Urologista

Urologista

O urologista, ou médico urologista, é o profissional formado em Medicina e especializado em Urologia. Ele estuda, diagnostica e trata, clínica e cirurgicamente, doenças que afetam o aparelho urinário feminino e masculino, assim como o aparelho genital masculino.

Outros nomes para esta profissão: Médico Urologista

  • Modalidades: Presencial
  • Ordenado Médio Mensal: 2000€ - Máximo
  • Empregabilidade: Alta
  • Empregabilidade: Trabalho em Equipa
  • Disciplinas do Secundário/ensino médio: Biologia, Física, Matemática, Química
  • Idiomas: Francês, Inglês, Português

Os médicos urologistas tratam condições que afetam as glândulas supra-renais, ureteres, rins, uretra e bexiga em homens e mulheres, assim como os órgãos que compõem o aparelho genital masculino (vesículas seminais, próstata, canais deferentes, testículos, escroto, pénis e epidídimos).

Embora não tenha sido logo um alvo destes profissionais, atualmente eles também se debruçam nas estruturas do pavimento pélvico feminino, especialmente por causa da incontinência urinária na mulher.

Nos dias de hoje, a urologia apresenta-se como uma área muito dinâmica e viva no que diz respeito à investigação, mas no próprio meio clínico, com uma evolução constante nos conhecimentos científicos, meios de diagnóstico e técnicas de tratamento.

Se estás interessado em seguir carreira na área da Medicina, ou se já atuas na área, mas ainda estás na dúvida sobre qual a especialidade a seguir, então continua connosco e descobre um pouco mais sobre esta especialidade tão complexa e, ao mesmo tempo, tão interessante.

Vamos mostrar-te, aqui, o que faz um urologista, quais as funções que desempenha no seu dia a dia, quais são as possíveis saídas no mercado de trabalho, assim como o percurso académico que tens de seguir para entrar nesta carreira desafiante!

O que faz um Urologista?

O médico urologista é o especialista que trata doenças do sistema urinário de homens e mulheres, mas também assume um papel importante na prevenção destas doenças que, quando estão em estádio avançado, podem exigir tratamentos penosos, como a cirurgia ou a hemodiálise.

A Urologia é uma especialidade médica cirúrgica, o que significa que todas as doenças do sistema urinário (masculino e feminino), e do sistema reprodutor masculino, que necessitem de cirurgia, são tratados pelo urologista.

A rotina de um médico urologista pode ser muito diferente, até porque pode atuar clinicamente, ou cirurgicamente.

Por isso, se quiseres seguir esta especialidade, tanto podes estar a trabalhar em consultórios, a atender os pacientes, ou no bloco cirúrgico, procedendo às mais diversas cirurgias para a cura das doenças que acometem o sistema urinário feminino e masculino, e doenças que afetam os órgãos sexuais masculinos.

De entre as várias doenças tratadas por este profissional, destacamos, aqui, por exemplo:

  • Infertilidade masculina
  • Inflamações do trato urinário
  • Pedras nos rins
  • Incontinência urinárias masculina e feminina
  • Infeções urinárias
  • Impotência sexual masculina
  • Ejaculação precoce
  • Doenças sexualmente transmissíveis em homens
  • Tumor na próstata

Sem dúvida, muitos pacientes chegam ao urologistas indicados por médicos nefrologistas (médicos que tratam clinicamente doenças do sistema urinário, com particular destaque para os rins). Quando os pacientes têm de ser tratados por meio de cirurgia, o nefrologista encaminha-o para os urologistas.

Quais as suas funções

Como médico urologista, vais atender pacientes que apresentem queixas do sistema urinário (homens e mulheres), mas também do sistema reprodutor (homens).

Nas consultas, avalias os sintomas descritos e fazes os exames necessários para chegares a um diagnóstico claro e preciso. Poderás ter de solicitar outros exames para ter certeza do diagnóstico.

Depois de chegares a um diagnóstico claro, prescreves o melhor tratamento a seguir naquele caso em particular, podendo ser por meio de medicamentos, ou por meio de cirurgia.

Caso a cirurgia seja a opção, serás tu o responsável por fazê-la, fazendo todo o acompanhamento pré-operatório, assim como pós-operatório.

Saídas no Mercado de Trabalho

A Urologia é uma das áreas mais complexas e amplas da área da Medicina e, por isso, as oportunidades de trabalho são muito boas também.

De entre as várias oportunidades dentro desta especialidade, destacam-se:

  • Urologia Pediátrica (tratamento de doenças do sistema urinário em crianças e adolescentes)
  • Uroginecologia (incontinência urinária e saúde feminina)
  • Endourologia (tratamento de doenças urológicas detetadas em endoscopias)
  • Andrologia (saúde masculina)

A maioria das vagas de emprego são em hospitais públicos e privados, assim como clínicas privadas. No entanto, é possível também abrir um consultório próprio, embora essa opção geralmente se dê já depois de alguns anos de experiência.

Os médicos urologistas também podem dedicar-se à carreira académica, lecionando em universidades com cursos de medicina, enfermagem, fisioterapia, entre outros cursos da área da saúde.

Como entrar na carreira de Urologista

Em Portugal, para entrar na carreira de Urologista, precisas, antes de mais nada, concluir o mestrado integrado em Medicina (6 anos). Depois concluis um ano de internato médico comum a todas as especialidades.

Só depois entras no internato médico da especialidade em Urologia (72 meses), onde fazes estágios em: Urologia; Cirurgia Geral; e Cirurgia Pediátrica. No 5º ou 6º ano, escolhes entre os estágios opcionais de: Cirurgia Pediátrica; Nefrologia; Anatomia Patológica; Imagiologia; Ginecologia; Cirurgia Vascular; e Cirurgia Plástica (Reconstrução).

No final de cada ano de internato, assim como no final do internato de especialidade, fazer uma avaliação final, com componente teórica, prática e curricular.

Para atuar como médico urologista, é obrigatório estar inscrito na Ordem dos Médicos.

No Brasil, assim como em Portugal, tem de concluir a faculdade de Medicina, com duração de 6 anos, e depois fazer a residência médica ou especialização em Urologia (2 anos).

Após a conclusão da especialização, precisa registrar-se no Conselho Federal de Medicina (CFM) para poder ser considerado especialista. É obrigatório, sempre, o registro dos certificados nos Conselhos de Medicina no estado em que atua para conseguir o Registro de Qualificação de Especialista (RQE).

Onde estudar Medicina

Portugal:

Brasil:

Ficaste interessado em tornar-te Urologista? Sem dúvida, uma especialidade médica que é essencial para a sociedade como um todo, e que pode, sim, fazer toda a diferença na vida das pessoas que sofrem de doenças que afetam o sistema urinário. Investe na tua formação porque vai valer a pena toda a dedicação!

Partilhar:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima