Advogado

Advogado

O advogado é um profissional formado em Direito, o qual está autorizado para exercer o jus postulandi. Na prática, este profissional é aquele que representa os interesses em juízo, ou fora dele, tanto de pessoas singulares (pessoas físicas) como empresas (pessoas jurídicas). Os advogados são, assim, imprescindíveis para a justiça, pois são elfes que asseguram a defesa dos interesses de todos os cidadãos.

Outros nomes para esta profissão:

  • Modalidades: Teletrabalho, Presencial
  • Ordenado Médio Mensal: 1500€ - 2000€
  • Empregabilidade: Média
  • Empregabilidade: Trabalho Solitário, Trabalho em Equipa
  • Disciplinas do Secundário/ensino médio: Direito, Filosofia, História, Línguas, Literatura
  • Idiomas: Inglês, Latim, Português

Sendo assim, esta profissão é uma das mais nobres da sociedade, tendo em conta que garante o direito de defesa a todos os cidadãos. Por isso, mais do que uma profissão, é um encargo público, pois faz parte do Poder Judiciário.

Os advogados podem, ainda, especializar-se em algumas áreas, como o direito criminal (criminalista), por exemplo. Sem dúvida, essa é uma das formas que estes profissionais têm para subir na carreira.

Se está a pensar seguir a profissão de advogado, então continue a ler este artigo e saiba o que faz este profissional no seu dia a dia, quais as funções que desempenha em diferentes áreas de atuação, quais as saídas no mercado de trabalho e como pode entrar nesta carreira. Confira!

O que faz um Advogado?

O advogado tem como principal objetivo defender os interesses dos seus clientes, sejam eles pessoas singulares (físicas) ou coletivas (jurídicas), de acordo com as leis vigentes no país em questão.

Inicialmente, o profissional conversa com o seu cliente para que este exponha a situação pela qual está a passar. Poderá procurá-lo para acusar alguém que o esteja a prejudicar de alguma forma, ou então pode procurá-lo para compor a sua defesa em um caso judicial.

Depois dessa reunião preliminar, o advogado prepara a defesa ou acusação de acordo com as particularidades do caso.

O advogado estará presente na audiência perante o juiz, e será ele o porta-voz do seu cliente no caso da acusação, assim como na defesa.

Quais as suas funções

O advogado pode exercer diversas funções, as quais variam de acordo com a área de atuação em que está inserido. Como dissemos inicialmente, os advogados podem especializar-se em determinadas áreas, o que o torna um especialista naquela área de atuação. Sendo assim, é importante olharmos para as principais.

Direito do Trabalho e Segurança Social (Direito Trabalhista e Previdenciário)

O advogado especialista em trabalho e segurança social (previdência) atua, em grande parte, em processos entre empregados e empresas, podendo representar uma ou outra parte.

A maioria dos casos nesta área dizem respeito a rescisões de contrato de trabalho, não pagamento de comissões e erros no cálculo de férias e horas extras.

Neste caso, os advogados analisam todas as questões que os seus clientes apresentam e tenta chegar a um acordo com ambas as partes. O profissional tenta, sempre, evitar um processo jurídico. Só quando as partes não entram num acordo é que o advogado elabora o caso e leva-o ao Tribunal de Justiça.

Para conseguir obter um caso sólido, poderá recolher testemunhas e reunir depoimentos. É ele que fará todo o acompanhamento do processo. Além disso, deve orientar os seus clientes sobre a forma como devem proceder nos seus depoimentos.

Direito Penal e Contra-Ordenacional

O profissional especialista em direito penal designa-se de advogado criminal (criminalista), o qual representa a defesa do acusado de um crime, ou da vítima. É sua função elaborar a defesa do cliente em todas as ações penais e acompanha-o em inquéritos preliminares.

Caso tenha sido contratado por uma pessoa que já esteja presa, ele vai atuar para a revogação da prisão, ou para uma diminuição da pena. É também este profissional que entra com pedidos de liberdade provisórias, de forma a que o acusado possa responder ao processo em liberdade.

Este especialista também atua no direito penal empresarial, elaborando acusações, ou defesas, em vários tipos de crimes, como sonegação fiscal, branqueamento de capitais, entre outros.

Direito Civil

O advogado especialista em direito civil fica responsável pode defender os direitos civis dos seus clientes, sempre que estes sintam que foram prejudicados em diversos tipos de situações, como heranças, transações, contratos, entre outras.

Direito Fiscal (Tributário)

Neste caso, o profissional fica responsável por casos que estejam relacionados com o pagamento de tributos e impostos. Poderá atuar preventivamente, prestando consultoria às empresas, ou pode atuar no contencioso, acompanhando o processo de execução fiscal e defendendo o património dos clientes visados.

Direito Comercial e Societário (Empresarial)

Todas as empresas e organizações, sejam elas micro, pequenas, médias ou grandes empresas, precisam de um acompanhamento jurídico. Quando falamos de grandes empresas, estas costumam ter um departamento jurídico, enquanto as pequenas e médias empresas preferem contratar, ocasionalmente, estes serviços.

Nesta área, o advogado fica responsável pela segurança jurídica da empresa, assegurando a legalidade de ações trabalhistas, tributárias, entre outras.

Saídas no Mercado de Trabalho

A advocacia é uma das carreiras mais antigas, sendo, ainda hoje, considerada uma das mais nobres e importantes. Não é à toa que os nossos pais, ou alguns deles, sonham em ver um filho formado em Direito, assim como acontece com Medicina.

É por essa razão que se tornou um curso bastante concorrido e procurado por jovens, mas também profissionais que estão à procura de uma nova carreira.

Tendo em conta em panorama, deparamo-nos com um excesso de profissionais da área, não havendo vagas de emprego suficientes para tantos recém-formados.

A boa notícia é que existem tantas áreas de especialização no direito que é possível escolher uma ou outra área que nos dê uma melhor perspetiva de trabalho. Além disso, estas especializações sempre nos garantem uma maior probabilidade de emprego e progressão na carreira.

Quem tira o curso de direito pode, efetivamente, trabalhar em diversos espaços, como escritórios de advocacia e empresas em departamentos de finanças, recursos humanos, jurídicos, contabilidade ou segurança.

Como entrar na carreira de Advogado

Para atuar como advogado em Portugal deverá concluir a licenciatura em Direito. Se quiser especializar-se em uma determinada área, tirando um mestrado e fazendo a especialização que deseja.

Além disso, os advogados, precisam fazer um Exame Final, para poderem ser aprovados na Ordem dos Advogados, obrigatório para exercer a sua profissão.

No Brasil, necessita concluir o bacharelado em Direito e precisa, da mesma forma, estar inscrito nos quadros da Ordem dos Advogados do Brasil. Assim como acontece em Portugal, é obrigatória a realização de um exame para a entrada na ordem.

Onde estudar Direito

Portugal:

Brasil:

Se o seu sonho é ser advogado, se sempre se viu com a batina preta, então não deixe de investir nos seus estudos e na sua formação académica. A verdade é que sempre existe um lugar reservado para os bons profissionais, e você será um deles! Força!

Partilhar:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima