Economista

economista

O economista é aquele que estuda a forma como a sociedade, como um todo, produz bens e serviços, como os distribui, assim como a forma como os consome. Ele tem conhecimentos para entender as mudanças da economia e do mercado, estabelecendo uma relação com as atividades económicas.

Outros nomes para esta profissão: Economia

  • Modalidades: Teletrabalho, Presencial
  • Ordenado Médio Mensal: 2000€ - Máximo
  • Empregabilidade: Alta
  • Empregabilidade: Trabalho Solitário, Trabalho em Equipa
  • Disciplinas do Secundário/ensino médio: Ciência Política, Direito, Economia, História, Línguas, Matemática
  • Idiomas: Espanhol, Francês, Inglês, Português

Este profissional tem como função garantir que a empresa em que atua, seja ela no comércio, indústria, ou órgão público, tenha saúde financeira.

Atualmente, esta profissão tem sido bastante procurada, nos mais diversos setores, e a tendência é que esta procura de profissionais formados em Economia continue a crescer.

Sendo assim, podemos dizer que, se escolher seguir economia na faculdade, terá, com toda a certeza, um futuro garantido! E podemos já adiantar que os salários são acima da média, e tem a possibilidade de crescer muito na carreira!

Quer saber mais sobre esta profissão? Então continue a ler este artigo e saiba como é a rotina deste profissional, quais as funções que tem, como é o mercado de trabalho e como pode entrar nesta carreira. Confira!

O que faz um Economista?

Um economista tem um papel muito importante dentro de qualquer empresa, pois é dele que depende o seu crescimento económico e financeiro.

Ele faz análises de mercado, pois permitem identificar possíveis oscilações de vendas, mudanças nos hábitos de consumo, possíveis oportunidades de investimento, entre outros elementos que podem ter uma influência direta nas finanças da empresa para a qual trabalha.

Ao contrário do que a maioria das pessoas pensa, ele não trabalha só em empresas de grande porte. Muitas empresas de médio porte contratam este profissional para fazer uma análise do mercado regional, pois assim consegue identificar quais são as melhores ações a serem tomadas pelos gestores.

Além disso, ele também pode seguir uma carreira académica, trabalhando com pesquisa nas universidades e institutos.

Quais as suas funções

As funções de um economista variam, em grande parte, pela área de atuação em que se encontra. Como qualquer profissão, de acordo com a área em que está inserido profissionalmente, as funções específicas do profissional variam, embora o objetivo principal seja sempre a manutenção da saúde financeira da empresa / organização em que trabalha.

Para saber exatamente o que faz um economista, e para saber também qual a área que mais o apaixona, vamos ver cada uma delas em detalhe. Confira!

Viabilidade de projetos

Muitas empresas ficam na dúvida se devem ampliar os seus negócios, ou se devem investir em novos produtos ou serviços. É nessa altura que se apoiam do trabalho dos economistas.

Com base no plano feito pela empresa, o profissional formado em economia elabora um estudo de mercado, estuda bem os recursos financeiros que a empresa dispõe, avalia a saúde financeira da empresa no presente, e qual será o retorno do investimento a ser feito, assim como o prazo para esse retorno chegar.

Orientação financeira

O profissional formado em economia também pode atuar na área da orientação financeira. Nesta área, o economista indica qual a melhor altura para a empresa, ou pessoa individual (pessoa física), fazer um determinado investimento.

Além disso, ele também orienta para os melhores tipos de financiamento, taxas de juros, entre outros.

Para poder aconselhar e orientar da melhor forma, é fundamental que o profissional conheça bem o mercado, assim como as suas variações.

Mercado Financeiro

Os economistas que trabalham no mercado financeiro são responsáveis por fazer estudos de mercado, assim como fazer o acompanhamento da economia nacional e internacional, de uma forma geral.

Auditoria

Para que as empresas consigam fazer uma gestão eficiente, é importante fazerem auditorias periódicas nos seus processos.

Ele avalia e identifica inconformidades e anormalidade, assim como analisa a saúde financeira da empresa. No final dessa avaliação, o economista aconselha a empresa a melhorar em determinados pontos, mas também aponta ações que devem ser tomadas pelos gestores.

Importação e Exportação

Ao atuar nesta área, o profissional deve acompanhar as mudanças na economia global, especialmente aquelas que possam ter interferência nos negócios da empresa em que atua.

Neste campo, é importante estar atento a variações de moeda, mudanças políticas e oscilações económicas em países que sejam parceiros de negócios.

Comércio Externo (Exterior)

Se optar por trabalha na área do comércio externo, deverá analisar a economia global e dos vários países, de forma comparativa com a economia nacional. Assim, consegue perceber quais as oportunidades de investimento que podem ser vantajosas nos mercados externos.

Saídas no Mercado de Trabalho

O mercado de trabalho para os economistas é muito favorável e bastante promissor. Sem dúvida, este é um profissional fundamental para o crescimento de todas as empresas, assim como é imprescindível para governos, instituições do Estado, e até ao nível pessoal, indicando os melhores investimentos a serem feitos.

Como é um profissional com conhecimentos vastos que permitem a análise de diversas situações e variações no mercado nacional e internacional, a maioria dos profissionais são escoados para empresas de grande porte, especialmente aquelas que estabelecem relações comerciais com outros países.

No entanto, empresas pequenas e médias também contratam estes profissionais para ajudar na gestão dos negócios, assim como nas decisões estratégicas.

Muitos profissionais de economia são contratados pelo poder público, pois o seu trabalho é imprescindível para manter as contas públicas em ordem, assim como para se tomarem as melhores decisões.

Os economistas também podem atuar como independentes, prestando serviços ocasionais para empresas e pessoas singulares.

A área académica é também uma das possibilidades, podendo dar aulas em universidades, ou fazendo cursos sobre gestão, entre outros assuntos relacionados com a sua área de conhecimento.

Como entrar na carreira de Economista

Para seguir a profissão de economista, é necessário concluir o curso universitário de economia.

Em Portugal, poderá tirar a licenciatura em Economia, a qual tem duração de 3 anos, e pode seguir para o Mestrado, o qual tem duração de 2 anos.

No Brasil, o bacharelado de Economia, ou Ciências Econômicas, tem uma duração de 4 anos, o qual tem disciplinas das várias áreas, desde as Ciências Exatas às Ciências Humanas e Políticas.

Onde estudar Economia

Portugal:

Brasil:

Se quer seguir a carreira de economista, então saiba que não podia ter escolhido melhor! Emprego certo, bons salários e reconhecimento social. Invista na sua formação e rume ao sucesso!

Partilhar:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima