Montador (Editor)

Montador (Editor)

Mais sobre a profissão

Modalidades:

Presencial

Matérias relacionadas:

História da Cultura e das Artes Materiais e Tecnologias Multimédia Oficina de Artes

Idiomas:

Inglês, Português

O montador, ou editor, é a pessoa que faz a montagem de um produto audiovisual, como os filmes, por exemplo. Este trabalho é sempre feito a par com o realizador (diretor) e, algumas vezes, com o produtor.

Ele é uma das peças principais na produção de um filme, ou qualquer outro produto audiovisual, até porque é ele que vai fazer com que todos os elementos se encaixem na perfeição.

Se gostavas de trabalhar com arte, mas não te sentes bem em aparecer diante das câmaras, esta pode ser uma boa profissão para ti!

Embora muitas pessoas não deem valor ao trabalho dos profissionais que estão por trás das câmaras, a verdade é que o montador (editor) é a pessoa que constrói o produto final, aquele que as pessoas vão ver. Por isso, este profissional é imprescindível para que o resultado seja bom.

Ficaste interessado, não é verdade?

Então, continua a ler este artigo porque vamos contar-te tudo sobre esta profissão. Vais descobrir o que o montador, ou editor, faz, quais as funções que tem no dia a dia, quais são as saídas no mercado de trabalho, e o que tens de fazer para entrar nesta carreira.

Curioso?

Então segue connosco!

O que faz um Montador (Editor)?

O montador, ou editor, faz a montagem de todos os elementos de um filme, ou qualquer outro produto audiovisual. A montagem, também chamada de edição, consiste na seleção dos planos do filme, programa de televisão, ou outro produto audiovisual, ordenar os planos e depois fazer os ajustes necessários.

Regra geral, os editores usam um equipamento que seja compatível com o que foi usado na realização. É sempre acompanhado do realizador, ou do produtor, dependendo dos casos.

O trabalho do editor é feito na pós-produção, ou seja, já depois de ter sido tudo gravado e filmado. Embora seja visto como um profissional não tão importante como os atores, realizador, ou produtor, a verdade é que um filme, ou outra produção audiovisual, precisa de um montador para torna-lo percetível aos olhos dos outros.

Imagina se não houvesse alguém a fazer o encadeamento das cenas gravadas? Ou se não houvesse ninguém que selecionasse as imagens que iriam ser passadas?

O resultado seria ou um filme sem ter qualquer encadeamento lógico, ou então um filme com horas a mais, por não haver uma seleção.

Por isso o montador é tão importante para garantir um bom resultado final. Ele consegue perceber o que o público quer, e adapta as imagens que tem para esse efeito.

Além disso, ele também faz os efeitos de transição entre os planos, tanto em 2D, como em 3D. Em alguns casos, o montador também trata da legendagem do filme, ou seja, da inserção das legendas nos sítios certos. O mesmo acontece com músicas, ruídos, entre outros efeitos sonoros.

Quais as suas funções

A principal função de um montador, ou um editor de cinema, é elaborar uma estrutura narrativa. Ou seja, ele pega em todo o material filmado e gravado, e faz a montagem dos vários elementos para que o resultado seja o melhor possível.

Em alguns casos, o resultado é muito fiel ao roteiro. No entanto, existem casos de filmes que, na montagem, acabam por se afastar bastante da ideia inicial.

O realizador e o produtor acabam por se envolver muito na hora das gravações e, por isso, ficam com um olhar “turvo” para fazer uma análise do filme. Já o editor não! Ele está afastado de todo o turbilhão das gravações e foca-se apenas em criar um resultado final que seja percetível ao espectador, mesmo que, para isso, tenha de “fugir” do roteiro.

Além disso, ele também tem de:

  • Acompanhar os trabalhos de montagem e de pós-produção
  • Escolher e selecionar o material filmado e gravado
  • Alinhar o material filmado, de acordo com critérios artísticos e técnicos
  • Reduzir ou eliminar planos e imagens que possam ser prejudiciais ao produto final
  • Fazer colagens de planos
  • Fazer correções depois de ver o filme, programa de TV, ou outro produto audiovisual, com o realizador e produtor

Saídas no Mercado de Trabalho

Sabemos que o mercado de trabalho não é assim tão bom no que toca à cultura, principalmente quando falamos de cinema.

Portugal não tem um mercado bom para a sétima arte, até porque existem poucos apoios e, por isso, poucos recursos. Por isso, se queres ser montador (editor), tens de batalhar muito para conseguir uma vaga de trabalho (das poucas que existem).

O Brasil tem um mercado mais favorável, até porque se produzem mais filmes e o cinema nacional tem sido bastante valorizado na última década. No entanto, não podemos dizer que tem uma boa empregabilidade, pois, ainda assim, não existe tanto trabalho quanto gostaríamos. A maior parte das vagas de trabalho são para produtoras ou para emissoras de televisão.

A internet também veio dar uma nova oportunidade para os editores de vídeo. O YouTube é, hoje, uma realidade e são muitos os YouTubers que já fazem disso profissão. Principalmente aqueles que já têm um volume de vídeos grande, precisam de um editor para trabalhar na edição dos vídeos.

Este é um mercado um pouco diferente, principalmente quando o YouTuber já é famoso. Os vídeos são gravados durante o dia e depois o editor faz a edição do vídeo durante o fim do dia/noite, para que na manhã seguinte seja possível publicar o vídeo e partir para a divulgação.

Como entrar na carreira de Montador (Editor)?

Para entrar na carreira de montador (editor) não é obrigatório teres um curso, mas a verdade é que este pode dar uma grande ajuda. Além disso, como as oportunidades de emprego são poucas, se tiveres um curso na área da edição, as chances de conseguires um trabalho são maiores.

Hoje em dia, como o trabalho de edição já é muito à base do digital, é importante saberes mexer com os softwares profissionais de edição.

Conseguires um estágio profissional numa produtora ou agência de marketing também é uma boa opção para entrares nesta carreira. Existem muitas oportunidades para profissionais que estão a ingressar agora no mercado de trabalho, não como montador, mas como assistente de edição.

Começar por baixo é, sim, o melhor que fazes. Além de aprenderes com quem já sabe do trabalho, vais poder ganhar experiência e confiança no teu trabalho para, mais tarde, fazeres um bom trabalho como editor.

Onde estudar para Montador (Editor)?

Portugal:

Brasil:

O teu sonho é ser montador (editor)? Então não deixes de lutar por aquilo que queres! O futuro pode, sim, ser brilhante. E se ainda não estás certo do que queres para ti, não deixes de ver outras profissões que nós, Guia das Profissões, temos para ti! Sucesso!

Partilhar Post

Deixa o teu testemunho

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Scroll to Top