Técnico em Biocombustíveis

Técnico em Biocombustíveis

Resumo da profissão

Modalidades:

Presencial

Matérias relacionadas:

Biologia Matemática Química

Idiomas:

Inglês, Português

O Técnico em Biocombustíveis desenvolve combustíveis de origem orgânica, ou seja, mais amigos do ambiente. Portanto, é um elemento que atua ao nível da produção de fontes de Energias Renováveis.

A dependência de combustíveis fósseis, como a gasolina, é um dos grandes problemas económicos atuais. Estes produtos causam graves prejuízos ao meio ambiente. Portanto, a busca por energias alternativas é uma das grandes áreas de investigação do momento.

É, neste contexto, que se insere a profissão de Técnico em Biocombustíveis. Este profissional ajuda a desenvolver produtos derivados de fontes orgânicas, como, por exemplo, o bioetanol ou o biodiesel.

Mas continua a ler para descobrires mais sobre esta área tão promissora e desafiante…

O que são Biocombustíveis

O Biocombustível é um tipo de combustível de origem biológica ou orgânica. Portanto, não deriva do petróleo, nem do carvão ou do gás natural.

Atualmente, são usadas plantas como a cana-de-açúcar, a soja, o girassol e o milho para produzir biocombustíveis. São uma forma de energia sustentável que emite menos gases prejudiciais para o meio ambiente.

Os tipos de combustíveis mais conhecidos e mais utilizados são os seguintes:

  • Biodiesel
  • Bioetanol
  • Biogás
  • Óleo vegetal
  • Hidrogénio.

O que faz um Técnico em Biocombustíveis

Este profissional atua nos vários níveis do processo de desenvolvimento de biocombustíveis sólidos, líquidos e gasosos.

Assim, intervém desde a extração das matérias-primas, como a soja, até à sua transformação. Mas também controla a qualidade da produção, bem como o processamento dessas matérias-primas.

No seu trabalho, faz análises químicas, bioquímicas e microbiológicas aos produtos desenvolvidos.

Além disso, analisa os eventuais impactos negativos da produção de Biocombustíveis para o meio ambiente.

Portanto, o trabalho deste Técnico tem algumas semelhanças com a Engenharia Bioquímica e até com a Bioengenharia, embora em âmbitos distintos.

Quais as suas funções

O Técnico em Biocombustíveis tem funções que percorrem toda a operação produtiva. Mas podemos dividir a sua atuação em quatro pilares fundamentais de que vamos falar de seguida…

Pesquisa e Desenvolvimento

Neste âmbito, o profissional procura novos biocombustíveis, estudando matérias-primas que podem ser usadas nesse sentido.

Contudo, também pode fazer investigação ao nível das máquinas e equipamentos usados neste âmbito. Repara que é importante atualizar, de forma constante, estes dispositivos.

Produção

Na fase de produção, o Técnico em Biocombustíveis lida com as matérias-primas, por exemplo, para definir os procedimentos técnicos ideais para as manusear.

Mas também ajuda a organizar as instalações, nomeadamente escolhendo equipamentos.

Além disso, colabora para planear a produção com a definição dos detalhes técnicos, para evitar falhas e avarias. Neste sentido, tem de saber interpretar diagramas de fabrico e manuais de equipamentos. Mas também lida com fichas técnicas sobre produtos e matérias-primas.

Análise de segurança e qualidade

Outra fase essencial do trabalho do Técnico em Biocombustíveis é a análise de segurança e de qualidade. Assim, cabe-lhe inspecionar e testar os produtos, para confirmar que podem sair para o mercado.

Mas também avalia se os produtos finais têm alguma falha ou se precisam de ser melhorados. Neste sentido, pode avaliar, por exemplo, se os biocombustíveis produzidos estão a ter o efeito desejado nos motores dos veículos.

Comercialização

Quando o produto final estiver perfeito para sair para o mercado, o Técnico em Biocombustíveis também pode participar na fase comercial, pois tem um conhecimento ideal de todas as fases da produção. Assim, pode ser uma mais-valia na venda.

Quanto ganha um Técnico em Biocombustíveis

Esta é uma área bem remunerada. Contudo, os valores dependem sempre de empresa para empresa e até de região para região. Assim, é complicado definir um valor médio.

 Mas estamos perante uma área em grande crescimento, onde as empresas têm muito interesse em investir. Portanto, os salários são apelativos até porque existe alguma falta de profissionais qualificados.

Neste sentido, se estás em busca de uma profissão que te ofereça boas perspetivas financeiras, esta pode ser uma opção interessante.

Saídas no Mercado de Trabalho

O mercado dos Biocombustíveis está em crescimento em quase todos os países desenvolvidos. A busca por novas matérias-primas capazes de gerarem energias alternativas está ao rubro e promete não abrandar nos próximos tempos.

Assim, há boas perspetivas de emprego para o Técnico em Biocombustíveis.

No caso do Brasil, está entre os países que mais gera empregos nesta área, pois é um dos maiores produtores mundiais de etanol e biodiesel, segundo dados da Agência Internacional de Energias Renováveis.

Estes Técnicos podem trabalhar em empresas energéticas ou de produção de biocombustíveis, mas também em empresas agrícolas e florestais. Indústrias dos setores agroalimentar e transformador são outras saídas possíveis, tal como fábricas de açúcar e álcool, ou destilarias.

Além disso, podem estar ligados a laboratórios de controlo de segurança e qualidade, a instituições de pesquisa ou de ensino.

Mas também podem ter ligação a agências e entidades governamentais ou, ainda, a gabinetes de projeto e consultoria.

Como ser Técnico em Biocombustíveis

A formação específica em Biocombustíveis é essencial para entrar nesta área. Mas até podes ter formação inicial em Química e Bioquímica, por exemplo. Neste caso, terás que especializar-te em Biocombustíveis, por exemplo, com uma pós-graduação.

O que é certo é que ter formação na área abre, desde logo, as portas do mercado de trabalho.

Mas também é importante ter outras competências pessoais, como a curiosidade e o interesse pela inovação e pelo meio-ambiente.

Além disso, é importante ter uma ótima capacidade de análise e de raciocínio lógico. Por outro lado, ter uma boa capacidade de comunicação e espírito de equipa são outros fatores valorizados.

E é obrigatório gostar bastante de Química e Biologia!

Onde estudar para Técnico em Biocombustíveis

Ainda existem poucos cursos na área dos Biocombustíveis. Contudo, já vão surgindo alguns, abordando disciplinas como Mecânica dos Fluidos, Microbiologia, Processamento de Óleos e Gorduras, Produção de Biodiesel e Química de Biocombustíveis, entre outros.

Contudo, como referimos acima, também podes fazer formação em áreas como Química, Bioquímica, Engenharia de Energia e Engenharia de Petróleo. Após esse primeiro passo, terás, porém, de buscar uma pós-graduação em Biocombustíveis.

Para te ajudar, deixamos-te alguns links por onde podes começar a tua procura pela formação ideal…

Portugal:

Brasil:

Agora que já sabes um pouco mais sobre o que faz um Técnico em Biocombustíveis percebeste que é uma profissão com boas saídas profissionais.

Trata-se de uma área que pode, mesmo, contribuir para um amanhã melhor no nosso planeta. Sentes-te preparado para ajudar nesta missão? Se estás seguro de que é o que queres para o futuro, torcemos pelo teu sucesso!

Mas se continuas sem ter a certeza, faz Testes Vocacionais, pois vão ajudar-te a encontrar as melhores alternativas.

Partilhar Post

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.

Scroll to Top