Assistente Virtual

Assistente Virtual

Estás à procura de uma profissão que te permita trabalhar de casa? Já sabes o que faz um assistente virtual? Na verdade, ele pode fazer várias coisas, dependendo da área em que atua e da empresa para a qual trabalha. Embora seja uma profissão recente, tem crescido muito nos últimos anos, também pela evolução da tecnologia e da internet.

Outros nomes para esta profissão:

  • Modalidades: Teletrabalho
  • Ordenado Médio Mensal: Mínimo - 1000€
  • Empregabilidade: Média
  • Empregabilidade: Trabalho Solitário, Trabalho em Equipa
  • Disciplinas do Secundário/ensino médio: Economia, Informática, Matemática, Materiais e Tecnologias, Multimédia
  • Idiomas: Inglês, Português

Há uns anos, os assistentes virtuais eram contratados para fazer trabalho de secretariado e atendimento telefónico. Mas com o avanço da tecnologia, hoje estes profissionais são multifacetados e podem, sim, trazer uma série de inovações para as empresas.

É claro que os trabalhadores realizam funções que se sentem mais à vontade. Por exemplo, se o assistente virtual tem talento para as finanças e administração, vai desempenhar funções nessa área. Já se tiver talento para as letras, é provável que trabalhe na criação de conteúdos.

Como esta profissão tem uma área de atuação muito ampla, é importante olharmos com atenção para ela!

Queres saber mais sobre ela? Então continua a ler este artigo porque vamos contar-te tudo o que precisas saber!

Vem connosco!

O que faz um Assistente Virtual?

O assistente virtual ajuda a empresa em várias áreas através da internet. Falamos, assim, de um teletrabalho que te permite trabalhar de casa ou de qualquer outro lugar que tenha acesso à Internet. Podes trabalhar em muitos departamentos de uma organização, e o trabalho que fazes depende, sobretudo, da tua formação.

Por exemplo, o assistente virtual que seja formado em economia ou gestão normalmente trabalha como assistente financeiro ou administrativo. Já um profissional da área das vendas vai trabalhar no departamento comercial da empresa.

Quais as áreas em que o assistente virtual pode trabalhar?

  • Financeiro
  • Administrativo
  • Comercial
  • Secretariado
  • Marketing

No departamento financeiro, vais dar assistência financeira à empresa. Podes fazer fluxos de caixa, pagamentos, cobranças, por exemplo.

No setor financeiro, vais prestar serviços aos administradores da empresa. Organizar tarefas, gerir e-mails, a agenda, os horários, são apenas algumas das tarefas do assistente virtual.

Se fores contratado para dar assistência comercial, então vais fazer vendas, prospeção de clientes, agendar reuniões, entre outras tarefas.

Na área do secretariado, vais fazer todo o serviço de secretaria, como agendar reuniões, consultas, contactar com clientes, por exemplo.

Já na área do marketing, podes trabalhar com gestão de redes sociais, criação de conteúdos, gerir e-mails, entre outras.

Quais as suas funções

Como dissemos, as funções do assistente virtual são muitas e dependem muito da área em que vais trabalhar. Por isso mesmo nós precisamos olhar em detalhe para cada uma dessas áreas.

Criação de conteúdo

O setor do marketing digital precisa ser alimentado de conteúdo de forma constante. Publicar em blogs, redes sociais, sites, regularmente faz toda a diferença no que diz respeito ao marketing de qualquer negócio.

Mas quem produz o conteúdo para os sites e redes sociais?

Sem dúvida, o assistente virtual pode fazer esse trabalho a partir de casa. Ele é contratado para produzir o conteúdo para as redes sociais, sites, blogs, entre outros de acordo com as orientações dadas pelo departamento de marketing digital da empresa.

Funções administrativas

  • Atender o telefone
  • Gerir compromissos
  • Gerir reuniões
  • Organizar a agenda
  • Reservar restaurantes, hotéis, viagens, entre outras

Basicamente, o assistente virtual faz tudo o que o assistente administrativo faz, só que de forma remota.

Setor Financeiro

  • Criar tabelas de controlo de gastos
  • Controlar a faturação
  • Fazer a contabilidade
  • Pagar impostos
  • Fazer estudos de vendas
  • Precificar
  • Fazer análise de mercado

O trabalho do assistente virtual vai ajudar o departamento financeiro a perceber oportunidades de negócio, assim como a corrigir erros que estejam a afetar a empresa.

Pesquisas de mercado

Qualquer empresa precisa de fazer pesquisas de mercado para traçar uma estratégia eficaz. Como estas pesquisas demoram muito tempo a fazer, então, contratar um assistente virtual é uma ótima opção.

Se fores contratado para esta função, tens de fazer a pesquisa de vários dados, depois reunir e processar todos os resultados.

Redes Sociais

As redes sociais são essenciais nos dias de hoje. As pessoas passam horas e horas nas redes e as empresas não podem negar esse facto. Por isso, ter alguém que faça a gestão das diferentes redes sociais é fundamental.

O assistente virtual alimenta as redes sociais, interage com o público, filtra mensagens, e faz a gestão de todas as redes.

Atendimento ao Cliente

A maioria dos assistentes virtuais começaram a trabalhar no atendimento ao cliente. Sem dúvida, se olharmos para os primeiros trabalhos feitos a partir de casa, este é um deles. A maioria dos telefonemas seguem um padrão, e podem ser feitas a partir de casa, sem qualquer problema.

No entanto, para que o trabalho do assistente seja bem feito, é importante ter formação da empresa, para saber as etapas a seguir.

Gestão de E-mail

Fazer a gestão do e-mail não é uma tarefa assim tão simples e rápida de fazer. As empresas recebem centenas de e-mails todos os dias. Por isso, é preciso ter alguém a fazer a gestão do conteúdo recebido.

O assistente virtual lê os e-mails e respondem a cada um deles. Também fazem a seleção daqueles que são considerados SPAMs e podem organizar por pastas os e-mails recebidos, por exemplo.

Saídas no Mercado de Trabalho

O assistente virtual encontra um mercado de trabalho “quente”. Sem dúvida, temos assistido a um aumento do teletrabalho e as empresas encontram aqui uma solução para tornar a sua logística mais pequena, além de conseguirem reduzir os custos.

Podes trabalhar em qualquer tipo de empresa que tenha os departamentos mencionados no artigo e que estejam dispostos a contratar alguém por teletrabalho.

Como entrar na carreira de Assistente Virtual

A maioria das funções feitas pelo assistente virtual não exigem nenhuma formação superior. No entanto, é uma vantagem se tiveres uma formação profissional na área em que vais trabalhar. Por exemplo, se vais trabalhar para o departamento de marketing digital, é bom teres conhecimentos da área. O mesmo se passa com os outros setores.

Existem também cursos de treinamento para assistentes virtuais, que vão ajudar-te a trabalhar a partir de casa em várias funções.

Encontras várias vagas de trabalho na internet, mas também podes candidatar-te ao cargo de forma voluntária. Envia um e-mail, uma carta, ou podes até marcar uma entrevista para falar da tua intenção em fazer este trabalho a partir de casa.

Vê agora alguns cursos que podem ser úteis para te tornares assistente virtual!

Onde estudar para Assistente Virtual?

Portugal:

Brasil:

Se sempre sonhaste trabalhar de tua casa, ou de qualquer parte do mundo sem teres de estar preso às convenções e às quatro paredes de um escritório, ser assistente virtual é, sem dúvida, uma escolha acertada! Não deixes de ter uma formação, porque vai ajudar muito! Ao sucesso!

Partilhar:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima