Enfermagem

enfermagem

Enfermagem é uma ciência focada nos cuidados ao próximo e, ao mesmo tempo, uma arte de assistência ao ser humano. Qualquer definição é demasiado vaga para uma ciência tão vasta e que, sem dúvida, é essencial para a sociedade.

Outros nomes para esta profissão: Enfermeiro

  • Modalidades: Presencial
  • Ordenado Médio Mensal: 1000€ - 1500€
  • Empregabilidade: Média
  • Empregabilidade: Trabalho em Equipa
  • Disciplinas do Secundário/ensino médio: Biologia, Física, Geologia, Química
  • Idiomas: Inglês, Português

Desde a sua ligação primária aos nascimentos, até às múltiplas especialidades atuais, com toda a certeza, esta nobre profissão tem hoje um papel essencial nas ciências da saúde.

Este profissional de Saúde assume um papel fundamental para a sociedade, quer os imediatos, quer os cuidados continuados e paliativos.

Se quer saber mais sobre esta profissão, então continue neste artigo e descubra como é a vida de um enfermeiro, quais as suas funções, como pode entrar na carreira e quais as saídas no mercado de trabalho. Confira!

O que faz um Enfermeiro?

Um profissional desta área é um técnico superior com conhecimentos científicos, humanos, assim como conhecimentos técnicos, em todas as áreas da saúde, em termos de assistência e administrativos. O seu principal objetivo é prestar cuidados de saúde ao próximo.

Os profissionais de saúde podem exercer funções distintas, dependendo da sua área de especialização.

Existem algumas diferenças entre Portugal e Brasil, por isso vamos definir as funções destes profissionais nos dois países.

Em Portugal, o enfermeiro é um técnico superior da área da saúde, o qual pratica cuidados de enfermagem à sociedade em geral. Precisa de estar inscrito na Ordem dos Enfermeiros, pois é esta Ordem que regula e autoriza um enfermeiro a exercer a sua profissão.

No Brasil, um enfermeiro, além das funções já mencionadas, também pode prescrever medicamentos, assim como solicitar exames médicos complementares.

Segundo a publicação do Conselho Federal de Enfermagem, existem cerca de 60 especialidades no país, como por exemplo:

  • Saúde Colectiva; da Mulher; Mental; Indígena; do Adulto
  • Saúde Forense; Estética; Dermatológica; do Idoso
  • Terapia Nutricional e Nutrição Clínica
  • Sistematização da Assistência da Enfermagem

Em Portugal, as especialidades reconhecidas pela Ordem dos Enfermeiros são:

  • Enfermagem Comunitária;
  • Enfermagem Médico-cirúrgica
  • Reabilitação
  • Enfermagem de Saúde Infantil e Pediátrica; de Saúde Materna e Obstétrica e Mental e Psiquiátrica.

Quais as suas funções

Tendo em conta que o enfermeiro pode exercer várias especialidades, além das funções gerais, então ele tem funções específicas à sua área de atuação.

Um enfermeiro tem como funções, por exemplo:

  • Ajudar nas intervenções cirúrgicas
  • Fazer curativos e pensos, assim como respetiva monitorização
  • Administrar injetáveis
  • Avaliar a situação da vítima
  • Reabilitação
  • Estabelecer um elo entre a família do doente e a instituição
  • Coletar amostras

Sem dúvida, são diversos os cenários de atuação de um profissional desta área da saúde, desde os centro de saúde, às ambulâncias, passando pelas maternidades e casas de repouso. Um Enfermeiro é também responsável pelo registo dos dados do doente, bem como dos instrumentos médicos hospitalares. Eles também coordenam refeições, distribuição de medicação, assim como trabalhos técnicos.

Tendo em conta que este é um trabalho desgastante, então exige-se do profissional uma grande dedicação, e disponibilidade física e mental. Sem dúvida, além do esforço físico, é necessário ter uma grande força de espírito para lidar com pessoas doentes, à beira da morte, e com dores. Daí, a força psicológica ser essencial!

Saídas no Mercado de Trabalho

Os enfermeiros têm à sua disposição um vasto mercado, podendo exercer a sua atividade em hospitais, centros de saúde (posto de saúde), consultórios, clínicas, lares de idosos e, também, podem trabalhar na área da educação, lecionando em universidades, ou no ensino secundário (ensino médio), ou ensino profissionalizante (técnico).

Os enfermeiros portugueses, ou formados em Portugal, têm uma excelente reputação mundial. Sem dúvida, são dos profissionais mais gabados em todo o mundo, e isso faz-se sentir nas oportunidades de emprego que vão surgindo para os quatro cantos do globo!

Sendo assim, existem muitas portas abertas para estes profissionais que queiram procurar novas oportunidades de carreira em outros países, especialmente na Europa. O Reino Unido, por exemplo, é dos países que mais contrata enfermeiros portugueses, e são dos que mais elogiam estes profissionais.

No Brasil, além das tradicionais oportunidades de trabalho, tem ainda a Estratégia Saúde da Família (ESF), um modelo próprio que coloca muitos enfermeiros no mercado de trabalho.

Como entrar na carreira de Enfermagem

Para ser enfermeiro, precisa ter o curso de enfermagem. No Brasil, o curso bacharelado de enfermagem tem a duração de 4/5 anos e em Portugal, a licenciatura tem duração de 4 anos.

Durante o curso, os alunos deverão desenvolver as competências necessárias para o desenvolvimento da profissão, assim como conhecimentos sólidos na área da saúde, os quais permitam o exercício das funções com o máximo de segurança para os pacientes.

São várias as áreas de conhecimento abrangidas durante o curso superior, como por exemplo:

  • Psicologia
  • Antropologia
  • Comunicação
  • Anatomia
  • Bioquímica
  • Microbiologia
  • Genética
  • Métodos e Técnicas de Enfermagem
  • Investigação
  • Nutrição e Saúde
  • Desporto e Saúde
  • Bioestatística
  • Bioética
  • Entre muitas outras

Onde estudar Enfermagem

Portugal:

Brasil:

Sem dúvida, a enfermagem é uma opção de vida que necessita de uma disposição natural para ser um excelente profissional. Sendo uma ocupação por turnos e com horários flexíveis, então precisa de uma disponibilidade total para com a profissão.

Assim como em qualquer profissão, para sermos bons profissionais, é preciso gostar daquilo que fazemos. Sabemos que nem todos os dias são fáceis, nem sempre vamos ter vontade de trabalhar, mas o amor pela profissão faz com que sigamos em frente.

Sem dúvida, o desejo de cuidar, de ajudar, de servir, transforma o profissional num Super Herói sem capa. Se a saúde fosse um corpo, então a enfermagem era o coração, vital, que o mantinha vivo. Se sente que tem algo de especial, encara! Esta profissão é para você!

Partilhar:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima