Wine Hunter / Caçador de Vinhos

Wine Hunter - Caçador de Vinhos

Mais sobre a profissão

Modalidades:

Presencial, Ar Livre

Ordenado Médio Mensal:

1000€ - 1500€

Empregabilidade:

Baixa

Disciplinas do secundario:

Geologia História da Cultura e das Artes Química

Idiomas:

Francês, Inglês, Português

O Wine Hunter é um Caçador de Vinhos, conforme a tradução à letra para português. Este profissional passa os dias em busca de novos vinhos para comercializar, seja no seu estabelecimento próprio, seja em lojas ou garrafeiras de outros. Mas vem daí saber tudo sobre a profissão…

O mercado dos vinhos tem longa tradição em vários países, mas está longe de ser uma atividade parada no tempo. Apesar de os saberes ancestrais serem muito importantes no setor, a área tem sido alvo de constantes inovações.

Estamos pensando não apenas nos métodos e nas tecnologias usadas, mas também na forma como se apresentam novos vinhos aos mercados de consumidores. É neste patamar que o Wine Hunter ou Caçador de Vinhos se assume como peça central.

Este profissional não é mais do que um descobridor de novos vinhos. Ele vai viajando pelo mundo, visitando regiões vinícolas, em busca dos melhores rótulos e sabores.

Além do gosto apurado por viagens e por vinho, precisa também de ter uma verdadeira paixão pela área vinícola. Isto porque precisa de ter conhecimentos técnicos e teóricos sobre Enologia e Viticultura para poder apresentar as melhores escolhas.

Mas continua a ler para entenderes mais sobre esta área tão apaixonante…

Quanto ganha um Wine Hunter

É impossível traçar um valor salarial médio para esta profissão, pois os Wine Hunters podem trabalhar em tantas vertentes diferentes que os ganhos podem ser muito variáveis.

Contudo, tal como em muitas outras áreas, a experiência do profissional é determinante para ganhar mais ou menos.

Além disso, o nome que o Wine Hunter possa ter no mercado também é importante. Quando o profissional atinge um nível de reconhecimento, a sua renda será bem mais interessante.

Há ainda que considerar o tipo de empresa para a qual ele trabalha, por exemplo, a sua dimensão e o potencial económico. Será muito diferente trabalhar para um gigante comercial ou para uma pequena garrafeira.

Porém, nessa área, é sobretudo a paixão pelo vinho e pelas viagens que move as pessoas. E quando se consegue aliar estes dois aspetos, o resto vem por acréscimo.

O que faz um Caçador de Vinhos

O trabalho de um Wine Hunter é, essencialmente, selecionar os melhores vinhos. Mas, no fundo, o que ele faz é atestar a qualidade dos vinhos e dos seus métodos de produção.

Podemos dizer que o trabalho de um Caçador de Vinhos é semelhante ao de um curador de arte que tem de buscar as melhores obras para a sua galeria. Na mesma medida, o papel do Wine Hunter é descobrir regiões vinícolas ou conhecer mais aprofundadamente as mais conhecidas para, assim, chegar a novos e marcantes vinhos.

Neste processo, é essencial que tenha conhecimentos técnicos para poder fazer uma boa avaliação dos vinhos. É que não se trata apenas de avaliar em função do seu gosto. Há uma série de requisitos que importa confirmar.

O seu objetivo passa por encontrar os melhores rótulos e garrafas, sempre com o intuito de assegurar experiências sensoriais únicas aos consumidores.

Assim, na sua busca por todos os continentes, o Caçador de Vinhos precisa de degustar milhares de rótulos ao longo do ano. Mas apenas uma pequena percentagem dos vinhos provados acaba por ser selecionada, seguindo uma análise técnica e a avaliação de critérios rigorosos.

Como vês, é uma profissão que, além da paixão, também tem uma base quase científica.

Quais as suas funções

O Wine Hunter tem de encontrar os melhores vinhos para serem vendidos em espaços comerciais, como, por exemplo, garrafeiras, hipermercados ou espaços de varejo ou retalho.

Nessa tarefa, ele está sempre viajando pelo mundo, buscando novos paladares e rótulos para conquistar os consumidores. Assim, o seu papel é determinante até para ditar tendências, pois pode dar destaque a vinhos menos conhecidos, reforçando o seu potencial de mercado.

Em termos gerais, o seu trabalho passa pelas seguintes funções:

  • Degustar amostras de produtores que lhe chegam às mãos
  • Procurar vinícolas interessantes e com potencial
  • Fazer a análise organolética (por exemplo, para avaliar cor, paladar e aromas)
  • Procurar entender toda a história do vinho e da sua produção.

Como é o trabalho de um Wine Hunter?

A missão fundamental de um Caçador de Vinhos é detetar os melhores vinhos sem olhar ao seu preço. Nota que há grandes vinhos que são muito caros, mas também há excelentes vinhos a um custo muito barato.

Assim, é importante que o Wine Hunter consiga avaliar a relação custo-benefício de um vinho. Repara que este produto precisa de ser competitivo no mercado, caso contrário perde interesse comercial.

Aliás, os Wine Hunters profissionais destacam que o trabalho mais difícil é encontrar os bons vinhos a baixo custo.

Como identificar um bom vinho?

Mas, afinal, como se pode identificar um vinho de boa qualidade. Com muita pesquisa e uma boa dose de conhecimento.

O mercado dos vinhos está cheio de milhares de possibilidades. Por isso, é preciso ponderar a qualidade e o preço, mas também potenciais propostas diferenciadas que sejam uma mais-valia para o consumidor.

Assim, o Wine Hunter tem de ter um conhecimento detalhado do mercado e do negócio. Esse profissional é uma figura importante no âmbito da inovação do setor, com o lançamento de novos paladares e de novos métodos de produção.

Mas, além de tudo isto, também deve gostar muito de vinho e tem de saber bebê-lo. A par disso, deve ter algum instinto natural e um bom feeling para “caçar” as melhores escolhas.

Saídas no Mercado de Trabalho

O setor dos vinhos mantém uma dinâmica muito interessante há vários anos e a tendência é para continuar. Há um séquito de apaixonados em torno desta bebida tão marcante para várias regiões do mundo.

Assim, todas as profissões desta área oferecem boas oportunidades. No caso dos Wine Hunters, o mercado tem menos ofertas de emprego. Contudo, os “caça-talentos” de vinhos podem encontrar várias saídas profissionais.

Por um lado, podem trabalhar numa vertente mais comercial, buscando novos paladares e vinhos rentáveis para garrafeiras ou espaços comerciais em geral.

Mas, por outro lado, podem ser consultores, por exemplo, junto de Enólogos ou de Viticultores, ajudando-os a apurar os paladares dos seus vinhos. Essa função permite-lhes influenciar a produção de vinho tendo em conta os padrões e tendências mundiais.

Nesse âmbito, podem ainda sugerir preços ou novas castas de produção, tendo em conta o que é praticado noutros países.

Contudo, um Wine Hunter também pode trabalhar como crítico de vinhos, por exemplo como Blogger ou Blogueiro escrevendo numa publicação da área ou mesmo numa vertente de Jornalista.

Como vês, as hipóteses são várias. O que é essencial é estar bem preparado e gostar muito do que se faz.

Como entrar na carreira de Wine Hunter

Para seres Caçador de Vinhos não precisas de uma formação específica. Mas se tiveres cursos na área dos vinhos e da enologia é uma mais-valia importante, pois vais ter maior credibilidade como profissional.

Contudo, há quem entre na profissão como um hobby, aproveitando o gosto pelas viagens e pelo vinho para conseguir alguns ganhos extra. Mas quando a coisa corre bem, acaba por virar profissão para toda a vida.

Neste sentido, há quem inicie negócios próprios, por exemplo abrindo importadoras de vinhos. Até porque os empregadores tendem a procurar pessoas com experiência ou com nome no mercado, pois é importante ter garantias de que o Caçador de Vinhos sabe o que faz.

Assim, procura fazer uma boa formação e ganhar experiência, seja com estágios ou com viagens por conta própria às regiões vinícolas mais conhecidas.

Lembra-te de que provar muito é fundamental para ficar a conhecer melhor o mundo dos vinhos – mas provar com moderação e responsabilidade!

Onde estudar para Wine Hunter

Existem muitos cursos e formações na área da Enologia e da Viticultura. Portanto, só tens que fazer a escolha/escolhas mais adequadas para o teu perfil.

É importante que percebas bem o que queres fazer e que tipo de conhecimentos sobre vinhos já tens. Assim, deverás apostar num curso que complemente o que já sabes.

Contudo, esse curso deve abordar as variadas vertentes do setor, desde a produção de uvas, passando pela química do vinho até aos diversos estilos e à vinificação.

Para não perderes tempo a procurar, espreita, já de seguida, algumas opções de formação na área dos vinhos…

Portugal:

Brasil:

Em conclusão, o Wine Hunter é um Caçador de Vinhos que percorre o mundo em busca dos melhores rótulos e paladares. Assim, deves aliar paixão e saberes técnicos para conseguires afirmar-te nesta profissão. Achas que estás pronto para o desafio? Qualquer que seja a resposta, desejamos-te muito sucesso!

Partilhar Post

Deixa o teu testemunho

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Scroll to Top