Adegueiro / Técnico de Adega

Adegueiro - Técnico de Adega

Mais sobre a profissão

Modalidades:

Presencial

Ordenado Médio Mensal:

Mínimo - 1000€

Empregabilidade:

Média

Disciplinas do secundario:

Química

Idiomas:

Português

O Adegueiro é a pessoa responsável pela adega, como se pode depreender. Contudo, a profissão pode ser bem mais exigente do que imaginas quando pensas no que faz um Técnico de Adega.

Assim, vem descobrir tudo sobre essa área profissional…

Há várias profissões fundamentais no mundo dos vinhos, mas a de Adegueiro é, sem dúvida, uma das mais relevantes. Esse profissional tem um papel principal em diversas fases importantes da produção de vinho, por exemplo, na descarga e pisagem das uvas.

Contudo, o seu trabalho passa por diversas áreas da organização e gestão de uma adega. Podemos dizer que o Adegueiro é o mestre da ordem nesses espaços onde nasce todo o vinho. Portanto, sem ele, tudo poderia correr muito mal!

Assim, o Técnico de Adega ou Adegueiro apoia os vários serviços desse local, acompanhando o vinho desde as cubas até ao engarrafamento. Desse modo, a garantia de qualidade de todo o processo e da bebida final passa pelas suas mãos.

Mas para exercer essa profissão é preciso ter uma verdadeira paixão pelo vinho.

Vem daí entender tudo o que é preciso sobre esse ofício…

Quanto ganha um Adegueiro

O ordenado de um Adegueiro é muito variável, conforme as funções que tenha. A profissão pode ser bem abrangente e, portanto, tudo dependerá disso.

Mas repara que, nas grandes produções, há uma maior especialização por setores. Assim, o Adegueiro terá uma posição mais focada. Mas nas empresas mais pequenas podem exigir-lhe responsabilidades bem diversificadas. Portanto, os ganhos serão distintos.

No início da carreira, há quem comece por trabalhar como Ajudante de Adegueiro, pelo que terá funções menos qualificadas e um salário mais baixo.

Porém, com o evoluir da experiência, o profissional terá maior autonomia e, por conseguinte, rendimentos melhorados.

Todavia, se o trabalho for feito com paixão, o dinheiro pode nem ser muito importante.

O que faz um Adegueiro

O Adegueiro precisa de ser capaz de planear e implementar as várias etapas de produção do vinho. Nesse sentido, tem de organizar e gerir todas as atividades da adega.

Esse trabalho pode passar por fazer análises e tratamentos, mas também por garantir a manutenção e limpeza dos equipamentos. E pode ter de sujar as mãos, pois pode ter de auxiliar na limpeza de barris e tonéis.

Todavia, também deve conhecer e saber utilizar os vários equipamentos usados na produção de vinho. Assim, tem de detetar e reportar falhas ou avarias, bem como propor eventuais alternativas ou soluções para resolver os problemas.

O seu contributo é determinante no processo de controlo da qualidade do vinho. Mas também tem de zelar pelo cumprimento das normas de higiene e segurança alimentar.

Assim, há uma componente burocrática que lhe pode exigir fazer a gestão e tratamento informático de dados.

Porém, também precisa de estar preparado para pôr as mãos na massa sempre que seja necessário.

Diferença entre Adegueiro e Cavista

As profissões de Técnico de Adega e de Gerente de Cave ou Cavista podem ser confundidas. E embora tenham pontos de toque, há diferenças óbvias entre elas.

Repara que o trabalho de um Cavista está mais relacionado com os processos de armazenamento e de envelhecimento do vinho. Portanto, não passa pelo controle da vinificação.

Assim, o Cavista está mais associado às caves onde se guardam os vinhos, como, por exemplo, as famosas Caves do Vinho do Porto.

Por outro lado, o Adegueiro trabalha mais em proximidade com a fase de transformação das uvas em vinho.

Quais as suas funções

O Adegueiro pode ter uma responsabilidade mais alargada, assumindo, por vezes, até funções que são típicas dos Enólogos. Mas isto acontece apenas nas produções mais pequenas ou com menor capacidade de investimento.

Contudo, na maioria dos casos, o profissional segue orientações do Enólogo, mas também trabalha em contacto direto com o Viticultor e com o Tanoeiro, por exemplo.

Esse profissional acaba por ser um elo de ligação entre os diversos elementos de modo que o vinho saia na perfeição.

Assim, pode ter de executar ou supervisionar as seguintes funções:

  • Limpeza de pipas, barris e equipamentos
  • Movimentar vinhos
  • Trasfegas e tratamento de vinhos
  • Passagens a limpo
  • Registos dos trabalhos efetuados
  • Engarrafamento
  • Acabamento
  • Estabilização
  • Filtração
  • Tiragem e rotulagem
  • Dégorgement
  • Receção e pisagem das uvas
  • Apoio no embalamento
  • Cargas e descargas de vinhos
  • Manutenção da adega
  • Fazer inventários
  • Emitir faturas, recibos e notas de pagamento
  • Manutenção de stock.

Fica connosco para entenderes mais sobre como exercer essa profissão…

Saídas no Mercado de Trabalho

O Adegueiro trabalha, essencialmente, em empresas de vinhos e das indústrias de vinificação e Viticultura. Portanto, há um leque interessante de locais de trabalho onde pode encontrar emprego.

Contudo, repara que essa é uma área um pouco fechada em termos de oportunidades. Na verdade, muitos dos Adegueiros trabalham há vários anos no setor. Assim, podem rodar entre funções, progredindo na carreira, numa mesma empresa, ou ainda ser assediados pela concorrência quando têm nome no mercado.

O mundo dos vinhos é altamente competitivo e está em contínua inovação e mudança. Assim, é essencial saber escolher os melhores profissionais. Por isso mesmo, os recrutadores do setor e os grandes empresários estão atentos a isso.

Portanto, procura ter uma boa preparação académica e ter atenção às chances que te aparecerem. Quando elas não surgirem espontaneamente, sê proativo e procura criar as tuas oportunidades…

Como entrar na carreira de Adegueiro

Há vários critérios que são essenciais para quem quer abraçar esta profissão. A maioria dos empregadores exigem uma formação profissional na área da Enologia. Mas também esperam candidatos com experiência na gestão de adegas.

Portanto, são fatores que deves valorizar para te preparares bem. Além disso, ter carta de condução e disponibilidade para deslocações são outros fatores importantes.

Há profissionais que entram nesta área como Ajudantes de Adega. Portanto, começam por fazer tarefas mais básicas, respondendo a ordens do Adegueiro principal.

Desse modo, conseguem reunir experiência e competências para subir na carreira até poderem gerir eles mesmos uma adega.

Portanto, como em tudo na vida, o sucesso exige dedicação e muito trabalho. Mas, para seres Adegueiro, tens ainda de ser responsável e muito organizado. A capacidade de liderança e de trabalhar em equipa também são essenciais.

Onde estudar para Técnico de Adega

Só a espaços é que aparecem cursos de Adegueiro. Portanto, a maior parte dos profissionais do setor acaba por ter formação nas áreas da Enologia e da Viticultura. Esse é um bom caminho para conseguires uma formação adequada para abraçares esse caminho.

Para te facilitar a vida, segue uma lista com algumas opções que te podem servir para conseguires ser Adegueiro…

Portugal:

Brasil:

Portanto, o Adegueiro é uma das peças-chave da produção de vinho, como pudeste constatar neste miniguia sobre a profissão. Mas repara que é uma área que tem os seus desafios e dificuldades. Achas que tens o que é preciso para agarrar este ofício? Se a resposta é sim, ficamos a torcer por ti e a desejar-te todo o sucesso!

Partilhar Post

Deixa o teu testemunho

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Scroll to Top