Gamer

Gamer

Mais sobre a profissão

Modalidades:

Teletrabalho

Ordenado Médio Mensal:

2000€ - Máximo

Empregabilidade:

Baixa

Disciplinas do secundario:

Informática

Idiomas:

Inglês

O Gamer profissional é a pessoa que ganha a vida a jogar videogames ou videojogos. Mas é mais do que apenas diversão e é considerada uma profissão de futuro.

Vem saber tudo connosco!

A indústria dos videogames movimenta milhões todos os anos e é uma verdadeira mina de ouro. Mas o mercado continua a crescer todos os anos. Vendem-se cada vez mais videojogos ao redor do mundo e, portanto, a profissão de Gamer está também em ascensão.

Trata-se de uma excelente forma de aliar a paixão pelos jogos digitais com uma carreira profissional. É o sonho de muitos jovens que pode bem tornar-se realidade.

A “febre” das consolas e dos games por todo o planeta e o avanço das tecnologias contribuíram para criar esta nova profissão. Contudo, já não é apenas uma coisa dos filmes e cada vez mais pessoas, homens e mulheres, têm como emprego o mundo do Gaming.

O entusiasmo que os videogames criam ajuda muito a explicar o fenómeno, bem como a alimentar o sucesso desta indústria.

Mas continua a ler para saberes tudo sobre este trabalho tão peculiar – e excitante!  

O que faz um Gamer

O Gamer profissional é também conhecido por pro-player e ganha a vida a jogar videogames. Mas também pode ensinar outros a jogarem ou até testar jogos.

Contudo, uma das suas principais tarefas é participar em campeonatos de videojogos, onde se podem ganhar excelentes prémios.

A carreira é levada muito a sério pelos Gamers mais conhecidos do mundo, pois também lhes garante excelentes ganhos. Assim, treinam durante vários dias e várias horas, pois também é um mundo muito competitivo.

Portanto, passam muito do seu tempo a desenvolver técnicas e estratégias para serem melhores do que os adversários. Mas, pelo caminho, também podem fazer vídeos para o YouTube e até escrever resenhas ou críticas de videogames. Há várias formas de ganhar dinheiro nesta atividade.

A profissão implica, muitas vezes, ter uma legião de seguidores e de fãs, pois quanto melhor for o Gamer, mais conhecido se tornará. Essa fama também ajuda a aumentar as rendas dos jogadores profissionais. Alguns têm contratos de patrocínio com marcas conhecidas que chegam a atingir valores superiores aos dos grandes jogadores de futebol.

Quais as suas funções

As funções de um Gamer podem variar conforme o tipo de trabalho que tenha. Há alguns jogadores profissionais que têm contratos com empresas e, portanto, podem ter que cumprir certas regras e rotinas.

Há Gamers que vivem em casas geridas por patrocinadores ou pelas empresas que os contratam e que ditam um pouco o seu dia-a-dia. Assim, a rotina pode implicar sessões de orientação e de análise de partidas dos adversários, bem como conversas de estratégia com técnicos especializados para melhorar o seu jogo.

Nalguns casos, os Gamers têm acompanhamento psicológico e são incentivados a irem ao ginásio, além de terem momentos de lazer longe dos computadores.

Contudo, muitos têm horários flexíveis, acordando pelas 11 da manhã e só terminando o dia já de madrugada! Pelo meio, passam longas horas em frente ao computador, jogando e treinando muito. A profissão pode exigir até 12 horas de prática diária!

Assim, a rotina de trabalho pode ser intensa, mas, na verdade, é também um prazer para quem adora Gaming.

Em termos de funções do trabalho em si, dependem muito do tipo de Gamer. Mas, em termos gerais, podemos dividi-las nas seguintes grandes áreas:

  • Testador de qualidade (a testar videogames para o Design de Jogos para detetar falhas)
  • Testador de jogo (para verificar se os jogos vão agradar aos consumidores)
  • Jogador profissional (participando em torneios).

Quanto ganha um Gamer

Em países como EUA e Coreia do Sul, há Gamers que recebem salários fixos. Contudo, na maior parte do mundo, os rendimentos dos jogadores profissionais de videogames são variáveis.

Assim, os ganhos dependem, por exemplo, dos prémios que podem receber em torneios de videojogos. Em algumas competições, esses prémios podem ser superiores a 100 mil dólares.

Em 2019, o Gamer norte-americano Ninja ganhou 17 milhões de dólares (mais de 88 milhões de reais ou quase 15 milhões de euros), sendo o Gamer com mais lucro nesse ano. É preciso dizer que muito desse dinheiro foi conseguido com publicidade e patrocínios.

Além disso, os Gamers também podem ganhar dinheiro com canais no YouTube e na plataforma de streaming de videojogos Twitch.

Os mais famosos ainda podem vender produtos como, por exemplo, coleções de roupa própria. Mas, nesse caso, precisam de ser bem famosos.

As redes sociais são outra fonte de rendimentos para os Gamers com mais seguidores.

Em termos de ganhos, jogos como o Counter-Strike: Global Offensive, Fortnite e League of Legends estão entre os que dão mais dinheiro a ganhar aos Gamers profissionais.

Saídas no Mercado de Trabalho

Os chamados eSportes, ou seja, os esportes eletrónicos, cresceram muito nos últimos anos. E atualmente, os videogames movimentam mais 160 biliões de dólares, sendo já um mercado mais lucrativo do que o cinema, por exemplo.

Este sucesso faz com que os Gamers profissionais também encontrem cada vez mais espaço para ganhar dinheiro e trabalhar nesta área. Assim, ser Gamer é uma profissão de futuro. Até porque o mercado dos games continua a crescer, todos os anos, em todo o mundo.

Além disso, há um crescente número de grandes marcas a patrocinarem torneios de Gaming, pelo que os prémios também vão sendo mais elevados. A Major League Gaming (MLG) é uma das maiores competições de Gaming do mundo.

Por outro lado, também há “olheiros” na Internet que, tal como o Olheiro de Futebol ou o Scouter de Moda, procuram os novos talentos do Gaming. Essa é uma forma de recrutar os melhores para a área.

O mercado publicitário e dos patrocínios é outro setor interessante nesta área, pois os Gamers precisam sempre dos melhores equipamentos para os torneios. Assim, é muito frequente que recebam apoios de empresas especializadas, sobretudo se tiverem sucesso nas redes sociais.

Como entrar na carreira de Gamer

Adorar videojogos é o primeiro passo e fator obrigatório para ser Gamer profissional. Sei isso será impossível conseguir o entusiasmo e o empenho necessários para vingar nesse mundo.

Mas também é importante conhecer outros jogadores e até fazer parte de comunidades virtuais, com outros Gamers. Essa rede de contactos pode ajudar-te a entrar na indústria dos videogames.

Além disso, deves escolher um jogo e tornar-te especialista nele. Assim, aprenderás todos os truques e estratégias de tal forma que sejas um expert imbatível. A partir daí poderás fazer vídeos, por exemplo, com tutoriais de como jogar.

Vê que é também importante construir uma reputação como Gamer na Internet, pois isso vai trazer-te publicidade e dinheiro. Podes sempre usar o YouTube para criar um canal de jogos e, portanto, para te afirmares como um especialista no assunto.

Um dos Gamers mais conhecidos é PewDiePie, um sueco que se tornou no maior youtuber do mundo com o seu canal dedicado aos videojogos. Repara que foi com o YouTube que ele se tornou milionário!

Aposta no Twitch, um site de streaming de videogames

Contudo, há também o Twitch, um site de streaming que é uma referência online na transmissão de videogames. Portanto, abrir uma conta na plataforma é quase obrigatório para um Gamer!

Além disso, o Twitch tem um programa de parcerias que paga por visualizações e por assinantes novos. Mas os jogadores também podem ganhar dinheiro com os seus canais, através da publicidade que aparece nos seus conteúdos, tal como acontece no YouTube.

A fama obtida em plataformas como o YouTube e o Twitch também ajuda a conseguir patrocinadores.

Para lá destas dicas, deves investir em equipamentos bons e treinar muito! Quanto melhor fores no Gaming, mais hipóteses terás de vingar no setor dos games digitais.

Onde estudar para Gamer

A profissão de Gamer passa muito pela aprendizagem autodidata. Isso significa que os jogadores profissionais jogam muito, assistem a vídeos sobre games e às partidas de outros Gamers.

Mas também precisam de estar sempre a estudar para conhecer as novas técnicas, a mecânica e a dinâmica dos videojogos. Contudo, não há propriamente cursos que ensinem alguém a tornar-se Gamer.

Assim, a melhor forma de aprender é praticando, mas também procurando saber tudo sobre o universo dos videogames. Para isso, deixamos-te de seguida algumas opções de ensino…

Portugal:

Brasil:

Está visto que ser Gamer profissional é uma profissão de futuro e que pode render bons ganhos. Mas também é uma atividade exigente e muito competitiva que requer muito treino e muitas horas de entrega. Tens o que é preciso para triunfar neste mundo? Estamos a torcer pelo teu sucesso!

Partilhar Post

Deixa o teu testemunho

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Scroll to Top