Trapezista

trapezista

O trapezista é um artista de circo que faz os seus números num trapézio (equipamento de ginástica composto por uma haste horizontal suspensa em duas peças verticais) ou em tecidos. 

  • Modalidades: Presencial
  • Ordenado Médio Mensal: 1500€ - 2000€
  • Empregabilidade: Média
  • Tipo de trabalho: Trabalho em Equipa
  • Disciplinas do Secundário/ensino médio: Educação Física, Oficina de Artes
  • Idiomas: Inglês, Português

A vida num circo é tão estranha, quanto mágica. A vida de itinerante afasta muitas pessoas do trabalho num circo, mas a magia que está por trás dos espetáculos circenses faz com que muitas pessoas sonhem em pertencer a uma trupe, ou companhia circense. 

Esta é uma profissão artística, que exige muito do próprio corpo e das habilidades motoras. Não é um caminho fácil, mas também não existe melhor sensação do que receber os aplausos a cada apresentação.

Se já pensaste em trabalhar num circo e se adoras trabalhar com o teu corpo, esta profissão pode, com toda a certeza, ser aquela que te enche a alma e te realiza. 

Neste artigo vamos mostrar-te tudo o que precisas saber para entrar nesta carreira com o pé direito. 

Vamos? 

O que faz um Trapezista?

O trapezista faz exibições artísticas em cima de um trapézio fixo, trapézio em balanço, ou tecidos, argolas, e outros aparelhos similares. Além dos números de habilidade e equilíbrio corporal, é importante criar uma apresentação bonita e que deixe o público entusiasmado. Por isso, mais do que destreza corporal, é preciso ter visão de espetáculo.

A beleza de um espetáculo de trapezistas é inegável. São números de grande aparato, com figurinos belíssimos, cheios de brilhos, cenários deslumbrantes, com tecidos esvoaçantes e delicados.

Um bom trapezista tem de ter muita habilidade corporal, equilíbrio, mas também é essencial ter uma excelente capacidade de concentração e foco. 

Tratando-se de números realizados a grande altitude, não podemos esquecer os riscos que estão associados. Às vezes, uma pequena distração pode fazer com que o trapezista caia. Portanto, conseguir manter o foco, apesar de todo o ruído à sua volta, é um aspeto crucial para o sucesso deste número. 

Quais as suas funções

O trapezista tem como função entreter o público com os seus números no trapézio (fixo ou em balanço) ou em tecidos, argolas, e outros aparelhos similares. 

Como os números circenses estão sempre em constante evolução, os próprios trapezistas vão inventando e adaptando os aparelhos para criar maior dinâmica às apresentações, como, por exemplo, trapézios duplos e triplos. 

O trabalho dos trapezistas é muito mais do que aquilo que nós, como espectadores, conseguimos ver nos espetáculos. Para que as apresentações corram bem, são precisas muitas e muitas horas de treinos. 

Como já dissemos, esta é uma profissão que acarreta riscos. Como os números se fazem a grandes altitudes, uma queda pode ser muito perigosa e, se não houver camas elásticas, ou outros elementos similares como segurança, a queda pode ser mesmo fatal.

Por isso, todos os trapezistas precisam ter atenção redobrada. O excesso de confiança, aqui, pode ser perigosa, pois é nessa altura que se relaxa nas medidas de segurança e se perde o foco nos detalhes que podem ser cruciais para um número bem-sucedido. 

Sendo assim, mesmo que estejamos no ar, é preciso manter sempre os “pés bem assentes no chão” e ter consciência do risco que corremos sempre que fazemos algum exercício.

Saídas no Mercado de Trabalho

Como trapezista, a maior parte das oportunidades de trabalho encontram-se no circo. No entanto, não é o único local onde poderás trabalhar. Existem vários espetáculos que incluem trapezistas, como espetáculos de música, teatro, dança, entre outros eventos culturais e artísticos. 

Sem dúvida, este artista circense tem sido muito valorizado nos últimos anos e, com a evolução desta arte em trapézio, conseguimos perceber uma maior beleza nas atuações, o que faz com que estes números se encaixem numa grande variedade de eventos. 

Em Portugal, apesar de não haver muitas oportunidades para estes artistas, até porque a cultura e a arte carecem, sim, de muitos apoios, é possível olhar para o mundo como uma grande porta que se abre. 

Existe uma grande procura destes artistas de circo em toda a Europa, o que pode ser uma excelente oportunidade para todos os trapezistas que querem desbravar o mundo. 

No Brasil, as oportunidades de trabalho para trapezistas são boas. Conhecidos por ter dos melhores artistas circenses do mundo, também são muitos os convites para trabalhar no exterior do país.

Como entrar na carreira de Trapezista?

Se queres seguir a carreira de trapezista, então tens de apostar na tua formação em artes circenses. Existem inúmeras escolas de circo que te preparam para o mundo do espetáculo circense. Embora esta formação não seja obrigatória, se realmente queres ser referência no meio, é essencial.

Não falamos de escolas amadoras, como há uns anos. Falamos, sim, de escolas que oferecem formação de qualidade e que preparam os alunos para serem artistas de excelência. 

Como tal, não deixes de estudar numa das escolas que te sugerimos abaixo, porque vai valer a pena todo o esforço. 

Onde estudar para Trapezista?

Portugal:

Brasil:

Ficaste entusiasmado em seguir a profissão de trapezista? Então está na hora de arregaçares as mangas e trabalhares para concretizar o teu sonho. Pode não ser um caminho simples e rápido, mas acredita que vai valer a pena.

Partilhar:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Scroll to Top