Pandeirista

pandeirista

Resumo da profissão

Modalidades:

Presencial

Matérias relacionadas:

História da Cultura e das Artes Matemática Materiais e Tecnologias Oficina de Artes

Idiomas:

Português

O pandeirista, também chamado de pandeireiro, é um músico que toca pandeiro, pandeireta e pandeirola. Embora o percussionista também toque estes instrumentos, o pandeireiro dedica-se em exclusivo a eles, ao contrário do percussionista.

Se és um amante de instrumentos de percussão, adoras ritmo, e se és apaixonado pelo pandeireiro, pandeireta e outras instrumentos desta família, então este artigo foi feito para ti!

Aqui, vais descobrir, por exemplo, o que faz um pandeirista, como é o seu dia a dia de trabalho, as saídas profissionais, entre outras informações úteis para entrares nesta carreira com o pé direito.

Vens connosco?

Pandeiro

O pandeiro é um instrumento musical que faz parte da percussão. Ele tem um aro no qual a pele é esticada. É um instrumento muito popular no Brasil e é olhado por muitos brasileiros como o seu instrumento nacional (embora não oficial).

Sem dúvida, este instrumento é usado em vários géneros musicais brasileiros, como o samba, pagode, o choro e a capoeira, por exemplo.

Tem uma dimensão que varia entre 8 a 12’’ (embora o mais usual tenha 10 polegadas) e originalmente era usada pele de cabra (atualmente já se fazem pandeiros com acrílico e fórmica). Contém platinelas (soalhas), as quais são placas de metal, colocadas em pares, para que elas produzam som quando batemos na pele, e possui ainda um abafador (colocado entre as soalhas).

Pandeireta, Pandeirola e Adufe

A pandeireta é muito similar ao pandeiro, mas tem uma menor dimensão. É muito usada na música tradicional portuguesa e espanhola, mas a sua origem remonta ao Império Romano.

Tem um aro circular e pode, ou não, ter a pele esticada sobre o aro. Pode ter, também, diversos formatos (circulares, semicirculares – em forma de meia-lua, triangulares ou retangulares) e o diâmetro varia entre 13 e 28cm.

Assim como o pandeiro, a pandeireta tem também soalhas (pode ter desde 2 pares de platinelas até 12 pares).

Em Portugal e Espanha, a pandeireta é uma das figuras centrais das Tunas Académicas. Ora vê como ela desempenha um papel importante e como o pandeirista dá vida ao espetáculo.

A pandeirola é também semelhante à pandeireta, mas nunca tem pele e geralmente tem a forma de meia-lua (por vezes é anexada à bateria para que o próprio baterista possa usá-la como acessório ao seu instrumento).

O adufe tem forma quadrangular e tem origem árabe (chegou à Península Ibérica entre os séculos VIII e XII). Tem uma pele esticada, mas, ao contrário da pandeireta e do pandeiro, é no interior da pele que se encontram as soalhas ou então sementes.

O que faz um Pandeirista?

O pandeirista faz apresentações ao vivo nas quais toca pandeiro, pandeireta, pandeirola ou adufe. Enquanto o percussionista toca vários instrumentos de percussão, incluindo tambores, cajón, berimbau, carrilhão, entre outros, o pandeireiro (como também pode ser chamado este músico) toca apenas instrumentos derivados da pandeireta.

Por serem instrumentos musicais muito versáteis e úteis para marcar o ritmo, podemos vê-los em diferentes estilos e géneros musicais, embora estejam mais presentes no samba, choro e MPB (no Brasil) e na música tradicional e Tunas Académicas (em Portugal).

A presença dos pandeiristas também se faz notar noutros estilos musicais, incluindo na música clássica.

Quais as suas funções

Como pandeirista, a tua principal função é tocar pandeiro, pandeireta, pandeirola ou adufe em espetáculos ao vivo ou em gravações de álbuns, por exemplo. Sendo estes instrumentos de percussão, tens de ter bastante noção rítmica, até porque serás tu um dos músicos responsáveis por manter o ritmo da música enquanto outros instrumentos tocam a melodia.

Como é óbvio, a forma como tocas vai depender bastante do projeto em que te inseres. Por exemplo, se fizeres parte de uma orquestra, terás de seguir a partitura e respeitar as orientações do maestro. Mas se tocares numa banda de samba, terás maior autonomia e decisão quanto aos arranjos que se fazem nas músicas e podes dar o teu “toque pessoal”.

Independentemente do projeto no qual estás, a tua rotina será sempre marcada por muito treino e prática dos instrumentos musicais que tocas. Essa prática é feita de forma solitária, em casa, mas também existem ensaios com todos os músicos do projeto.

Saídas no Mercado de Trabalho

O pandeirista pode fazer parte de diversos projetos musicais, como bandas de samba, choro, música tradicional, MPB, orquestras (sinfónicas e filarmónicas), entre outros. No Brasil, é possível também fazer parte dos músicos de capoeira.

Poderás criar o teu próprio projeto, ou podes fazer parte de outros projetos (de originais, covers, ou podes até integrar a banda de artistas).

Embora a maior parte dos músicos sonhe com pisar grandes palcos, o mundo da música oferece outras possibilidades profissionais.

Tendo em conta que viver de espetáculos pode ser um pouco difícil (pois depende do número de espetáculos contratados e geralmente concentram-se no verão), poderás optar por seguir uma carreira como professor de música (podes seguir esta carreira como um complemento aos espetáculos, ou podes investir por completo na carreira do ensino).

Caso tenhas formação universitária, podes dar aulas em escolas, conservatórios e faculdades de música. Mas se não quiseres seguir os estudos no ensino superior, podes dar aulas de pandeiro, pandeireta, pandeirola e adufe em casa, ou a partir da internet (quem sabe até abrir um espaço dedicado a aulas).

 Como entrar na carreira de Pandeirista?

Se queres seguir a profissão de pandeirista, então tens de aprender a tocar pandeiro, pandeireta, pandeirola e adufe. Estes são os instrumentos que os pandeiristas tocam e, por isso, deves dominar bem a técnica de cada um deles.

Se quiseres ser professor de música, ou se a tua ideia é entrares numa grande orquestra, então tens de seguir os teus estudos e fazer a faculdade de música. Esta formação é indispensável para conseguires dar aulas, mas também é importante para preencheres uma vaga em orquestras (até porque só os melhores conseguem entrar).

Onde estudar para ser Pandeirista?

Para te tornares pandeirista não precisas ter nenhuma formação específica. Podes aprender com um professor particular ou numa escola de música e com o treino e prática em casa vais acabar por dominar estes instrumentos.

No entanto, como dissemos, se quiseres entrar numa orquestra ou se quiseres dar aulas de música em escolas, faculdades ou conservatórios, tens de fazer o curso universitário de música.

Por isso, deixamos-te aqui alguns cursos que te podem interessar. Ora vê!

Portugal:

Brasil:

Adoras música e és um apaixonado por pandeiro, pandeireta, pandeirola e adufe? Então a profissão de pandeirista é perfeita para ti. Dedica-te bastante e esforça-te para conquistares tudo aquilo que desejas. Com toda a certeza, vais realizar todos os teus sonhos. Sucesso!

Partilhar Post

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.

Scroll to Top