Maquetista

maquetista

Mais sobre a profissão

Modalidades:

Presencial

Matérias relacionadas:

Desenho Geometria Descritiva Matemática Materiais e Tecnologias Multimédia Oficina de Artes

Idiomas:

Português

O maquetista, ou desenhista maquetista, é o profissional que desenvolve maquetes (também chamadas de maquetas), seguindo sempre os desenhos, croquis e especificações. Geralmente trabalha com engenharia, arquitetura, paisagismo e design de interiores, mas existem outras oportunidades de trabalho em outras áreas, como a criminologia e o cinema, por exemplo.

Esta é uma profissão que requer muita paciência, pois temos de fazer cada detalhe da construção em ponto pequeno. Da mesma forma, o perfecionismo e a atenção aos detalhes é essencial.

Para quem gosta de trabalhos manuais e reúne todas as características anteriores, esta profissão é perfeita.

Se esse é o teu caso, então estás no sítio certo! Aqui, vamos mostrar-te tudo o que precisas saber sobre esta carreira.

Vens connosco?

O que é uma Maquete?

Uma maquete, também chamada de maqueta ou modelo, é um instrumento muito usado em engenharia e arquitetura, por exemplo. Trata-se de uma representação completa e detalhada da construção, numa escala reduzida.

Existem maquetes estáticas e dinâmicas. A escolha de uma ou de outra depende do objetivo da maquete. Se quisermos analisar apenas o aspeto físico, optamos pela estática. Mas se quisermos analisar a funcionalidade, então optamos pela dinâmica.

As maquetes são sempre representações realistas, pois o objetivo é percebermos como um objeto, edifício, paisagem, entre outros elementos, irão ser na realidade.

Atualmente, temos também maquetes virtuais ou maquetes eletrónicas, as quais são desenhos assistidos por computador (é o cadista que realiza esse trabalho).

O que faz um Maquetista?

O maquetista é o profissional que desenvolve as maquetes. Ele não é o responsável pelo desenvolvimento do projeto. Apenas transforma os desenhos técnicos em representações em escala reduzida, para que os clientes consigam ter uma visão clara do edifício, paisagem, objeto, ou outro elemento.

Como se trata de uma representação realista em ponto pequeno, este profissional tem de ter muita paciência, perfecionismo e atenção aos detalhes. Sem dúvida, este é um trabalho que envolve muita dedicação e vontade de entregar uma maquete perfeita.

É verdade que este não é um trabalho fácil. São horas e horas de grande dedicação. No entanto, aqueles que seguiram esta carreira, não conseguem imaginar a sua vida a fazer outra coisa.

Quais as suas funções

O maquetista tem como principal função desenvolver maquetes. Este é um trabalho que requer muito detalhismo, paciência e dedicação.

Quem quer seguir esta profissão, tem de saber trabalhar em equipa, até porque são várias as pessoas envolvidas no desenvolvimento de uma mesma maquete e a trabalharem ao mesmo tempo.  Sendo assim, ter boa organização no trabalho com várias pessoas é essencial.

Assim, vão existir projetos em que um maquetista está responsável por fazer e trabalhar a base da maquete, outros em que fará o núcleo, ou outros em que irá trabalhar os acabamentos.

Além de ter talento para trabalhos manuais, dominando os métodos tradicionais de desenvolvimento de maquetes, os maquetistas precisam dominar ferramentas digitais, principalmente nos dias atuais, nos quais os avanços tecnológicos marcam o mercado de trabalho.

Saídas no Mercado de Trabalho

O maquetista geralmente atua como profissional autónomo, ou seja, realiza trabalhos freelancers, sem periodicidade.

No entanto, é possível trabalhar em escritórios de arquitetura e engenharia, design de interiores, paisagismo, ou até para a indústria do cinema, teatro, publicidade ou modelismo.

Embora seja uma profissão que não exige uma formação, a verdade é que são poucos os profissionais que procuram seguir esta carreira. Por isso, maquetistas com talento e que sejam dedicados à sua profissão, encontram um mercado de trabalho favorável.

Como entrar na carreira de Maquetista?

Para seguires a profissão de maquetista, não te será exigida uma formação específica. No entanto, tens de mostrar talento para trabalhos manuais e é preferível que tenhas já conhecimentos sólidos de softwares usados em maquetismo.

Por isso, o Guia das Profissões aconselha a que procures um curso profissional (oferecido por profissionais que já têm bastante experiência na área).

Nesses cursos, irás aprender a construir diferentes tipos de modelos, maquetes e protótipos, não só com métodos tradicionais, como com recurso a tecnologias e softwares próprios de maquetismo.

O curso de arquitetura também é uma opção para quem quer seguir uma carreira de maquetista. Durante a licenciatura, irás aprender a desenvolver os diferentes tipos de maquetes.

Frequentar o curso de arquitetura dá-te a vantagem de poderes seguir uma carreira também como arquiteto, além de te dar ferramentas sólidas para liderar um escritório de maquetismo, por exemplo.

Onde estudar Maquetismo?

Como dissemos, não é obrigatório teres uma formação para trabalhares como maquetista. No entanto, um curso profissional de maquetismo, ou uma licenciatura em arquitetura, pode fazer toda a diferença ao longo da tua vida profissional.

Por isso, reunimos aqui alguns cursos que podem ser muito interessantes para ti. Ora vê!

Portugal:

Brasil:

Se gostavas de trabalhar como maquetista, não deixes de investir em ti, no teu talento e na tua formação ao longo de toda a tua vida. Com toda a certeza, vais conseguir tudo aquilo a que te propões e te dedicas. Nós desejamos-te muito sucesso.

Partilhar Post

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Scroll to Top