Professor de Aplicações Informáticas

Professor de Aplicações Informáticas

Mais sobre a profissão

Modalidades:

Presencial

Ordenado Médio Mensal:

1500€ - 2000€

Empregabilidade:

Média

Disciplinas do secundario:

Informática Matemática Materiais e Tecnologias Multimédia

Idiomas:

Inglês, Português

O Professor de Aplicações Informáticas dá aulas a alunos de todos os cursos do secundário no 12º ano. Esta é uma das disciplinas opcionais, e nem todas as escolas oferecem. No entanto, os alunos procuram esta disciplina com maior frequência, até porque é essencial nos dias de hoje.

O mundo está cada vez mais digital e são muitas as profissões que precisam das Tecnologias de Informação. Por isso, os jovens devem ser capazes de se adaptar a elas para entrarem no mercado de trabalho com toda a força.

Sendo assim, o Professor de Aplicações Informáticas é um profissional essencial para a formação destes jovens, os quais têm de estar preparados para entrar no mercado digital.

Esta disciplina, embora seja anual (apenas no 12º ano), complementa os conhecimentos adquiridos ao longo dos 2º e 3º ciclos, assim como no 10º e 11º ano, nas aulas de TIC.

Se gostas da área da informática e tens talento para ensinar, então estás no sítio certo. Neste artigo vamos mostrar-te tudo sobre a profissão de Professor de Aplicações Informáticas para entrares no mercado de trabalho com o pé direito.

Vamos?

O que faz um Professor de Aplicações Informáticas?

O Professor de Aplicações Informáticas forma os alunos do 12º ano para a área da Informática. Os Professores têm abertura para decidir os softwares a trabalhar ao longo do ano, pois os alunos de diferentes cursos têm necessidades diferentes. No entanto, devem cumprir os objetivos da disciplina.

Por exemplo, é interessante que estas aulas se debrucem sobre os rudimentos da programação e sobre a análise, até porque são conhecimentos importantes em diferentes áreas. Já a simulação computacional e a modelação mostra-se interessante para os alunos da área das Ciências. No caso das Humanidades, as ferramentas de análise de estatística social são essenciais.

É importante que os Professores de Aplicações Informáticas tenham consciência de que se trata de um ano terminal. Por isso, toda a formação que os alunos adquirem é, com toda a certeza, uma porta de entrada para aprendizagens no futuro.

Por isso, o Professor de Aplicações Informáticas deve reunir-se com o Conselho de Turma para saber escolher os softwares que tenham aplicabilidade em cada turma.

Quais as suas funções

A função do Professor de Aplicações Informáticas é apresentar aos alunos do 12º ano softwares que apresentam aplicabilidade na sua área de estudos. Também tem como objetivos, por exemplo:

  • Desenvolver e aprofundar os conhecimentos dos alunos no que diz respeito à pesquisa e comunicação através das tecnologias da informação e comunicação (TIC)
  • Promover a produção colaborativa
  • Estimular os alunos a uma aprendizagem contínua e autodidata
  • Capacitar os alunos para a resolução de problemas através de meios digitais
  • Dar a conhecer os princípios básicos da IA (Inteligência Artificial)

Para tal, o Professor aborda uma série de temas ao longo do ano, entre os quais podemos destacar aqui, por exemplo:

  • Programação (introdução, conceitos básicos, estruturas de controlo, entre outros)
  • Simulação e modelação computacional (conceitos, simulação em ciências, simulação matemática e de modelos, entre outros)
  • Inteligência Artificial (conceito, equipamentos, linguagens, entre outros)
  • Software aplicado à estatística social (ferramentas)
  • Edição eletrónica (conceitos, Desktop Publishing, entre outros)
  • Software aplicado às línguas (ferramentas, tradutores, entre outros)
  • Análise de sistemas (conceito, definição, modelo ambiental e comportamental, gestão de projeto)
  • Software aplicado às artes e teoria da cor

Saídas no Mercado de Trabalho

O Professor de Aplicações Informáticas pode trabalhar em escolas secundárias públicas, assim como privadas. Como esta é uma disciplina opcional e depende sempre da oferta da escola, as vagas de trabalho não são muitas. No entanto, é possível também atuar como Professor de TIC em escolas do 2º e 3º ciclos, assim como escolas secundárias.

Como a área da informática está em constante evolução e tem sido olhada com uma importância maior, têm surgido muitos cursos nesta área. Sendo assim, poderás dar aulas em cursos de informática em escolas específicas da área.

As aulas na universidade são também uma opção, mas as vagas são ainda menores e o grau de exigência é maior na hora de contratar.

Como entrar na carreira de Professor de Aplicações Informáticas?

Para seguires a profissão de Professor de Aplicações Informáticas tens de fazer a licenciatura em informática e depois tens de fazer o mestrado em ensino da Informática. Para dares aulas precisas obrigatoriamente seguir a via ensino no 2º ciclo de estudos universitários (mestrado).

Este mestrado vai abordar temas muito úteis e interessantes, como didática e educação, por exemplo. Desta forma, vais ter ferramentas para lidar com os alunos, os quais são de diferentes meios socioeconómicos, com necessidades de aprendizagem diferentes, e vais aprender técnicas de ensino fantásticas para estimular os jovens a estudar a disciplina.

No caso de quereres dar aulas em cursos de informática, o mestrado em ensino não é obrigatório, mas é uma mais-valia. Por isso, o nosso conselho é que faças sempre este mestrado.

Se quiseres dar aulas na universidade, então terás de prosseguir os estudos e fazer o doutoramento.

Onde estudar para Professor de Aplicações Informáticas?

Portugal:

Estás resolvido a seguir a profissão de Professor de Aplicações Informáticas? Então investe muito na tua formação, pois vai valer a pena. Acredita sempre no teu potencial, não desistas, mesmo que pareça difícil às vezes. Nós, do Guia das Profissões, desejamos-te muito sucesso!

Partilhar Post

Deixa o teu testemunho

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Scroll to Top