Cravador de Joias

cravador de joias

Mais sobre a profissão

Modalidades:

Presencial

Matérias relacionadas:

Desenho Geologia Materiais e Tecnologias Oficina de Artes

Idiomas:

Português

O cravador de joias, ou cravador de pedras, é o profissional que se dedica à arte da cravação de pedras preciosas, semipreciosas e bijuterias. É, então, um dos profissionais mais importantes da área da joalharia, até porque falamos de peças muito valiosas e que necessitam de um trabalho minucioso e de grande precisão.

Esta é a profissão perfeita para aqueles que gostam de trabalhos manuais, mas que envolvam, ao mesmo tempo, algum tipo de criatividade e arte. Embora o cravador siga, na maior parte das vezes, o desenho feito pelo designer de joias, o seu trabalho é essencial para a finalização da peça de joalharia.

Sendo assim, podemos dizer que este profissional faz parte da obra de arte, até porque, sem ele, nada seria igual.

Se esta é uma profissão que te agrada ou te suscita algum tipo de interesse, então estás no sítio certo!

Neste artigo vais descobrir tudo o que precisas saber sobre a carreira de cravador. Vais saber o que ele faz, as funções que tem no seu dia a dia, as saídas no mercado de trabalho e o que precisas saber para seguir esta profissão.

Vens connosco?

O que faz um Cravador de Joias?

O cravador de joias trabalha na cravação de pedras. É este profissional que fixa as pedras nas peças de metal, usando ferramentas específicas para isso. Em alguns casos, ele também realiza texturas e desenhos no metal e, portanto, deve saber executá-los para estar preparado para quando for preciso.

Este é um trabalho que envolve muita perícia e minúcia, assim como muita paciência e uma excelente visão. Como é um ofício que lida com valores muito elevados, principalmente no caso das pedras preciosas, é importante que este trabalhador tenha muita experiência.

O conhecimento de gemas é fundamental, mas também é importante um olhar artístico e estético, até porque é desse olhar que conseguimos valorizar uma lapidação especial, conseguimos a coloração certa da gema, assim como o brilho que tanto apreciamos numa joia.

Conhece também a profissão de Lapidador de joias

Quais as suas funções

O cravador de joias, ou cravador de pedras preciosas, tem como principal função fixar as pedras nas peças de metal. A cravação é a técnica de joalharia que este profissional domina. Mas mais do que uma técnica, é a arte que permite unir o metal com a gema.

O trabalho envolve diferentes técnicas para que as pedras se fixem bem e para que estas não sofram rachaduras. Podemos usar fios, fitas do metal ou chapas.

Tipos de Cravação de Joias

Para perceberes melhor o dia a dia deste trabalhador, vamos olhar para os diferentes tipos de cravação.

  • Besel – Também chamada de cravação inglesa e é considerado o tipo mais seguro, porque se usa uma cinta para envolver a gema. Esta cravação pode ser usada em quase todos os tipos de lapidação. A cravação meia inglesa, ou meio besel, é usada quando a pedra precisa de uma maior reflexão e abertura para a luz passar.
  • Garras – A cravação com garras, ou cravação com grifas, é muito usada em gemas transparentes e facetadas, pois estas precisam de muita entrada de luz. Neste caso, as garras são feitas separadamente e depois soldadas à joia e dobradas sobre a pedra.
  • Trilho / Carril – A cravação com trilho, ou carril, é muito usada em pedras retangulares e quadradas. Esta técnica consiste no encaixe das pedras em trilhos paralelos.
  • Pavê – A cravação pavê consiste em cobrir uma grande parte de uma joia com pedras, as quais se encontram muito próximas. Esta técnica é muito comum em alta joalharia. Aqui, fazemos furos medidos ao milímetro para abrir as cavidades onde serão fixadas as gemas.
  • Granitos – Este tipo de cravação usa o metal da peça como uma garra para fixar as pedras. A cravação é linear e os granitos podem, ou não ser individuais.
  • Bigodinho – Aqui, o cravador de joias ajusta a pedra num furo feito numa chapa de metal e corta 4 lascas pequenas, as quais se colocam por cima da gema.
  • Invisível – A cravação invisível surgiu com o movimento Art Déco e consiste em esconder o metal por completo, dando destaque somente às pedras.
  • Tensão – Este tipo de cravação usa a tensão de um aro que mantém a pedra presa, podendo ter dois, ou mais, pontos de contacto. A forja a frio é uma das técnicas usadas neste tipo de cravação.
  • Barra – A cravação em barra fixa a pedra no metal por meio de 2 barras. Podemos usar esta cravação com todos os cortes de diamantes, mas apenas se usa com gemas de dureza 9, ou superior.

Saídas no Mercado de Trabalho

O cravador de joias trabalha em joalharias, na maior parte das vezes. Embora este seja um setor um pouco abalado, muito comum em crises económicas, a verdade é que são muito poucos aqueles que seguem esta profissão.

Por isso, se procuras uma profissão que fique longe da rotina de escritório, então esta pode ser uma excelente opção.

Podes, ainda, trabalhar como profissional autónomo. Neste caso, és contratado por serviço. Tens de ter um espaço com todos os materiais necessários para desenvolver a cravação.

Como entrar na carreira de Cravador de Joias?

Para seguires a profissão de cravador de joias, é importante teres conhecimentos sobre gemas, técnicas de joalharia, assim como conhecimentos específicos na união de metais e pedras. Este é um trabalho muito exigente e, como tal, não podes deixar de lado a formação.

Como se costuma dizer, a prática leva à perfeição e, neste caso, não poderia estar mais de acordo. Os conhecimentos técnicos são importantes, mas é a habilidade em usar das ferramentas de cravação que vai fazer toda a diferença.

Onde estudar para Cravador de Joias?

Portugal:

Brasil:

Aqui estão alguns cursos que podem interessar-te se quiseres seguir a profissão de cravador de joias. Estuda, dedica-te, pratica muito, pois isso fará de ti um profissional de referência. Nós desejamos-te muito sucesso!

Partilhar Post

Deixa o teu testemunho

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Scroll to Top