Advogado de Entretenimento

advogado de entretenimento

Mais sobre a profissão

Modalidades:

Teletrabalho, Presencial

Matérias relacionadas:

Direito História da Cultura e das Artes Psicologia

Idiomas:

Inglês, Latim, Português

O advogado de entretenimento é um especialista em Direito que presta assistência jurídica a pessoas ou empresas da indústria do entretenimento, como, por exemplo, música, televisão, cinema, media digital, entre outras.

O Direito do Entretenimento é ainda uma área pouco conhecida e, por isso, não existem muitos profissionais especialistas. Tendo em conta que o setor do Direito está muito saturado, se não queres desistir do teu sonho, esta especialidade pode ser uma excelente alternativa.

Neste artigo, vamos mostrar-te tudo o que precisas saber sobre esta especialidade do Direito e como podes tornar-te um advogado de entretenimento de referência.

Vens connosco?

O que faz um Advogado de Entretenimento?

O advogado de entretenimento presta assistência jurídica a pessoas e empresas que estão envolvidas na indústria do entretenimento. Sendo assim, ele trabalha para a televisão, cinema, teatro, música, media digital, entre outras áreas do entretenimento.

Como o Direito é muito abrangente, então é preciso termos profissionais especializados em determinadas áreas para conseguirem prestar um bom serviço. É o caso do entretenimento. Esta é uma área complexa, com vários detalhes que precisamos conhecer.

Quando olhamos para a lei do entretenimento, podemos subdividi-la em litígios e transações. Os advogados de entretenimento podem especializar-se nestas duas categorias, ou apenas numa delas.

Como o Direito do Entretenimento é muito complexo, é importante que os advogados desta especialidade sejam multidisciplinares e versáteis.

O foco do seu trabalho deve ser preventivo. Assim, é essencial que estes profissionais analisem todos os projetos e negócios para assegurar que se encontram em conformidade.

Quais as suas funções

O advogado de entretenimento presta consultoria e oferece os seus serviços a pessoas e empresas da indústria do entretenimento.

Como esta é uma área muito vasta, é comum que os advogados se especializem em determinadas áreas do entretenimento (até porque requer conhecimentos específicos).

No entanto, é possível atuar em todas as áreas do entretenimento, desde que se tenha conhecimentos em diferentes campos jurídicos.

Quando trabalhamos com músicos e atores, por exemplo, temos de conhecer bem tudo o que envolve contratos de trabalho e leis de propriedade intelectual. Já no caso de trabalharmos com produtores de audiovisual, temos de conhecer os direitos de distribuição.

Este especialista em Direito pode, também, estar envolvido apenas com transações. Neste caso, ele vai trabalhar com contratos e acordos entre as partes. Incluem-se aqui, por exemplo:

  • Contratos de talentos e de trabalho
  • Negociações trabalhistas junto de sindicatos
  • Contratos de aluguer de espaços e equipamentos
  • Licenciamentos e regulamentações
  • Direitos de Autor

Se, pelo contrário, estiver envolvido apenas com litígios, vai concentrar os seus esforços em defender os clientes em ações judiciais.

Saídas no Mercado de Trabalho

Em Portugal, embora a área do entretenimento não seja a que mais valores movimenta, ainda se mostra um mercado promissor para quem quer seguir esta carreira.

Como podes trabalhar para a televisão, cinema, teatro, música, publicidade, rádio, assim como para outras empresas e pessoas da indústria do entretenimento, encontras muitas oportunidades de trabalho.

No Brasil, o cenário é bastante animador, com toda a certeza. Como a área do entretenimento está em crescimento contínuo, então a procura por profissionais de Direito especializados em entretenimento é cada vez maior.

Com o mundo digital a ocupar um espaço cada vez maior na vida quotidiana, assim como a proliferação dos vídeos na internet, estima-se que a procura por estes profissionais seja ainda maior nos próximos anos.

Regra geral, este profissional trabalha como autónomo, podendo prestar serviços a:

Como entrar na carreira de Advogado de Entretenimento?

Para seguires a carreira de advogado de entretenimento, deves primeiro tirar a licenciatura em Direito. Em Portugal, não encontras uma especialização/mestrado em Direito do Entretenimento, mas no Brasil esta já está disponível.

Concluído o curso, tens de fazer o exame para entrar na Ordem dos Advogados. Só os advogados da OA podem exercer a profissão, por isso este é um passo indispensável.

Depois, deves procurar trabalho em escritórios de advocacia ou oferecer os teus serviços de forma autónoma. Sem dúvida, com a internet, é mais fácil divulgares o teu trabalho. Por isso, se procuras “andar pelas próprias pernas”, o mundo digital pode dar-te uma grande ajuda.

O estágio pode, também, ser uma excelente oportunidade para entrares no mercado de trabalho. Caso gostem de ti, poderás ficar a trabalhar no escritório.

Onde estudar Direito de Entretenimento?

Como dissemos, para seguires a carreira de advogado de entretenimento, tens de fazer a licenciatura em Direito. Para te ajudarmos, reunimos aqui alguns cursos que te podem interessar.

Portugal:

Brasil:

Gostavas de ser um advogado de entretenimento? Então esforça-te muito ao longo do teu curso, no teu estágio, assim como ao longo da tua carreira. Não é um caminho fácil, mas serás muito feliz ao fazeres aquilo que mais gostas. Sucesso!

Partilhar Post

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Scroll to Top