Fotojornalista

Fotojornalista

Mais sobre a profissão

Modalidades:

Presencial, Ar Livre

Matérias relacionadas:

Multimédia Oficina de Artes

Idiomas:

Inglês, Português

O Fotojornalista é o profissional que relata notícias através da imagem. Assim, o Fotojornalismo é uma mistura entre Jornalismo e Fotografia. Portanto, implica uma sensibilidade especial para captar os momentos importantes.

É costume dizer-se que uma imagem vale por mil palavras! A frase aplica-se na perfeição ao Fotojornalismo. Essa área é essencial no mundo do Jornalismo, pois as fotografias são, muitas vezes, a prova da notícia.

Deste modo, o Fotojornalista é um jornalista em si mesmo, mas que capta o mundo através do olhar criativo e da lente da câmara.

A profissão exige capacidades especiais para perceber os eventos e para os enquadrar da forma certa. Assim, num disparo e numa fração de segundo, é preciso captar a essência do acontecimento.

Mas vem saber tudo dessa profissão que é essencial na nossa sociedade.

O que faz um Fotojornalista

O Fotojornalista tira fotografias. É isso mesmo, mas não é só isso! Repara que ser Fotojornalista não é bem como ser Fotógrafo.

O profissional de Fotojornalismo tem preocupações informativas, ou seja, pensa na imagem na perspetiva da história que ela pode contar. Portanto, não é apenas um documento artístico e bonito. As fotografias que tira são relevantes no âmbito de uma notícia.

Assim, podemos dizer que o Fotojornalista conta histórias através de imagens. Mas, além disso, também tem de editar essas imagens.

Outrora, os Fotojornalistas fechavam-se em câmaras escuras para revelar os negativos das suas fotografias. Hoje em dia, com o avanço da tecnologia, esse processo é muito mais fácil.

Deste modo, é tudo feito no computador, desde a edição à seleção das imagens. É preciso escolher a imagem certa para ilustrar a notícia em causa.

Qualquer que seja o meio onde trabalhe, seja na imprensa escrita ou em sites de informação, esse processo é sempre igual.

A nossa história está marcada por grandes fotografias que captaram eventos trágicos, guerras ou de incidentes marcantes. Portanto, o Fotojornalismo é o grande aliado do Jornalismo.

Veja nesse vídeo o fotojornalista brasileiro Jorge Araújo a falar sobre a profissão…

Quais as suas funções

Um Fotojornalista tem de estar sempre disponível para sair em reportagem. E, por vezes, pode ter de passar longas horas a acompanhar um dado evento, em busca da imagem certa.

Assim, se procuras um trabalho certinho, com um horário das 8 às 6, esta não é a área certa. Mas se buscas uma atividade imprevisível e com novas descobertas, e novos ambientes, todos os dias, chegaste à profissão ideal!

Contudo, tens também de perceber que o Fotojornalismo pode implicar alguma dose de perigo, conforme o tipo de trabalhos e de órgãos de informação envolvidos.

Tipos de Fotojornalismo

Um Fotojornalista pode atuar em diversos âmbitos, o que dita as condições e o tipo de trabalho que realizará. Fica a conhecer, de seguida, alguns destes âmbitos:

  • Social – registo dos problemas da sociedade, como protestos, guerras, condições de vida de bairros ou grandes desastres naturais.
  • Policial – fotografias de ações policiais e militares, por exemplo, em protestos, em favelas ou em bairros complicados.
  • Retrato – imagens de pessoas importantes, no âmbito de entrevistas, por exemplo.
  • Cultural – podem ser fotos de concertos e festivais, de teatros e estreias de cinema, ou até de eventos culturais e tradições de certas populações.
  • Fotodocumentário – neste género, conta-se uma história através de imagens, sem que seja necessário o texto de um Jornalista Digital, por exemplo. Portanto, as imagens valem por si mesmas como fio condutor de uma ideia.
  • Features – são imagens tão fortes e simbólicas que valem como notícia de forma isolada, não precisando de texto para descrever a sua emoção. É uma forma mais artística de Fotojornalismo e que tem marcado grandes fotografias históricas.
  • Ilustrações fotográficas – são usadas para as manchetes ou para matérias em que não há imagens óbvias, como é, por exemplo, o caso de escândalos financeiros.

Quanto ganha um Fotojornalista

Os valores pagos na profissão são muito variáveis conforme o tipo de órgão de informação com que se colabore. Mas também a experiência do profissional conta.

Repara que os grandes nomes do Fotojornalismo têm um estatuto que lhes permite negociar melhores salários.

Contudo, também há muitos Fotojornalistas que trabalham como freelancers. Portanto, fazem um investimento pessoal para depois ganharem dinheiro com as suas melhores fotos. Muitas vezes, é uma questão de sorte: estar no lugar certo à hora certa!

Mas essa profissão é, sobretudo, uma paixão. Assim, deves focar-te em dominar a arte da fotografia e em conhecer bem a atualidade para vingares na área!

Saídas no Mercado de Trabalho

Os Fotojornalistas podem trabalhar em agências de notícias ou em agências de fotografia. Mas também podem ter ligações contratuais a revistas e a jornais.

Nos últimos tempos, surgiram mais oportunidades para esses profissionais no setor digital. Assim, podem igualmente colaborar com sites de informação.

Contudo, muitos trabalham como freelancers, o que lhes permite colaborar com vários media ao mesmo tempo. Esta opção pode até exigir mais trabalho e mais empenho, mas também é mais rentável.

O que é certo é que o Fotojornalismo continua a ser muito relevante no mundo das notícias.

Como entrar na carreira de Fotojornalista

Não é obrigatório ter um curso de Fotojornalista para trabalhar nesta área. Contudo, é essencial ter capacidades e conhecimentos técnicos de fotografia.

Além disso, é preciso também conhecer a atualidade diária e ter uma noção geral do que está acontecendo pelo mundo.

Apesar de a formação ser sempre importante, na área do Fotojornalismo o mais relevante é a prática. Portanto, precisas de treinar muito para seres bom no teu trabalho.

Assim, podes começar por trabalhar como freelancer, propondo as tuas imagens aos órgãos de informação. Mas também podes procurar vagas de estágios para dares os primeiros passos na carreira.

Em alguns cursos, o estágio faz parte do programa, o que pode abrir-te as portas do mercado de trabalho.

Deste modo, a melhor forma de começares uma carreira como Fotojornalista é mesmo procurando uma boa formação. O ideal são os cursos profissionais que têm uma vertente mais prática.

Além disso, deves empenhar-te em criar um portefólio próprio de imagens, apostando na diversidade. Assim, terás forma de mostrar o que vales nas entrevistas de emprego.

Como ser Fotojornalista no Brasil

Além da formação e da experiência, um Fotojornalista também deve cumprir certos requisitos.

Assim, precisa de ter a Credencial da Associação de Imprensa Nacional (AIN), o que lhe permite entrar em conferências, eventos desportivos e outros acontecimentos.

Contudo, o Fotojornalista não é obrigado ter a Carteira Nacional de Jornalista. Apesar disso, o Registro Profissional é uma proteção para exercer a profissão em todo o Brasil.

Como ser Fotojornalista em Portugal

Em Portugal, um Fotojornalista também não precisa de ter a Carteira Profissional de Jornalista. Porém, deve também ser portador de um passe de Imprensa para aceder a certos eventos. Assim, deves registar-te na Comissão da Carteira Profissional de Jornalista (CCPJ) como Colaborador.

Desse modo, terás acesso a um Cartão de Identificação que te permitirá trabalhar em certos eventos. Os jogos de futebol são um bom exemplo onde isso se aplica.

Nesse tipo de situações, os Fotojornalistas usam um colete de imprensa. Assim, ficam mais protegidos, por exemplo, quando há conflitos e pessoas detidas pela polícia.

Onde estudar Fotojornalismo

Há vários cursos de Fotojornalismo focados numa vertente prática e são a escolha ideal para quem quer aprender esta área.

Contudo, também podes estudar Fotografia desde que melhores o teu olhar “jornalístico”.

Aliás, também há quem faça uma graduação em Jornalismo e depois estude Fotografia.

Portanto, deves escolher o caminho mais interessante de acordo com as tuas preferências.

Mas deixamos-te aqui alguns links que te podem ajudar a fazer a escolha certa!

Portugal:

Brasil:

Agora que aqui chegamos, já percebeste que o Fotojornalismo é um estilo fotográfico que tem como objetivo informar as pessoas. Mas achas que tens o que é preciso para ser Fotojornalista? Se estás certo de que sim, segue em frente. Estuda, prepara-te e treina muito! Ficamos a torcer pelo teu sucesso.

Porém, se continuas na dúvida, espreita os nossos Testes Vocacionais para encontrares outras profissões ajustadas ao teu perfil.

Partilhar Post

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Scroll to Top