Alpinista Industrial / Técnico de Acesso

alpinista industrial

Resumo da profissão

Modalidades:

Ar Livre

Matérias relacionadas:

Educação Física Materiais e Tecnologias

Idiomas:

Inglês, Português

O alpinista industrial, também chamado de técnico de acesso, é um profissional que realiza trabalho vertical (também chamado de alpinismo industrial, acesso por corda ou simplesmente por rappel). Este tipo de trabalho permite realizar trabalhos em altura na construção civil, muito útil quando não precisamos trabalhar em locais de difícil acesso e sem termos estruturas de apoio (como andaimes ou plataformas elevatórias, por exemplo).

O alpinismo industrial é uma técnica cada vez mais usada, principalmente em atividades de inspeção, manutenção e reparação de fachadas (não só de edifícios, mas também de estruturas residenciais e industriais). Também é muito usada na montagem de anúncios (outdoors) e na limpeza de vidros e fachadas de grandes prédios.

Para quem gosta de trabalhos mais físicos e não tem um problema com alturas, esta pode ser uma excelente oportunidade de carreira. São trabalhos muito bem remunerados, pois exige uma certificação própria e não existem muitos profissionais no mercado de trabalho.

Se queres saber mais sobre esta profissão, continua connosco. Aqui vamos mostrar-te tudo o que faz um alpinista industrial, quais as suas funções no dia a dia, as possíveis saídas profissionais, assim como outras dicas para entrares nesta carreira com o pé direito.

O que faz um Alpinista Industrial / Técnico de Acesso?

O alpinista industrial realiza trabalhos verticais na área da construção civil, equipado com cordas, arnês e equipamentos de fixação das cordas (sempre que os locais não tenham condições para as ancorar), os quais permitem que ele realize subidas e descidas com liberdade de movimentos e sem necessidade de construção de estruturas de apoio (como andaimes ou plataformas elevatórias).

É essencial que este trabalho seja feito sempre com o máximo de segurança, fazendo uso constante dos equipamentos de segurança individual (como o capacete, por exemplo), mas também fazendo uso de um sistema anti-queda (trava a corda sempre que se deteta um choque ou uma aceleração súbita), linhas de vida, descensores, mosquetões, entre outros materiais de segurança.

Geralmente, os serviços do técnico de acesso são contratados para projetos em que a construção de estruturas de apoio (como dispositivos de elevação, andaimes ou plataformas) são impossíveis ou inviáveis (em termos económicos, técnicos ou estruturais).

Quais as suas funções

O alpinista industrial, ou técnico de acesso, tem como principal função realizar trabalho vertical, ou seja, fazer trabalhos em altura usando cordas e outros equipamentos de segurança e mobilidade.

Estes trabalhos podem ser de muitos tipos, mas geralmente incluem serviços de:

  • Inspeção
  • Reabilitação
  • Manutenção
  • Construção

Não atua somente em edifícios residenciais e, na verdade, são em grandes obras e edifícios industriais que os técnicos de acesso mais atuam (por exemplo, na reabilitação de pontes, construção de barragens, manutenção de viadutos, construção de estruturas metálicas, entre outros).

Pode também executar outras tarefas, como, por exemplo:

  • Limpeza e manutenção de fachadas e vidros de edifícios
  • Decapagem
  • Reparação
  • Pintura
  • Corte
  • Manuseamento de material pesado

O alpinismo industrial traz várias vantagens quando comparamos com os métodos tradicionais de acesso. Além de permitir chegar a locais inacessíveis, tem um custo-benefício muito grande (pois o acesso por corda é mais económico do que andaimes, por exemplo, além de ser um processo mais rápido, pois não envolve a montagem e desmontagem de estruturas).

Outra das vantagens do alpinismo industrial é que é um método muito seguro para os profissionais certificados (são aqueles em que se registam menos casos de lesões e ferimentos em várias indústrias).

Saídas no Mercado de Trabalho

O alpinista industrial atua, maioritariamente, no setor da construção civil, principalmente me trabalhos de inspeção, manutenção, reabilitação e construção de vários edifícios, não só residenciais, mas também de pontes, barragens, viadutos, turbinas eólicas, estádios, tanques e silos industriais, embarcações, guindastes, estruturas metálicas, entre outras estruturas, edifícios e instalações industriais.

Os técnicos de acesso também podem atuar nas áreas da limpeza, pintura, reparação, decapagem, soldagem e corte.

Como entrar na carreira de Alpinista Industrial / Técnico de Acesso?

Para seguires a profissão de alpinista industrial, também chamada de técnico de acesso, tens de ter a especialização em alpinismo industrial. Ou seja, tens de ser certificado para realizar trabalho vertical numa instituição profissional de acesso por corda.

Os cursos que incluem o Sistema IRATA são dos mais reconhecidos, até porque foi a IRATA Internacional que desenvolveu o acesso por corda industrial (nos anos 80 no Reino Unido) e é um dos métodos mais usados nas áreas da construção civil, indústria de extração de petróleo e gás offshore, assim como em projetos de construção, ambientes naturais e construídos. São também reconhecidos os Sistemas GWO (Global Wind Organization), ActSafe e ITRA.

Durante a formação, terás uma preparação profissional e psicológica, assim como vais aprender todos os procedimentos técnicos e de segurança para o trabalho vertical.

Onde estudar para Alpinista Industrial / Técnico de Acesso?

Ter um curso de especialização de alpinismo industrial ou de acesso por cordas é indispensável para quem quer ser alpinista industrial. Procura por cursos que tenham as certificações acima mencionadas (principalmente IRATA), pois valoriza muito o teu currículo.

Para te ajudarmos, deixamos aqui alguns cursos que te podem interessar. Espreita!

Portugal:

Brasil:

  • Curso em Alpinismo Industrial – Alpiend
  • Curso de Acesso por Corda – Invista

Gostavas de ser alpinista industrial? Então procura uma instituição profissional com uma formação reconhecida para tirares o teu curso e começares a tua carreira com o pé direito. Nós, do Guia das Profissões, desejamos que alcances tudo aquilo que desejas e que te sintas realizado com a tua profissão. Sucesso!

Partilhar Post

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *