Lutador de Kickboxing

Lutador de Kickboxing

Resumo da profissão

Modalidades:

Presencial

Matérias relacionadas:

Educação Física Psicologia

Idiomas:

Inglês, Português

O Kickboxing é um desporto de combate de “full contact”, ou seja, de contacto direto, que se baseia em golpes de pés e mãos. Portanto, o Lutador desta modalidade precisa de uma grande preparação física e mental.

A prática do Kickboxing é feita por algumas pessoas como uma forma de aprender defesa pessoal, ou ainda para manutenção da forma física. E é, certamente, uma modalidade boa para esses dois objetivos.

Mas também se trata de um desporto de contacto quer vem ganhando dimensão a nível mundial.

O Lutador de Kickboxing combina golpes de Boxe e de algumas artes marciais. Mas, ao contrário destas, não inclui aqueles rituais típicos do Oriente, assemelhando-se mais a uma luta de rua.

Apesar disso, o desporto tem regras muito específicas, além de exigir rigor e disciplina.

Mas continua a ler para saberes tudo sobre o KickBoxing como profissão…

O que faz um Lutador de Kickboxing

O Kickboxing combina técnicas de várias outras artes marciais e de combate, como, por exemplo, o Muay Thai, o Jiu-Jitsu, o Karaté, o Taekwondo e o Boxe.

De resto, as origens da modalidade estão ligadas ao Muay Thai, a partir do qual se terá desenvolvido para se tornar num desporto competitivo.

Essa fase inicial de competição arrancou por volta dos anos de 1970, nos EUA, quando se começaram a organizar torneios de lutas “full contact”.

Kickboxing ou “full contact”

Aliás, o Kickboxing ainda hoje é conhecido, simplesmente, por “full contact”, o que reforça também o seu espírito de luta corpo a corpo.

Mas, outrora, já foi chamado de “full contact Karaté”, uma vez que, na sua fase inicial, também teve origens nesta arte marcial. Porém, gradualmente, foi-se afastando dessa vertente mais ligada ao Karaté.

A modalidade exige muita resistência física e muscular, bem como excelente coordenação e ótimos reflexos. Portanto, os treinos dos Lutadores são muito intensos, o que requer o acompanhamento de um Preparador Físico, bem como de um especialista de Nutrição.

Mas para estar apto para lutar no tatame, o Atleta Profissional tem de combinar treinos específicos de Kickboxing com sessões de musculação e de outro tipo de preparação no ginásio.

Contudo, ainda precisa de ser muito organizado e disciplinado, para poder treinar intensamente e ultrapassar obstáculos. Vê que é uma questão de treinamento físico e técnico, mas também mental. O fator psicológico pode ser o diferencial que leva, ou não, às vitórias.

Urquidez vs Jackie Chan na mais épica luta de Kickboxing

Uma das mais famosas lutas de sempre de Kickboxing acontece no filme “Wheels on Meals” (“Detonando em Barcelona” no Brasil e “Pancadaria Chinesa” em Portugal). Nessa trama de Hollywood, Jackie Chan luta com Benny “The Jet” Urquidez, ex-campeão de Kickboxing e um dos pioneiros dos combates de “full contact” nos EUA, num momento épico.

Urquidez participou em vários filmes de Hollywood, por exemplo, também ao lado de Jean-Claude Van Damme. Além disso, coreografou algumas cenas de combate do mundo do cinema.

Mas recorda essa “luta” entre Urquidez e Jackie Chan no filme de 1984…

Quais as suas funções

A World Association of Kickboxing Organization (Wako) é a principal representante deste desporto de combate e, portanto, é quem determina as normas da modalidade.

Trata-se de um desporto de combate menos cerimonioso do que outros, ou seja, sem grandes rituais. Contudo, também tem graduações, com os praticantes a começarem na faixa branca e a chegarem à preta.

Atualmente, o Kickboxing integra o universo das chamadas Artes Marciais Mistas ou MMA, sendo utilizada por muitos Lutadores no âmbito destas provas.

Modalidades de Kickboxing

Podemos dividir o Kickboxing em várias modalidades distintas. Vamos dar-te de seguida a lista das principais, segundo a divisão feita pela Confederação Brasileira de Kickboxing (CBK):

  • Full Contact – usa técnicas do Boxe tradicional e pontapés que podem atingir o adversário da cintura para cima.
  • Semi Contact – mistura técnicas controladas com parados, com os golpes definidos a cada ponto.
  • Light Contact – usa técnicas contínuas para atacar o rival o máximo de vezes possíveis, à maior velocidade e com o mínimo de força.
  • Low Kicks – é idêntica ao Full Contact, mas usa pontapés às pernas do adversário, tendo como referência a linha do joelho para cima.
  • K1 Rules – combate de contacto pleno com técnicas de Full Contact e de Low Kicks, incluindo ainda golpes giratórios, projeções e joelhadas.
  • Musical Forms – é a versão coreografada da modalidade, consistindo em fazer os movimentos tradicionais da luta ao som de música e com recurso, ou não, a armas.

Boxe vs Kickboxing

O Kickboxing usa técnicas do Boxe, mas são duas “artes” de combate bem distintas. Repara que os Pugilistas não podem dar pontapés, usando apenas as mãos para atingir o adversário.

Pelo contrário, o Kickboxing mistura golpes de mãos e de pés. Mas a base técnica do Boxe é essencial para um Lutador de Kickboxing, pois precisa de saber se esquivar, balançar o corpo e mexer bem os pés como um verdadeiro Muhammad Ali!

Kickboxing vs Muay Thai

De uma forma bem simples, podemos dizer que o Kickboxing é como o Muay Thai, mas sem cotoveladas e joelhadas na cabeça.

Além disso, no Muay Thai, a movimentação do corpo e o desferir de golpes letais é mais essencial. O Kickboxing é um desporto de combate que assenta mais na resistência e na estratégia.

Quanto ganha um Lutador de Kickboxing

Os valores ganhos no mundo do Kickboxing podem variar muito conforme a experiência, a capacidade, estatuto e a popularidade do Lutador.

Habitualmente, os Lutadores são pagos por cada combate realizado. Assim, um Atleta tanto pode ganhar 500 dólares (cerca de 400 euros ou 3 mil reais) por um combate ou mais de um milhão (quase 900 mil euros ou mais de 6 milhões de reais).

Essa é a diferença entre as estrelas da luta e os desconhecidos. Mas os principais Lutadores de Kickboxing ainda podem ter patrocinadores interessantes que lhes podem garantir mais algum bom dinheiro.

Contudo, se compararmos com um desporto como o Boxe, por exemplo, os Pugilistas no topo da carreira podem ganhar mais dinheiro em geral.

Saídas no Mercado de Trabalho

Viver do Kickboxing como profissão é um sonho que só alguns podem chegar a realizar. Somente uma elite de Lutadores consegue viver a 100% da atividade e esses são os que fazem as grandes lutas e conseguem os prémios chorudos, e os melhores patrocínios.

Mas a maioria dos Lutadores sofre um pouco até conseguir um bom patrocínio. E isso pode acontecer até com Atletas que representam as Seleções dos seus países, o que leva a alguns a serem criativos para conseguirem pagar os seus treinos para as grandes competições.

Se formos olhar para o setor feminino da modalidade, que ainda tem menor visibilidade, as coisas são ainda mais difíceis.

Portanto, muitos Lutadores de Kickboxing são obrigados a terem uma outra profissão para poderem pagar os treinos e a preparação para os combates. Isso implica ir treinar bem cedo de manhã e depois ir para o emprego, voltando a fazer mais um treino ao fim do dia. É duro!

Assim, enveredar pelo Kickboxing como profissional exige um compromisso muito grande com a modalidade. Além disso, é preciso ter muita paixão e foco no objetivo de vencer.

Como ser Lutador de Kickboxing

A entrada no mundo do Kickboxing exige um excelente conhecimento de artes marciais e de Boxe, mas também requer muita disciplina de treino. Assim, tens de ter essa motivação contínua de melhorar e melhorar, de ficar sempre mais forte e preparado.

Além dessa questão mental, também é preciso saber lidar com a pressão e ter uma ótima capacidade de decisão. Quando estiveres no tatame, terás de agir sem pensar duas vezes, para poderes defender-te ou antecipar-te ao adversário.

E, claro está, tens de ter uma ótima forma física, incluindo muita resistência e força muscular. Isso implica fazer exercício físico regular e beber muita água, além de ter outros cuidados. Repara que os Lutadores são sujeitos a exames médicos antes dos combates.

Contudo, o primeiro passo para entrar neste universo é, sem dúvida, começar pela preparação técnica o mais cedo possível. Muitos Treinadores de Kickboxing acreditam que a idade ideal para começar a aprender é entre os 5 e os 6 anos.

À medida que fores progredindo, deves juntar-te a uma equipa de Kickboxing, pois será uma excelente ajuda para teres acesso ao melhor treino. Também será uma boa forma de começares a fazer os teus primeiros combates como amador até alcançares o estatuto de profissional.

Além disso, precisas de conhecer bem as regras da modalidade, pois se as violares podes ser suspenso ou multado.

Onde aprender Kickboxing

Há vários ginásios e academias que te podem ensinar a praticar Kickboxing. Mas também há algumas opções que não têm assim tanta qualidade.

Deste modo, deves procurar as associações ou federações nacionais e/ou regionais de Kickboxing que te podem recomendar os melhores locais.

Vê que alguns ginásios são orientados por ex-campeões ou têm os Instrutores mais conceituados a ensinar e isso será essencial para evoluíres como Lutador.

Vamos ajudar-te com alguns links por onde podes começar a tua busca pela formação certa em Kickboxing…

Portugal:

Brasil:

Agora que já percebeste tudo sobre o que faz o Lutador de Kickboxing e quais são os desafios que enfrenta, sentes-te capaz de enfrentar o teu primeiro combate? É provável que ainda não estejas, mas podes começar já a treinar! Se é esse o teu sonho, ficamos a torcer pelo teu sucesso.

Mas se continuas com dúvidas, faz Testes Vocacionais para encontrares a profissão certa para ti!

Partilhar Post

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.

Scroll to Top