Professor de Espanhol

Professor de Espanhol

Mais sobre a profissão

Modalidades:

Teletrabalho, Presencial

Ordenado Médio Mensal:

1500€ - 2000€

Empregabilidade:

Média

Disciplinas do secundario:

Línguas Literatura Psicologia Sociologia

Idiomas:

Espanhol, Português

O Professor de Espanhol dá aulas do idioma de Espanha a alunos que queiram aprender a Língua, podendo estes ser crianças, jovens e adolescentes, ou adultos. Em Portugal, assim como no Brasil, existe um aumento da procura de jovens por aulas de Espanhol.

Se há uns anos a maior parte dos alunos optavam por aprender o Inglês e o Francês, hoje já não é bem assim.

O Inglês continua no topo da lista, até porque é obrigatório. Mas o Francês acaba por ficar para trás, aumentando a procura por outros idiomas, como é o caso do Espanhol e do Alemão.

Se gostas muito do idioma de Espanha e adoravas trabalhar na área do ensino, porque não seguir a carreira de Professor de Espanhol?

Neste artigo vamos mostrar-te tudo sobre a profissão de Professor de Espanhol para poderes entrar nesta carreira com o pé direito.

Curioso para saber mais, não é verdade?

Então não percas mais tempo e continua connosco!

O que faz um Professor de Espanhol?

O Professor de Espanhol dá aulas de Língua espanhola a crianças, jovens/adolescentes e adultos que queiram aprender. Esta é uma disciplina opcional nas escolas públicas e, por isso, depende sempre do número de pessoas interessadas para abertura de turma.

Ao contrário do que se pensava, há cada vez mais alunos a escolherem o Espanhol no 3º ciclo do ensino básico e no secundário (ensino fundamental e médio). Por isso, as turmas têm cada vez mais participantes.

Muitos jovens optam pelo Espanhol por ser uma Língua muito parecida com o Português e existe a ideia de que é mais fácil aprender do que o Francês.

Tendo em conta que as médias são importantes, estima-se que mais e mais alunos escolham o Espanhol no secundário para conseguirem melhores resultados finais.

Quais as suas funções

A principal função do Professor de Espanhol é ensinar o idioma Espanhol aos seus alunos. A forma como se ensina vai depender sempre do nível de escolaridade, assim como o estágio dos alunos no idioma.

É importante que os Professores tenham a sensibilidade para perceber se os alunos estão a acompanhar bem a matéria e se são capazes de entender o que é falado na aula. Muitas vezes, embora a matéria já tenha sido dada, os alunos têm dificuldades em entender o que é dito.

Não é uma falha do Professor, nem do aluno! Acontece sempre quando aprendemos um novo idioma. Não é fácil mudarmos o “chip” de Português para uma outra Língua, e enquanto não damos esse “click”, vamos ter algumas dificuldades.

O Professor deve estimular os alunos a darem esse passo em frente. Falar em Espanhol dentro de sala de aula pode ser o segredo. Se olharmos para os institutos de Línguas, em todos os locais se fala no idioma que estamos a aprender, até mesmo na receção.

Isso acontece exatamente para fazer essa transição mental do Português para o novo idioma.

Os Professores de Espanhol têm também de preparar bem as aulas. Ter uma estrutura delineada, mas flexível para ajustar à turma, assim como materiais didáticos que ajudem os alunos, é essencial para se conseguirem bons resultados.

Saídas no Mercado de Trabalho

O Professor de Espanhol em Portugal pode trabalhar em escolas públicas (3º ciclo e secundário) e em escolas privadas. Existe uma maior concorrência no ensino público, até porque os salários são superiores e há progressão contínua na carreira.

No entanto, as escolas privadas oferecem outras vantagens. O facto de podermos trabalhar mais perto de casa é uma delas (pois o ensino público está sempre dependente da colocação em concurso público, o que nos pode levar a dar aulas a 500 km de distância de casa).

Outra vantagem das escolas privadas é que podemos ficar efetivos com maior rapidez. Isso permite-te fazer um trabalho na escola contínuo e progressivo, com vista à melhoria do ensino como um todo.

No Brasil, o ensino público não é tão procurado, principalmente pelos enormes desafios que enfrenta. Existe falta de investimento público na educação, o que se traduz em salários muito baixos e más condições de trabalho (com turmas muito grandes, falta de condições na estrutura da escola, violência, indisciplina, entre outros).

As escolas particulares são as mais procuradas pelos Professores, exatamente porque oferecem melhores condições de trabalho, melhores condições aos alunos, assim como melhores salários (ainda assim baixos para a função de Professor).

Além de dar aulas em escolas públicas e privadas, poderás trabalhar também em centros de estudo, centros de explicações, escolas/institutos de Línguas que incluam a oferta de Espanhol.

Dar aulas particulares é também uma opção, principalmente como um complemento, um part-time.

Como entrar na carreira de Professor de Espanhol?

Para seguires a carreira de Professor de Espanhol em Portugal, tens de tirar o mestrado em Ensino de Português e Língua Estrangeira com especialização em Espanhol. No Brasil tens de tirar a licenciatura em Letras-Língua Espanhola.

É muito importante que os profissionais que querem ser Professores optem por uma vertente de ensino. Ensinar é muito mais do que ditar textos e explicar regras gramaticais.

Existem metodologias e técnicas que auxiliam os Professores a estimularem os seus alunos a estudar e a aprender coisas novas.

Sendo assim, não deixes de escolher o mestrado com vertente em ensino, pois vais aprender uma série de coisas importantes para a tua carreira.

Onde estudar para Professor de Espanhol?

Portugal:

Brasil:

Gostavas de ser Professor de Espanhol? Leste o nosso artigo e chegaste à conclusão que é isso que queres fazer no teu futuro? Então não desistas e investe bastante na tua formação. Sucesso!

Partilhar Post

Deixa o teu testemunho

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Scroll to Top