da Quiromancia, há sempre procura pelos serviços destes profissionais.

Mas é uma procura que varia muito ao longo do tempo, pois não há causas que justifiquem a consulta contínua de Quiromantes.

Repara que, muitas vezes, as pessoas procuram estes profissionais quando precisam de tomar certas decisões, ou se veem perante um dilema na vida. Mas os tempos de crises económicas e sociais são sempre alturas que acentuam a procura por Quiromantes.

Portanto, nunca faltará trabalho aos Quiromantes!

Contudo, não estejas à espera de encontrar muitos anúncios de emprego para essa área. É um tipo de trabalho que se adequa mais a quem quer ter um negócio próprio, com horários flexíveis e que se possam ajustar aos clientes.

Repara que algumas pessoas poderão querer consultas a horas mais discretas, ou fora do horário de trabalho. Por isso, tens de pensar nisso também.

Por outro lado, na área das artes esotéricas existem alguns charlatães que podem descredibilizar a profissão. Portanto, faz o teu trabalho com seriedade e ética, pois isso vai garantir-te a confiança dos clientes. E quando a tiveres, tens via livre para o sucesso!

Como entrar na carreira de Quiromante

O primeiro passo para entrar nesta atividade é a procura por conhecimentos. Tens de dominar as técnicas e as teorias da Quiromancia. Portanto, procura um bom curso, pois é fundamental aprender todos os detalhes desta “pseudociência”.

Depois disso, tens de treinar e ganhar experiência. Podes fazê-lo com amigos e familiares, mas evita tirar conclusões muito fortes, ou fazer “revelações” bombásticas, pois pode ser perigoso.

Vê que se ainda não dominares bem a prática, podes estar a condicionar a vida das pessoas da forma errada.

Portanto, aborda a atividade com cautela e ciente da responsabilidade de “prever” o futuro das pessoas.

Uma boa opção para ganhares experiência passa por participar em Feiras Medievais, ou em eventos temáticos. Desse modo, treinarás o contacto com o público e poderás pôr em prática tudo o que aprendeste.

Depois disso, pondera abrir o teu negócio, mas sempre com os pés assentes no chão. No início, talvez seja boa ideia teres uma outra ocupação, para poderes pagar as contas, enquanto vais sonhando com o teu futuro de Quiromante famoso!

Onde estudar Quiromancia

Há alguns cursos de Quiromancia e de leitura de mãos que são boas escolhas para quem quer trabalhar nesta área. Mas também há formações de má qualidade que te podem levar a gastar dinheiro sem sentido.

Assim, o grande desafio será buscares um curso reconhecido, com um profissional credenciado da área da Quiromancia. Só desse modo poderás preparar-te devidamente para o teu futuro como Quiromante.

Para te ajudar, deixamos as seguintes sugestões…

Portugal:

Brasil:

Agora que já sabes o que é a Quiromancia e o que faz um Quiromante, podes analisar se é esta a carreira que desejas para o teu futuro. Tens o que é preciso para fazer desta arte mística uma profissão que te faça feliz? Se a resposta é sim, avança com confiança. Ficamos a torcer por ti!

Mas se continuas com dúvidas, faz os nossos Testes Vocacionais para descobrires qual é a profissão certa para ti.

Partilhar Post

Deixa o teu testemunho

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Scroll to Top