Estivador

Estivador

Mais sobre a profissão

Modalidades:

Presencial, Ar Livre

Matérias relacionadas:

Educação Física Matemática

Idiomas:

Inglês, Português

O Estivador é um profissional dos portos marítimos que se dedica a carregar e descarregar navios nas docas. Trata-se de uma profissão bastante dura em termos físicos, mas também é bem remunerada.

Os portos marítimos têm um papel essencial na economia de diversos países, pois são essenciais para o transporte de mercadorias. Assim, a mão de obra destes locais não tem mãos a medir para que tudo funcione como deve ser!

Portanto, o Estivador é um dos mais essenciais trabalhadores portuários, uma vez que lhe cabe transportar as cargas que depois serão distribuídas pelos devidos destinatários.

A atividade exige muita paciência, já que pode ser bastante stressante e complicada. Mas também é muito dinâmica e, portanto, não há tempo para aborrecimentos!

Fica connosco para saberes tudo sobre a profissão…

O que faz um Estivador

O Estivador é uma peça fundamental na engrenagem da logística e da distribuição de mercadorias. O seu papel é, em termos simplistas, carregar e descarregar cargas de navios para serem levadas para armazéns ou centros de distribuição.

Assim, trata-se de uma profissão que exige força e agilidade, mas que também provoca um grande desgaste físico.

Apesar de haver equipamentos que auxiliam no trabalho, como as Empilhadeiras, uma boa parte das tarefas dependem da força manual.

Portanto, os Estivadores estão sujeitos a lesões, por exemplo, nas costas, pelas elevadas cargas que carregam e devido aos movimentos repetitivos.

Além disso, o trabalho pode ser perigoso, pois é preciso lidar com equipamento pesado. Mas também há grande tráfego de veículos nos portos, incluindo camiões e equipamentos industriais.

Deste modo, o Estivador precisa de seguir orientações à risca para assegurar que tudo corre bem. E ainda tem de ter muita prudência e respeito pelas normas de segurança.

Saber trabalhar em equipa é outro requisito fundamental.

Para lá disso, têm de estar preparados para trabalhar no exterior, seja ao frio ou à chuva, ou suportando dias de calor intenso. E podem ter de trabalhar aos fins-de-semana e nos feriados, e até em turnos durante a noite.

Quais as suas funções

O Estivador pode ter diversas funções dentro da sua atuação num porto. Assim, pode ter uma atuação mais operacional no âmbito do porão, movimentando as cargas no interior do navio.

Por outro lado, pode ter funções mais técnicas como Operador de Empilhadeira, Operador de Máquinas ou Operador de Grua, para mover os contentores entre áreas nas docas.

Mas o Estivador também pode ter funções de contramestre geral, sendo a “ponte” entre os trabalhadores, as empresas que operam no Porto e demais elementos.

Contudo, ainda pode ser contramestre de porão, coordenando os operários que atuam neste âmbito.

Algumas das tarefas executadas, independentemente das funções mencionadas, são as seguintes:

  • Prepara cargas e descargas
  • Faz a arrumação de cargas
  • Fixa cargas em navios
  • Opera máquinas e equipamentos
  • Inspeciona contentores para verificar danos
  • Trata da arrumação e limpeza geral das áreas de trabalho
  • Segue planos e orientações das embarcações
  • Cumpre as normas de segurança no trabalho
  • Participa em treinamentos de segurança.

Quanto ganha o Estivador

Esta é uma profissão que, apesar de não exigir qualificações superiores, é bem remunerada. É o pagamento justo pelo trabalho perigoso e exigente!

Os Estivadores trabalham muito e expõem-se a vários riscos. Portanto, estão entre os profissionais técnicos mais bem pagos. Mas, para isso, precisam de ter vários anos de experiência em funções.

Os ordenados iniciais podem ser menos apelativos.

Contudo, ainda assim, é uma área onde os Sindicatos de trabalhadores costumam ter muita força, pois um protesto pode condicionar de forma decisiva a economia.

Assim, é uma profissão bastante reivindicativa, o que assegura uma melhor defesa dos direitos e interesses destes trabalhadores.

Saídas no Mercado de Trabalho

Há muitas oportunidades para os Estivadores, uma vez que o mercado tem mais procura de mão-de-obra do que oferta.

Repara que, sendo uma profissão tão exigente, não há assim tantas pessoas interessadas no trabalho. Portanto, há sempre vagas a surgirem.

Mas essa falta de mão de obra também é boa para quem abraça a profissão, na medida em que aumenta os salários. É a lei da oferta e da procura!

As previsões dos especialistas indicam que a procura por Estivadores vai continuar a crescer nos próximos anos.

Como ser Estivador

Não existem critérios muito apertados para entrar na profissão de Estivador. Assim, em termos gerais, basta ser capaz de fazer o trabalho!

Portanto, ter o ensino médio completo é o necessário para a função. Assim, não precisas de demorar anos a tirar um curso universitário.

Mas é sempre boa ideia ter uma formação em Segurança e Saúde no Trabalho Portuário. Muitas vezes, as próprias entidades empregadoras fornecem essa formação aos novos trabalhadores.

Contudo, pode haver critérios específicos que mudam conforme os países, ou até conforme os portos e a sua localização.

No Brasil, também é preciso ter o Atestado de Saúde Ocupacional (ASO) atualizado, para confirmar que se está apto para a profissão.

Também é importante ter a Carta de Condução e se tiveres experiência na operação e reparação de equipamentos pesados será uma mais-valia importante.

Onde estudar para Estivador

Há alguns cursos para formar Estivadores que são promovidos pelas próprias autoridades portuárias. Portanto, são uma boa escolha para quem quer ter uma formação idónea.

Mas também há entidades que promovem cursos de Segurança Portuária que, como já dissemos, são importantes para evitar acidentes indesejáveis.

Assim, fica com os seguintes links para começares a tua busca pela formação certa para ti…

Portugal:

Brasil:

Depois de teres entendido o que faz um Estivador e quais são as exigências e os desafios da profissão, tens de ponderar se tens o que é preciso para abraçar a profissão. Achas que é o que te vai fazer feliz? Ficamos a torcer pelo teu sucesso.

Contudo, se continuas com dúvidas sobre o que queres para o teu futuro, busca alternativas no Simulador de Profissões – para chegares à escolha perfeita de acordo com as tuas preferências.

Partilhar Post

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Scroll to Top