Vigilante de crianças

Vigilante de crianças

O vigilante de crianças ajuda professores e educadores a tomar conta das crianças e a vigiá-los enquanto estão na escola, creche ou infantário. Eles garantem a segurança e o bem-estar de todos dentro do espaço escolar, assegurando que todas as regras de comportamento são cumpridas.

Outros nomes para esta profissão:

  • Modalidades: Presencial
  • Ordenado Médio Mensal: Mínimo - 1000€
  • Empregabilidade: Média
  • Empregabilidade: Trabalho em Equipa
  • Disciplinas do Secundário/ensino médio: Biologia, Educação Física, Materiais e Tecnologias, Psicologia
  • Idiomas: Inglês, Português

Embora se confundam os vigilantes com os auxiliares educativos, eles têm papéis diferentes. Enquanto os auxiliares de educação têm um papel educativo, os vigilantes dão apoio não docente, apenas garantindo que a escola / creche / infantário é um espaço seguro, tranquilo, onde há respeito entre todos.

É preciso gostar de crianças e jovens, até porque têm de lidar com eles o dia todo. Além disso, precisa ter algum tato para saber agir na hora certa, e da maneira certa. Vão haver discussões e conflitos entre as crianças e jovens, e cabe ao vigilante de crianças assegurar que esses conflitos são resolvidos com respeito e civismo.

Se estás interessado em trabalhar com crianças e ficaste curioso para saber mais sobre esta profissão, então continua a ler este artigo! Vem connosco!

O que faz um Vigilante de Crianças?

O vigilante de crianças ajuda todos os outros profissionais de educação, prestando apoio não docente durante o horário escolar de crianças e jovens, enquanto eles estão no recreio e no pavilhão.

Eles asseguram que o ambiente escolar é tranquilo e seguro, e têm habilidades para deter e mediar conflitos e discussões entre as crianças e jovens.

Além disso, e sempre que seja preciso, ele encaminha os alunos para os transportes. Além disso, ele vigia o refeitório, garantindo a ordem e tranquilidade na hora do almoço.

Quando há passeios escolares e visitas de estudo, o vigilante de crianças pode acompanhar os professores, ajudando a vigiar e controlar os alunos.

As exigências na educação são cada vez maiores. Por isso, os profissionais que trabalham em ambiente escolar precisam de mais formação, com conhecimentos de pedagogia e educação.

Os próprios pais cobram isso das instituições escolares. Eles procuram saber quem são os profissionais que ficam encarregues dos seus filhos, e cobram quadros de pessoal mais qualificado.

E, verdade seja dita, com todos os motivos do mundo! Os nossos filhos tendem a seguir modelos dos adultos. Tendo em conta que eles passam mais tempo na escola do que com os próprios pais, é legítima esta preocupação dos pais em saber quem lida com os seus filhos diariamente.

Posto isto, vamos ver agora quais são as funções que o vigilante de crianças tem em suas mãos!

Quais as suas funções

A principal função de um vigilante de crianças é garantir a segurança e o bem-estar de todos durante o horário escolar, em particular no recreio e no refeitório, assim como no horário de entrada e saída dos alunos.

Mas ele também é responsável por:

  • Prevenir acidentes na escola
  • Estar atento ao estado de saúde dos alunos e, sempre que se justifique, encaminhar a criança para unidades de saúde
  • Prestar apoio aos professores, sempre que seja preciso
  • Assegurar que as regras sociais são cumpridas
  • Garantir que crianças em situação de risco social, assim como as crianças com necessidades educativas especiais, se sentem seguras e num ambiente propício ao desenvolvimento pessoal

Saídas no mercado de trabalho

Embora o mercado de trabalho para o vigilante de crianças não ofereça muitas vagas, se queres um emprego na área precisas apostar em formação. Nos dias de hoje, os profissionais que demonstram ter mais formação na área conseguem um emprego na área com mais facilidade.

Podes trabalhar em vários locais. Sem dúvida, em todos os espaços que tenham crianças podes encontrar uma vaga de trabalho, como:

  • ATL’s (Estabelecimentos de atividades de tempos livres)
  • Assistência de saúde e social a menores
  • Campos de férias infantis
  • Empresas de animação de festas
  • Empresas de Babysitting
  • Creches e infantários
  • Cooperativas de ensino
  • Escolas públicas (de todos os níveis escolares)
  • Escolas privadas (de todos os níveis escolares)
  • Colégios

Como entrar na carreira de Vigilante de Crianças

Se queres entrar na carreira de vigilante de crianças, então é importante investires na tua formação. Como dissemos, existem mais pessoas à procura de emprego na área do que vagas de trabalho. Por isso, quanto mais qualificações tiveres, mais chances tens de encontrar trabalho.

Sendo assim, deves procurar um curso numa entidade que seja certificada pela DGERT (Direção-Geral do Emprego e das relações de Trabalho) em Portugal Continental, ou pela DREQP (Direção regional do Emprego e Qualificação Profissional), nos Açores.

No final do curso, geralmente tens um estágio profissional. Esta é uma boa oportunidade para entrares no mercado de trabalho. Se a instituição ou estabelecimento gostar do teu trabalho, a probabilidade de te contratarem é alta. Por isso, dedica-te bastante!

Além disso, podes candidatar-te em concursos públicos e inscreveres-te no Centro de Emprego. Todos os anos abrem várias vagas para este cargo em todo o país, mas especialmente no sul.

Também podes enviar currículos a várias empresas, oferecendo os teus serviços. A proatividade tem muito valor nos dias de hoje, então mostra o teu interesse em pertencer aos quadros da empresa e como o teu perfil se enquadra com a identidade da empresa.

Onde estudar para Vigilante de Crianças

Portugal:

Brasil:

Se queres ser vigilante de crianças, então não deixes de investir na tua formação! Sem dúvida, é um diferencial na hora de te contratarem, mas também vai ser importante para o teu dia a dia com os mais novos!

Partilhar:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima