Geoquímico / Geoquímica

Geoquímica - Geoquímico

Mais sobre a profissão

Modalidades:

Presencial, Ar Livre

Matérias relacionadas:

Geografia Geologia Química

Idiomas:

Inglês, Português

A Geoquímica é a ciência que aplica os princípios da Química às questões que são abordadas pela Geologia. Portanto, a missão do Geoquímico é entender os fenómenos químicos que estão associados aos processos geológicos que dão forma à Terra.

O principal objeto de estudo da Geoquímica são as rochas e os minerais. Mas o Geoquímico também se dedica a estudar a composição da crosta e do manto terrestres e dos elementos químicos que os compõe.

Deste modo, pode-se entender melhor a forma da Terra e como é que o planeta se formou. O Geoquímico tenta, portanto, perceber os fenómenos químicos dos processos geológicos que ocorrem no ambiente.

Porém, também tenta identificar e analisar os elementos que existem na natureza, bem como os compostos químicos e isótopos em ambientes geológicos. Estes processos podem ajudar a perceber a origem, a idade e a estrutura da Terra e do nosso universo no seu todo.

É uma ciência que se cruza com a Geologia e com a Química e que pode ter várias aplicações. Mas fica connosco para saber tudo!

O que é a Geoquímica

A Geoquímica é o estudo da química do nosso planeta – ou, de uma forma mais científica, o estudo da composição química da Terra.

Contudo, também inclui o estudo do Sistema Solar e dos planetas, embora este âmbito seja o campo privilegiado da Astroquímica.

Mas em termos da Geoquímica, é a ciência que analisa a origem e a evolução das rochas e dos minerais. Porém, também estuda os fenómenos naturais, como, por exemplo, os ciclos de carbono, os isótopos, o nitrogénio, o fósforo e o enxofre.

Além disso, analisa as reações e os processos químicos que ajudam a compreender como foram formados os solos e as rochas. Todavia, ainda estuda a forma como os componentes químicos terrestres interagem com a atmosfera e a hidrosfera.

A Geoquímica pode dividir-se em várias áreas fundamentais, como por exemplo:

  • Sedimentar
  • Orgânica
  • Ambiental
  • Prospeção Geoquímica
  • Isótopos
  • Biogeoquímica.

Cada uma destas áreas corresponde a uma vertente específica desta ciência tão complexa e envolvente.

O que faz um Geoquímico

Um Geoquímico é uma espécie de Geólogo, mas que também usa técnicas e princípios típicos do Químico. Portanto, faz uso dos procedimentos destas duas ciências.

Assim, a maior parte do trabalho decorre no terreno, ao ar livre. Os Geoquímicos viajam de forma constante para estudarem locais e recolherem amostras para análise. Isto pode implicar fazer muitas caminhadas pela natureza e podem até ter de escalar para alcançarem os locais de estudo.

Mas também fazem pesquisas em laboratórios. Alguns dos seus trabalhos de investigação são feitos em equipa com outros cientistas.

No seu trabalho, um Geoquímico pode ter de estudar o interior de vulcões, ou a sua superfície, ou ainda entrar em minas para avaliar os seus impactos ambientais e propor soluções de desmantelamento. Mas também pode ter de estudar meteoritos.

Porém, a redução, ou reparação, dos efeitos do impacto humano no meio ambiente é uma das grandes áreas de intervenção dos Geoquímicos. Mas a Geoquímica também ajuda a criar tecnologia verde.

A poluição ambiental e da água, o aquecimento global, o efeito de estufa e o buraco de ozono são outras áreas de estudo da Geoquímica. Mas também existem Geoquímicos que estudam a qualidade das águas subterrâneas para avaliar se podem ser um perigo para a saúda humana.

Há ainda a prospeção Geoquímica de petróleo que é outra vertente deste trabalho, com o intuito de descobrir e de extrair este combustível fóssil com o menor impacto ambiental possível.

Quais as suas funções

O trabalho de um Geoquímico tem uma forte componente de pesquisa, como já vimos. Mas também exige muita intuição para desvendar os mistérios geológicos com a razão e a lógica.

Mas as funções de quem trabalha nesta área podem ser muito variados, dependente bastante da área de intervenção do profissional de Geoquímica.

Assim, se se empenhar na exploração Geoquímica, a sua missão será pesquisar substâncias comuns na superfície da Terra, como, por exemplo, gás e petróleo, mas também minerais, carvão e minérios.

Esta área envolve perfurações e grandes impactos ambientais, mas também tem uma importância económica estratégica.

Portanto, estes Geoquímicos precisam de testar rochas, gases e sedimentos em rios e lagos para avaliar a presença de tais substâncias, ou ainda de ouro, prata, cobre e pedras preciosas.

Mas outra vertente da Geoquímica é a ambiental que se dedica, entre outras funções, à reparação de solos contaminados, à melhoria da qualidade da água e à remediação dos impactos de minas.

Contudo, existe ainda a Geoquímica de minerais e rochas que passa pela caracterização destes componentes, nomeadamente quanto às suas propriedades físicas, mecânicas e químicas.

Áreas de pesquisa em Geoquímica

Em termos amplos, podemos dividir a Geoquímica em diversas áreas de investigação, tais como:

  • Prospeção de petróleo
  • Bacias sedimentares
  • Poluição Ambiental das águas
  • Tratamento de efluentes
  • Pesticidas no meio ambiente
  • Contaminação e atividade mineira
  • Recursos hídricos subterrâneos
  • Caracterização de rochas e minerais
  • Geologia de terrenos vulcânicos
  • Estudo de idades de rochas e eventos geológicos.

Quanto ganha um Geoquímico

Os ordenados neste setor podem variar muito em função de diversos aspetos. A área profissional, bem como o tipo de empresa onde se trabalhe, são muito relevantes para a formação do salário.

Mas também é preciso contar com a experiência, a formação e o potencial do próprio Geoquímico. Repara que, na área científica, um profissional pode precisar de vários anos para afirmar o seu mérito.

Assim, tens de investir na formação, mas também em investigações relevantes para conquistares o teu lugar ao sol!

Saídas no Mercado de Trabalho

Os avanços tecnológicos vividos nos últimos anos permitiram à Geoquímica crescer muito. Atualmente, com as ferramentas modernas, esta ciência consegue atingir patamares outrora impensáveis.

Deste modo, os Geoquímicos também foram conquistando mais espaço no mundo, até com o crescimento da importância das Geociências. Por isso, é uma área em ascensão.

Em termos de saídas profissionais, os especialistas de Geoquímica podem trabalhar no setor público, por exemplo, em agências ambientais.

Mas também têm oportunidades no setor privado, nomeadamente em empresas que fazem estudos geológico–mineiros e ambientais. As empresas petrolíferas são também uma boa saída para quem sonha ser Geólogo de Petróleo.

A investigação científica é outra possibilidade para os Geoquímicos, tanto ao nível privado como público.

Porém, estes profissionais ainda podem dar aulas.

Como entrar na carreira de Geoquímico

Na maior parte das vezes, os Geoquímicos têm a graduação em Geologia, com uma especialização posterior em Química.

Contudo, até podem começar por fazer formação em qualquer outra área das chamadas Geociências ou até da Matemática. Neste caso, ter uma especialização em Geoquímica será fundamental.

Para aceder a um mestrado em Geoquímica, é possível ter formações que vão da Geologia à Biologia, passando pela Química até à Engenharia Ambiental, entre outras.

Mas é preciso ter conhecimentos sólidos em Química e em Geologia. Além disso, é importante dominar Matemática, Geografia e até Inglês.

A Geoquímica é uma ciência que envolve tantos campos distintos que se deve apostar numa especialização em alguma área. Podes, por exemplo, escolher a Geoquímica Experimental, as Ciências do Ambiente, a Hidrogeologia ou a exploração mineira, entre outras.

Para lá disto tudo, tens mesmo de gostar de atividades ao ar livre.

Onde estudar Geoquímica

Há vários cursos em Geoquímica que podem ser ótimos para quem quer seguir esta área. Mas fazer uma formação de base em Geologia também é uma boa aposta, para depois apostar num mestrado ou numa pós-graduação em Geoquímica.

Não há um caminho certo. Portanto, cabe-te a ti fazeres a escolha ideal para o teu perfil.

Para te ajudar, deixamos-te os seguintes links para começares a tua busca…

Portugal:

Brasil:

Depois de teres lido tudo isto sobre o que faz um Geoquímico, já sabes se é o caminho que queres seguir? A Geoquímica é uma área tão desafiante como complexa e, portanto, tens mesmo de ter a certeza de que é a tua praia. Estás preparado para o desafio? Segue em frente, com confiança. Torcemos pelo teu sucesso!

Se continuas com dúvidas, procura inspiração no Simulador de Profissões que te vai apresentar várias alternativas adequadas ao teu perfil.

Partilhar Post

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Scroll to Top