Tradutor

o que faz um tradutor

O Tradutor é o profissional que coloca um determinado texto em línguas diferentes. Ele traduz um determinado escrito, seja ele um livro, artigo científico, pesquisa, artigos de internet, ou qualquer outro, de uma língua, para outra.

Outros nomes para esta profissão:

  • Modalidades: Teletrabalho, Presencial
  • Ordenado Médio Mensal: 1000€ - 1500€
  • Empregabilidade: Média
  • Empregabilidade: Trabalho Solitário
  • Disciplinas do Secundário/ensino médio: Línguas, Literatura
  • Idiomas: Alemão, Espanhol, Francês, Inglês, Mandarim, Português

A necessidade e informação, da leitura e do conhecimento abriram novos horizontes para todos nós, mas: e se não entendêssemos o que lemos? É nesse sentido que este profissional surge. Para que possamos ler ideias, conceitos, livros, no fundo, tudo o que é escrito noutro idioma.

Este profissional é essencial para que, em todo o mundo, seja possível alguém ler na sua língua materna, ainda que a fonte tenha sido escrita noutra língua existente, e isso é algo fantástico!

Se quer saber mais sobre esta profissão, quais as funções que os tradutores desempenham, como estão as saídas no mercado de trabalho, e como iniciar esta carreira, então continue a ler!

O que faz um tradutor

O que o tradutor faz é converter textos de uma língua para outra. Podem ser legendas de filmes, notícias, livros, contratos, documentos, artigos, entre outros. Ele deve saber como adaptar a linguagem usada noutros países para a qual está a traduzir.

Expressões, termos, calão, gírias, tudo deve ser adaptado para a língua a ser traduzida, para que, quem leia, entenda o que está escrito, sem perder a essência do texto original.

O gosto pela escrita, por conhecer vários idiomas, o cuidado ao ler e reler, tudo deve ser feito com atenção e perícia. Daí existirem excelentes traduções e más traduções. Cabe ao tradutor procurar sempre enriquecer o seu conhecimento.

Quais as suas funções

O tradutor pode atuar nas seguintes áreas:

Tradução jornalística: Nesta área, ele traduz conteúdo jornalístico, principalmente notícias. Deve existir aqui uma boa relação entre ele e o jornalista, de modo que tudo fique de acordo com ambas as partes. No entanto, alguns jornalistas fazem as suas próprias traduções.

Tradução de conteúdos multimédia: Esta área exige um pouco de conhecimento ao nível de “software” para legendar filmes e séries, pois é necessário usar um que seja específico para esta área. Esse “software” permite que o tradutor crie e edite todas as marcações de tempo onde deve inserir o texto, para que todas as falas fiquem no tempo certo. O universo dos jogos de vídeo também é uma opção.

Tradução literária: A tradução de todo o género de livros deve ser adaptada a cada língua diferente. Será necessário dominar tanto a língua a traduzir, como a língua original, para que faça sentido ao leitor, sem nunca perder a essência do escritor.

Tradução técnica: Esta é a área principal, pois é aqui que se centra a maioria do trabalho do tradutor. Aqui a tradução exige, tal como o nome indica, um nível mais técnico, pois é mais focada em artigos científicos, livros técnicos, livros de instruções e manuais de máquinas ou aparelhos eletrônicos (eletrônicos).

Saídas no mercado de trabalho

Um tradutor pode trabalhar em várias áreas e diferentes vertentes. Tanto pode trabalhar com uma editora de livros, como a nível escolar, ou pode traduzir legendas, ou jogos de vídeo, ou qualquer sistema informático que seja necessário.

Da mesma forma, pode trabalhar em termos mais práticos e ser um tradutor de entrevistas para a comunicação social, ou traduzir eventos mais específicos.

Ele tanto pode trabalhar para alguém, como pode ser independente e optar por se tornar freelancer.

Como entrar na carreira de tradutor

Infelizmente, em Portugal não existe uma forma de regulamentar esta profissão. Não é necessário ter curso superior na área, nem uma formação específica. Deve saber falar várias línguas fluentemente, e sendo uma mais-valia, optar por fazer um curso de formação, pois muitas empresas apenas contratam tradutores formados, e mesmo o trabalho como freelancer também pode ser alargado em função disso.

Esses mesmos cursos de formação oferecem a possibilidade de especialização numa área da tradução. Oferecem também um vasto conhecimento sobre cultura, conhecimentos linguísticos, ferramentas essenciais, muitas delas através de assistência remota que fazem com que o trabalho seja feito de uma forma mais rigorosa.

Possibilitam também frequentar estágios onde existe possibilidade de troca de experiências com outras pessoas da área. Muitos dos estágios são feitos no estrangeiro, fazendo assim com que o conhecimento de outra cultura enriqueça ainda mais a sua experiência e aptidão.

Onde estudar Tradução

Portugal:

Brasil:

O tradutor é, sem dúvida, alguém essencial para que as palavras possam viajar de um país para outro, sem que se perca toda a sua essência. Tem o que é preciso para o fazer?

Partilhar:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima