Cuspidor de Fogo

Cuspidor de fogo

Mais sobre a profissão

Modalidades:

Presencial, Ar Livre

Matérias relacionadas:

Educação Física História da Cultura e das Artes Materiais e Tecnologias Oficina de Artes

Idiomas:

Português

O cuspidor de fogo, ou cospe-fogo, também chamado de comedor de fogo, é um artista, geralmente artista de circo, que usa fogo nas suas apresentações. A beleza deste tipo de espetáculo faz com que muitos se sintam entusiasmados em aprender a técnica e até fazer disso profissão. 

Se nasceste com alma de artista, e se o fogo te fascina, então a profissão de cuspidor de fogo pode ser tudo aquilo que estavas à procura. Não é um caminho fácil, tem prós e contras, mas quando gostamos realmente do que fazemos, tudo vale a pena. 

Ficaste curioso para saber mais sobre a profissão de cospe-fogo, não é verdade? Então continua a ler este artigo porque vamos contar-te tudo o que precisas saber sobre esta carreira. 

Vem connosco!

O que faz um Cuspidor de Fogo?

O cuspidor de fogo é um artista que, tal como o nome indica, cospe fogo. Além de expelir fogo pela boca, é possível também que realize demonstrações de insensibilidade epidérmica ao calor. 

Para criar grandes labaredas, ele tem um líquido inflamável na boca que cospe para a tocha. Para a realização de espetáculo, ele também pode criar coreografias de dança, com as tochas, e fazer lançamento de chamas ao som de uma música. 

De acordo com a literatura, esta arte começou na Índia, mas não tardou a espalhar-se por todo o mundo. Os seres humanos mostraram, desde sempre, um grande fascínio com o fogo e, por isso, não é de admirar que tentássemos dominá-lo ao ponto de transformá-lo em arte. 

Falamos de pirofagia. Este é o nome dado a esta arte. Atenção que não falamos de brincar com o fogo. Não podemos brincar com algo que pode ser perigoso. Por isso, antes de qualquer outra coisa, temos de ter respeito. As performances são perigosas, têm os seus riscos, mas o artista sabe que vale a pena tudo isso para fazer um bom espetáculo.

Vamos conhecer agora um pouco mais sobre esta fantástica profissão. 

Quais as suas funções

A função do cuspidor de fogo é entreter a plateia com os seus números fantásticos. O domínio do fogo é o que faz com que esta profissão seja tão admirável. Para fazer estes números, é preciso ter um certo grau de insensibilidade térmica. Pessoas muito sensíveis ao calor dificilmente conseguirão seguir esta carreira. 

Normalmente, os espetáculos com fogo são envoltos em dramatismo, mas não é obrigatório. Também podem ser feitos com música, em espetáculos de outros artistas, ou podem estar incluídos em espetáculos de dança, muito comum em feiras medievais e eventos similares. 

Os treinos têm de ser diários. Assim como qualquer outra arte, é o treino que faz a excelência. Podemos nascer com um qualquer talento, mas se não trabalharmos a sério, nunca seremos grandiosos. Portanto, é importante treinares sempre, todos os dias, durante algumas horas. 

Além disso, é essencial ter criatividade para montar todo um espetáculo. Não adianta saberes cuspir fogo se não fores capaz de envolver o público. Por isso, tens de criar várias coreografias, escolher músicas, e pensar na forma de envolver tudo num único momento. 

Saídas no Mercado de Trabalho

O cuspidor de fogo é um artista que trabalha de forma autónoma e independente, na maior parte das vezes, a não ser que seja contratado por alguma companhia de circo ou de teatro, ou até de animadores. 

No entanto, a maior parte destes profissionais é contratado para eventos esporádicos e, por isso, são considerados profissionais autónomos. 

Pode parecer estranho, mas há muitas pessoas que resolveram mudar de vida e seguir a profissão de cuspidor de fogo. 

Podemos não ganhar uma fortuna, podemos até trabalhar na rua, mas só o prazer de trabalharmos com aquilo que gostamos, faz com que nos sintamos realizados e felizes. 

Como entrar na carreira de Cuspidor de Fogo?

Para seguires a carreira de cuspidor de fogo tens de, antes de qualquer coisa, aprender a lidar com o fogo. Não podemos deixar de dizer que esta prática acarreta riscos e pode ser perigosa. Por isso, não podes correr o risco de te magoares. 

O ideal é procurares ajuda com um profissional que já domine a técnica e a arte de cuspir fogo ou frequentares uma escola de circo, onde aprendes várias coisas, incluindo a técnica de cuspir fogo. 

Onde estudar para Cuspidor de Fogo?

Portugal:

Brasil:

Ficaste apaixonado pela profissão de cuspidor de fogo? Sonhas em ser um artista do fogo? Então não desistas de lutar por aquilo que queres e sonhas para a tua vida. Nós, do Guia das Profissões, desejamos que tenhas um futuro brilhante e cheio de sucessos!

Partilhar Post

Deixa o teu testemunho

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Scroll to Top