Contorcionista

Contorcionista

O contorcionista é um artista que tem um domínio muito grande sobre o seu corpo e é muito flexível. Esta é uma profissão associada a espetáculos circenses, embora, nos dias de hoje, já haja espetáculos variados em teatros e outras instituições artísticas com apresentações de contorcionistas.

  • Modalidades: Presencial
  • Ordenado Médio Mensal: Mínimo - 1000€
  • Empregabilidade: Média
  • Tipo de trabalho: Trabalho em Equipa
  • Disciplinas do Secundário/ensino médio: Educação Física, Oficina de Artes
  • Idiomas: Português

O contorcionismo é um dos números circenses mais admirados em todo o mundo, e as razões são óbvias. A forma como movimentam o seu corpo dá a sensação que eles conseguem dobrar-se como uma folha de papel. É como se não houvesse limites para os seus corpos.

Apesar de existir desde a Antiguidade, a força do contorcionismo mantém-se viva até hoje. Se pesquisarmos em vários fóruns, percebemos que existe um real interesse das pessoas na prática do contorcionismo, o que nos leva a pensar que esta é uma profissão que vai perdurar por muitos e longos anos.

Se esta é uma carreira que te fascina e se estás a pensar segui-la, então não podias estar em melhor lugar. Aqui vamos mostrar-te tudo o que precisas saber sobre ser um contorcionista. Vais descobrir o que faz no seu dia a dia, quais as suas funções, como estão as saídas no mercado de trabalho e o que precisas fazer para seguir esta profissão.

Vamos?

O que faz um Contorcionista?

O contorcionista faz números artísticos, nos quais ele usa o seu corpo para entreter o público. A sua flexibilidade faz com que pareça que não há limites para o que ele pode fazer com o seu próprio corpo, dando a sensação de algo fantástico e mágico.

Apesar de muito treino, os contorcionistas têm uma flexibilidade natural. São pessoas que já nasceram com uma elasticidade fora do comum, ou seja, nascem com este talento. No entanto, é preciso que se descubra este talento desde cedo.

O ideal é que se comece a treinar a flexibilidade desde crianças, antes dos sete anos de idade. Quando se percebe este talento depois dos treze anos de idade, fica mais difícil para desenvolver a flexibilidade total das articulações.

Os contorcionistas são capazes de desafiar o próprio corpo, conseguem realizar posições estranhas, impossíveis para a maioria das pessoas.

Para saberes mais sobre esta profissão, vamos ver agora as funções do contorcionista no seu dia a dia.

Quais as suas funções

A função do contorcionista é entreter o seu público com números de contorcionismo. Para conseguir realizar bons números, são precisas muitas horas de treino diárias, desde crianças. Esta forma de acrobacia inclui contorções, assim como flexões do corpo que, para a maioria das pessoas, parecem impossíveis.

São muitos os tipos de contorções, mas as principais são:

  • Contorção frontal: quando o contorcionista flexiona o tronco sobre as pernas ou quando coloca as pernas por trás do pescoço.
  • Caixas: quando o artista dobra o corpo de forma a caber dentro de uma caixa muito pequena.
  • Contorção caudal: quando o contorcionista põe os pés na cabeça (para isso faz extensões do quadril e do tronco).

Como os números de contorcionismo evoluíram muito nos últimos anos, hoje em dia não basta ter flexibilidade. É preciso ser-se um verdadeiro artista. Por isso, é comum que os contorcionistas também dancem, façam malabarismo e até números de humor.

Saídas no Mercado de Trabalho

Os contorcionistas trabalham, na sua maioria, em circos. O contorcionismo é, sem dúvida, uma das artes circenses mais apreciadas e, por isso, se queres seguir esta profissão, a grande parte das oportunidades de trabalho está, precisamente, nos circos.

Além disso, é possível fazer apresentações em outros tipos de espetáculo, como espetáculos de dança, por exemplo. Apresentações em alguns eventos, como feiras medievais, por exemplo, também são uma alternativa.

Este é um trabalho maioritariamente freelancer. Estabilidade e segurança, no mundo das artes, são difíceis de conseguir. Sendo assim, se queres seguir esta carreira, tens de ter consciência das dificuldades que vais ter de passar.

Como entrar na carreira de Contorcionista?

Para seguires a carreira de contorcionista tens de treinar desde criança. A flexibilidade pode ser um talento natural, ditada pela genética, mas se não for treinada, ela nunca se desenvolve ao ponto de conseguires fazer disso carreira.

O ideal é teres um treino acompanhado por profissionais desde criança. Por isso é que é tão importante falarmos sempre abertamente dos nossos sonhos e vontades com os nossos pais. Quanto mais cedo começares, melhores serão os resultados e, consequentemente, mais sucesso terás nesta carreira.

Sem dúvida, uma escola de circo é fundamental para conseguires tornar-te um grande artista do contorcionismo. Portanto, não deixes de te inscrever numa das instituições que te vamos passar agora.

Onde estudar Contorcionismo?

Portugal:

Brasil:

O teu sonho é ser um grande artista circense? Sempre gostaste de contorcionismo? És flexível e consegues desafiar os limites do teu corpo? Então a profissão de contorcionista pode ser tudo aquilo que estavas à procura. Se esse é o teu sonho, então não desistas e luta por ele. Só depende de ti! Nós, do Guia das Profissões, desejamos-te muito sucesso na vida profissional.

Partilhar:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Scroll to Top