Agente de Viagens

Agente de Viagens

Resumo da profissão

Modalidades:

Teletrabalho, Presencial

Matérias relacionadas:

Geografia História História da Cultura e das Artes Línguas Psicologia Sociologia

Idiomas:

Espanhol, Francês, Inglês, Português

O agente de viagens, também chamado de consultor de viagens, operador de viagem, atendente de viagem, rececionista ou empregado de agência de viagens, é o profissional que atende as pessoas que querem organizar e planear uma viagem (nacional ou internacional). Além de vender as viagens, ele também dá informações úteis sobre o destino da viagem, precauções a tomar, os melhores hotéis, entre outras.

Para os amantes de viagens, esta é uma profissão entusiasmante. Vais poder ajudar outras pessoas a conhecer destinos fantásticos e vais usar os teus conhecimentos de viagens e turismo para garantir que os clientes têm umas férias perfeitas.

Se gostavas de seguir esta carreira, então este artigo foi feito para ti! Aqui, vamos contar-te tudo sobre a profissão de agente de viagens. Vais descobrir, por exemplo, o que ele faz, como é o seu dia a dia, as saídas profissionais e outras informações úteis para entrares nesta carreira com o pé direito.

Vamos?

O que faz um Agente de Viagens?

O agente de viagens vende serviços de viagens turísticas, tanto nacionais, como internacionais. Além de vender as passagens (avião, comboio ou outro meio de transporte), ele também pode vender pacotes com hotel, aluguer de carro e entradas para atrações turísticas, por exemplo.

Podemos dizer que ele faz o planeamento da viagem por completo, se assim os clientes desejarem. Ele dá todas as informações sobre o destino, incluindo as melhores rotas e locais de entretenimento, hotéis e até restaurantes.

Trabalhando numa agência de viagens, ele faz a reserva das viagens (incluindo não apenas a passagem, como todos os outros serviços contratados) e entrega aos clientes toda a documentação necessária para que estes possam viajar.

Conhece também a profissão de Gestor de Turismo Rural

Quais as suas funções

As funções de um agente de viagens dependem, em grande parte, da sua posição na agência de viagens. Estando no balcão de atendimento, ou seja, ficando responsável pela organização e venda das viagens, ele tem de:

  • Dar informações sobre os diferentes destinos turísticos vendidos pela agência
  • Obter informações sobre os custos e disponibilidade de transporte e alojamento para as datas escolhidas
  • Ajudar os clientes a organizar a viagem
  • Ajudar os clientes a conseguirem todos os documentos que sejam pedidos para fazerem a viagem (inclusive comprovativos de vacinas, caso sejam necessários)
  • Aconselhar sobre medidas de segurança, saúde, mas também aconselhar melhores hotéis, formas de se locomover no país de destino, entre outras
  • Dar a conhecer as melhores atrações locais, locais de entretenimento, restaurantes e circuitos turísticos
  • Organizar itinerários (se pedido pelo cliente)
  • Fazer a reserva das viagens, alojamentos e outros serviços contratados
  • Realizar a emissão dos bilhetes de avião (ou outro meio de transporte), reservas de hotel, carros, entre outros
  • Receber o pagamento e emitir fatura
  • Assegurar que todos os documentos estão corretos e que a bagagem de passageiros está de acordo com as normas
  • Organizar viagens de grupo (excursões turísticas, por exemplo)

Caso o agente de viagens esteja a atuar na parte da administração, ou no back-office, ele não vai trabalhar com vendas. Antes, ele fica responsável por:

  • Fazer alterações em pacotes contratados
  • Reemitir bilhetes
  • Atender telefonemas de clientes que necessitam de algo em especial
  • Tratar de reservas e emissão de bilhetes (caso o agente no balcão não consiga fazê-lo de forma automática)
  • Tratar pedidos feitos pela internet

Saídas no Mercado de Trabalho

O agente de viagens pode trabalhar por conta de outrem, ou seja, para uma agência de viagens, mas também pode atuar como autónomo.

Ao trabalhar para uma agência, o consultor de viagens tem de restringir as ofertas àquelas que a própria agência oferece e tentar vender os pacotes que a agência determina como prioritários.

Contudo, ao atuar como autónomo, ele tem autonomia total sobre os pacotes vendidos e pode planear as viagens de acordo com a sua própria experiência e com os seus conhecimentos sobre o local de destino.

Antes de ires, conhece a profissão de Gestão de Turismo

Como entrar na carreira de Agente de Viagens?

Para seguires a profissão de agente de viagens, ou para atuares numa agência de turismo, o ideal é que tenhas uma formação universitária em Turismo (ou então um curso técnico na área).

Esta é uma carreira hierarquizada, com uma evolução bem definida. Assim, antes de trabalhares como agente de viagens, terás de atuar como assistente de agência de turismo. Este é o primeiro passo numa carreira promissora e que te dá uma possibilidade real de progressão.

Depois de trabalhares como consultor de viagens, podes aspirar aos postos de analista de agência de turismo, supervisor de agência de turismo e gerente de agência de turismo (posto máximo nesta carreira).

Além de bons conhecimentos em geografia, tens de ser uma pessoa comunicativa e com habilidades para as vendas. Afinal de contas, o mais importante é conseguires vender bons pacotes de viagens.

Ser fluente em inglês é, hoje, indispensável para qualquer pessoa que atue na área do turismo. No entanto, os agentes de viagens devem investir no conhecimento de outras línguas também, como o francês e o espanhol, por exemplo.

Ainda não sabes se esta é a melhor profissão para ti? Então faz os nossos Testes e usa o nosso Simulador!

Como ser um Agente de Viagens autónomo?

Não existem requisitos mínimos para quem quer ser agente de viagens autónomo. No entanto, ter conhecimentos na área de turismo é essencial para teres bons resultados. Conhecer vários países e adorar viajar é também importante para conseguires cativar clientes.

Se já decidiste que queres abrir o teu próprio negócio e atuar como consultor de viagens autónomo, então tens de avaliar qual o tipo de negócio que vais abrir. Podes montar um escritório/loja física, ou então podes começar com um negócio online (um site que ofereça os teus serviços).

Tens, ainda, a possibilidade de trabalhar sem o apoio de outras empresas (terás de procurar parcerias com hotéis, companhias aéreas, assim como outros fornecedores de serviços), ou podes trabalhar com uma agência de viagens maior (passas a ser quase como um consultor freelancer de uma agência, em troca de uma percentagem dos lucros).

Outro aspeto a ter em conta é o nicho de mercado em que queres atuar. As viagens são muito diversificadas e, principalmente no início da carreira, é importante especializares-te em alguns destinos turísticos. Preferes destinos de praias ou grandes centros históricos? Gostavas de trabalhar com viagens de lua-de-mel ou viagens onde a aventura é o mais importante?

Escolher um nicho de mercado é fundamental para conseguires criar uma base de clientes sólida, mas também é importante para te tornares uma referência no mercado para aquele tipo de viagens.

Onde estudar para Agente de Viagens?

Como vimos, se queres tornar-te agente de viagens, o ideal é que tenhas uma formação em turismo. Podes fazer um curso universitário, ou então podes optar por um curso técnico.

Por isso, nós deixamos-te aqui alguns cursos dentro desta área que te podem interessar. Ora espreita!

Portugal:

Brasil:

Gostavas de trabalhar como agente de viagens ou consultor de viagens? Adoravas seguir uma carreira em agências de turismo? Então não deixes de procurar uma boa formação, pois vai fazer toda a diferença na tua carreira. Sucesso!

Partilhar Post

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.

Scroll to Top