Trabalhador de Estufas

Trabalhador de Estufas

Resumo da profissão

Modalidades:

Presencial, Ar Livre

Matérias relacionadas:

Biologia Educação Física Química

Idiomas:

Português

O Trabalhador de Estufas é um profissional da área agrícola que se dedica a plantar, cultivar, regar e colher produtos hortícolas e plantas. Trata-se de uma profissão que requer alguma robustez física e gosto pela agricultura.

O setor agrícola está repleto de atividades que são essenciais para colher os produtos que todos os dias podemos colocar na mesa. Esta é uma área fundamental para a vida humana.

Na maioria dos países, as estufas e os viveiros são o que permitem colher certos produtos durante todo o ano. Estas estruturas permitem abrigar as plantas das temperaturas mais agrestes e, portanto, produzir aquilo que as pessoas desejam ter no prato.

Assim, o Trabalhador de Estufas exerce um papel muito relevante nesta cadeia produtiva. Por isso, é uma profissão onde vão existindo sempre vagas, mas só para quem tiver uma boa resistência física. Além disso, não podes ter medo de pôr as mãos na terra!

Mas continua a ler para saberes tudo desta profissão!

O que faz um Trabalhador de Estufas

Este profissional tem por missão manter a qualidade de uma estufa, o que inclui as suas estruturas e equipamentos, mas também os seus produtos agrícolas.

Assim, o Trabalhador de Estufas ou viveiros semeia e planta tanto produtos hortícolas como plantas e flores. Mas também tem o dever de cuidar dessas sementeiras.

Deste modo, precisa de tratar da rega que é essencial em todo o tipo de Agricultura. Mas também pode ter de fazer outras tarefas como a adubação das sementeiras e o arejamento das plantas.

Além disso, terá que fazer o arranque ou a apanha dos produtos, ou dos seus frutos, trabalhando diretamente com o Fruticultor ou Horticultor.

Contudo, no caso do Trabalhador de Estufas qualificado, o trabalho pode ainda implicar a preparação das terras e a montagem das próprias estufas. Neste caso, o profissional também pode ter de assumir a realização de tratamentos fitossanitários para controle de pragas.

Os colaborares mais qualificados podem ainda ser responsáveis pela coordenação dos trabalhos dos demais colegas.

Quais as suas funções

As funções de um Trabalhador de Estufas dependem muito do tipo de estrutura e de setor onde trabalhe.

Vê que trabalhar com Aquaponia, ou seja, o cultivo de plantas e de peixes em conjunto, coloca desafios diferentes da Hidroponia, isto é, do cultivo de plantas sem o uso da terra. Mas, em ambos os casos, o Trabalhador de Estufas é essencial.

Contudo, na verdade, podemos listar as principais funções destes profissionais nos seguintes pontos:

  • Preparar solo e plantações
  • Fazer plantações
  • Regar e arejar as plantas
  • Garantir a temperatura ideal para o desenvolvimento dos produtos
  • Fertilizar as plantas
  • Podar plantas e arbustos
  • Transplantar mudas e estacas com raízes
  • Pulverizar árvores, arbustos, flores e plantas para prevenir doenças e pragas
  • Apanhar flores, legumes ou frutos
  • Embalar os produtos
  • Apoiar a carga e descarga
  • Operar equipamentos, máquinas e Empilhadeiras
  • Manutenção e limpeza dos espaços.

Além destas funções, os Trabalhadores de Estufas mais qualificados podem também ter de manter inventários, bem como exercer outras funções mais administrativas. Mas isto depende muito do tipo de estrutura onde estiver integrado.

Quanto ganha um Trabalhador de Estufas

Os ordenados nesta área dependem muito do tipo de produtos envolvidos. Mas, na maior parte dos casos, são baixos.

Trata-se de um tipo de trabalho que não exige muita capacitação. Portanto, é considerado pouco qualificado. Assim, dominam os salários mínimos nacionais.

Contudo, em muitas produções existem prémios de produtividade que podem aumentar o salário base para valores mais interessantes.

Saídas no Mercado de Trabalho

Nesta área, há muitos trabalhadores sazonais. Portanto, só são contratados na época das colheitas, por exemplo. Assim, as vagas de emprego podem ter altos e baixos.

Mas existem sempre locais a precisarem de Trabalhadores de Estufas ao longo de todo o ano. Portanto, é uma questão de ter atenção aos anúncios de emprego.

Além disso, existe sempre a necessidade de ter pessoas mais bem capacitadas para receberem todos os trabalhadores sazonais que vão chegando e saindo.

De resto, este é um setor que precisa, de forma regular, de trabalhadores, até por ser tão exigente em termos físicos. Portanto, estão sempre a aparecer oportunidades.

Como ser Trabalhador de Estufas

Esta profissão não exige um curso específico, embora possa haver necessidade de fazer formação adequada, conforme a área de atuação.

Repara que em algumas áreas como, por exemplo, a Aeroponia, ou seja, o cultivo de forma suspensa no ar, podem ser necessários certos saberes técnicos.

Mas, em termos gerais, o que se pede aos Trabalhadores de Estufas é que tenham boas condições físicas. Mas até pode ser necessária alguma robustez física, por exemplo, para carregar cargas pesadas.

Por outro lado, é preciso passar muitas horas curvado, debruçado sobre as plantas.

O trabalho é feito, sobretudo, em ambientes de sombra e em estufas. Portanto, pode ser desafiador em termos de condições climáticas, seja nos dias mais quentes, seja durante os dias frios.

Além disso, o trabalho pode implicar passar longas horas a trabalhar, sobretudo nas épocas de colheita.

Uma mais-valia para quem quer abraçar esta área é ter abertura para aprender coisas novas, mas também excelentes condições de adaptação. Estes dois fatores podem abrir portas a uma promissora carreira nesta área.

Ter licença de condução de máquinas agrícolas e formação na aplicação de produtos fitossanitários podem ser excelentes cartões-de-visita para progredir neste setor.

Onde estudar para Trabalhador de Estufas

Não existem muitos cursos que formem Trabalhadores para Estufas. Contudo, há algumas formações focadas na construção, manejo e produção em estufas que podem ser uma boa escolha para quem quer seguir esta área.

Por outro lado, há sempre a possibilidade de fazer formação na área da produção agrícola em geral, ou até em Agrotecnologia. O saber não ocupa lugar, como costuma dizer-se!

E mesmo que a profissão não exija um curso, ter uma boa capacitação ajuda a vingar em qualquer setor. Assim, a formação em contexto de trabalho, por exemplo, em cursos profissionais, é o ideal neste caso.

Deixamos-te algumas opções de cursos por onde podes começar a tua busca pela formação ideal para ti…

Portugal:

Brasil:

Depois de teres percebido o que faz um Trabalhador de Estufas e quais são os grandes desafios da profissão, já sabes se podes ser feliz nesta área? Se estás certo de que é isto que queres, ficamos a torcer pelo teu sucesso!

Mas se continuas com dúvidas, faz Testes Vocacionais para encontrares a tua profissão de sonho – e aquela que mais vai ao encontro das tuas preferências.

Partilhar Post

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Scroll to Top