Calista

Calista

Um Calista é o profissional especialista no tratamento dos calos dos pés. Assim, é uma atividade que zela pelo bem-estar e pela saúde das pessoas. Mas se te parece tudo muito simples, não é nada disso! Descobre tudo sobre a profissão e os seus desafios…

Outros nomes para esta profissão: quitacalos

  • Modalidades: Presencial
  • Ordenado Médio Mensal: Mínimo - 1000€
  • Empregabilidade: Baixa
  • Tipo de trabalho: Trabalho Solitário
  • Disciplinas do Secundário/ensino médio: Biologia, Psicologia
  • Idiomas: Português

Todo o nosso corpo é sustentado pelos pés e, portanto, a sua saúde e bem-estar são fundamentais. Qualquer pequeno problema ou desconforto nesta zona pode ser muito limitador para o dia-a-dia, pelo que se torna urgente cuidar bem deles.

E é neste ponto que entra o Calista, um profissional cujo campo de trabalho é, nada mais, do que os pés. Geralmente, pensa-se que é um trabalho muito básico, pois, prende-se apenas com tirar calos.

Mas a atividade é mais exigente do que pode parecer. Além de saber retirar calosidades, um Calista precisa também de ter conhecimentos mais extensos e variados, pois só assim conseguirá oferecer um serviço de excelência.

Deixa-te ficar connosco e continua a ler para saberes mais sobre esta profissão…

Quanto ganha um Calista

Os salários dos Calistas podem variar muito conforme os locais onde trabalhem. De resto, não há uma tabela salarial que defina os ordenados que devem receber.

Assim, há aqueles profissionais que têm um local de trabalho próprio, exercendo a profissão de forma independente, e que podem ter melhores rendimentos. Contudo, isso só será possível se tiverem clientes fiéis e prestarem um bom serviço.

Para quem trabalha por conta de outros, tudo depende dos empregadores e das condições dos seus negócios. Mas, neste caso, o emprego fixo garante rendimentos mais certos.

De qualquer modo, o que mais importa é gostar do que se faz.

Ora, continua a leitura para desfazeres dúvidas…

O que faz um Calista

Uma dor de pés pode ser muito desconfortável. Imagina um dedo do pé a latejar sem parar. Pois é, isso até dificulta as tarefas mais simples da rotina diária, o que pode ser muito limitador.

Assim, o Calista surge como um salvador perante situações em que é preciso retirar calos e calosidades. Contudo, não é apenas um quitacalos, como se costumava também dizer.

Este profissional também pode resolver situações de espessamentos da planta do pé, ou ainda casos de verrugas, unhas encravadas e até micoses.

Qual é a diferença entre Calista e Pedicure

Nos últimos anos, a profissão de Calista foi-se tornando menos habitual. Assim, foram surgindo cada vez mais profissionais dedicados à Pedicure. Contudo, as duas áreas, embora semelhantes, não se anulam.

Os Calistas são considerados técnicos de saúde, embora a profissão não seja uma especialidade médica. Mas o seu trabalho dedica-se a mais do que apenas a aparência e a beleza do pé.

Já um Pedicure tem um foco essencialmente no embelezamento e, portanto, está mais associado à estética.

Qual é a diferença entre Calista e Podologista

O Podologista é um profissional mais especializado do que um Calista, pois o seu trabalho envolve uma área de intervenção maior no capítulo do tratamento dos pés.

Mas tanto um Calista como um Podologista atuam na área da saúde. Todavia, ambas as profissões também podem ajudar a melhorar a estética dos pés dos seus pacientes.

No caso de um Podologista, há um conhecimento mais multidisciplinar que pode passar por nutrição, processos biológicos, biomecânica e farmacologia.

Já um Calista está focado em resolver aspetos relacionados com as dinâmicas do pé e com as circunstâncias que determinam os problemas visíveis.

Quais as suas funções

Os Calistas podem resolver uma série de problemas relacionados com os pés.

A intervenção destes profissionais deve ser sempre cuidadosa e atenta, pois, nalgumas situações, podem ter de encaminhar as pessoas para outros profissionais mais especializados.

Ter consciência das limitações no tratamento de certos problemas é fundamental para ser um bom Calista.

Assim, fica por dentro daquelas que são as principais áreas de intervenção destes profissionais:

  • Retirar calos e calosidades
  • Resolver problemas de verrugas
  • Tratar micoses
  • Desencravar unhas
  • Cortar e limar unhas

Mas o papel de um Calista de excelência pode ainda passar por fazer massagens nos pés dos clientes. Pois, deste modo, estará a acrescentar um serviço extra de bem-estar a quem o procura. E pode ser uma mais-valia para fidelizar clientes.

Saídas no Mercado de Trabalho

A profissão de Calista já viveu melhores dias, mas ainda assim, continua a ter várias saídas profissionais no mercado de trabalho.

As pessoas que querem trabalhar nesta área podem fazê-lo tanto em gabinetes de estética como em clínicas de saúde, conforme as suas competências e habilitações.

Quanto melhor formação o profissional tiver, mais hipóteses de emprego encontrará. Mas o mais importante é ser persistente e saber procurar.

Como entrar na carreira de Calista

O primeiro passo para ser Calista passa por fazeres uma formação adequada. Porém, não estamos a falar de ir para a Universidade, pois não é necessária formação superior.

Contudo, tirar um bom curso técnico ou profissional é fundamental. Até porque, alguns deles, pode haver a possibilidade de fazeres um estágio, o que te abre as portas do mercado de trabalho.

Deves saber que há muitas pessoas que arranjam o seu primeiro emprego como estagiários, acabando por assinar contratos e progredir na carreira.

Assim, só tens de te preparar da melhor forma e nunca desistires de procurar o que queres.

Onde estudar para Calista

Os cursos de Calista são, por norma, técnicos ou profissionais. Portanto, estão focados numa formação mais prática. É a melhor forma de entrar em contacto com os desafios da atividade.

Mas é importante que procures formações abrangentes que te deixem com saberes sobre todas as vertentes dos pés, desde a nutrição à biomecânica, passando pela anatomia e pelas maleitas de que costumam sofrer.

Lembra-te que acumular conhecimentos multidisciplinares, abre-te os horizontes e mais possibilidades.

Ora, espreita, as opções de cursos para calista que selecionamos para ti…

Portugal:

Brasil:

Após esta leitura, deves estar mais certo do que é um Calista e do que faz na sua atividade diária. Portanto, estás pronto para te aventurares na carreira, caso acredites ter a persistência e o cuidado necessários para triunfar nela. Se assim é, desejamos-te muito sucesso!

Partilhar:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Scroll to Top