Artes Visuais

artes-visuais

O profissional formado em Artes Visuais é aquele que segue a carreira de artista visual, ou artista plástico. Este pode recorrer a diferentes técnicas, linguagens e materiais para poder expressar os seus sentimentos, ideias, ideais, sonhos… Isso quer dizer que pode trabalhar com pintura, desenho, escultura, gravura, ou até arte digital!

Outros nomes para esta profissão: Artes, Artes Aplicadas, Artes Plásticas, Desenho e Plástica, Escultura, Expressão Gráfica, Gravura, Pintura

  • Modalidades: Presencial, Ar Livre
  • Ordenado Médio Mensal: 1000€ - 1500€
  • Empregabilidade: Baixa
  • Empregabilidade: Trabalho Solitário, Trabalho em Equipa
  • Disciplinas do Secundário/ensino médio: Desenho, Geometria Descritiva, Matemática, Materiais e Tecnologias, Multimédia, Oficina de Artes
  • Idiomas: Francês, Inglês, Português

Se está a pensar seguir esta carreira, então descubra tudo o que esta profissão lhe permite fazer, como é o mercado de trabalho, e como pode ingressar nela! Confira!

O que faz um Artista Visual?

O artista visual, ou artista plástico, expressa as suas ideias, sonhos, pensamentos, mensagens, através de diferentes materiais, como, por exemplo, tinta, gesso, argila, papel, madeira, metais, entre outros. Atualmente, com o avanço da tecnologia, o artista plástico pode, também, usar programas de computador, ou outras tecnologias, para criar as suas artes visuais.

Pode, também, fazer ilustrações e desenhos para uso comercial e editorial, para sites, publicidades, entre outros.

Além disso, este profissional pode trabalhar numa galeria ou museu, dedicando-se ao mercado de artes. Pode atuar como comprador e vendedor de arte, elaborar exposições, e organizar projetos.

O curso de Artes Visuais permite que os recém-formados possam dar aulas de Desenho e Artes Plásticas, mas também permite especializar-se em campos específicos, como jornalismo de arte e história da arte.

Se quer ser um bom profissional, então é importante que esteja atento a todas as tendências no mundo da arte. A procura por conhecimento é fundamental se queremos estar sempre na vanguarda. Afinal, qualquer artista precisa evoluir e desenvolver o seu trabalho, ou corre o risco de ficar para trás.

O mundo artístico é dos primeiros a sofrer alterações sempre que algo tende a alterar na sociedade em geral. Sem dúvida, assistimos a esses movimentos ao longo de toda a História! Os movimentos artísticos antecipam os movimentos sociais, e por isso é fundamental manter-se atento, não só às tendências que já se verificam, mas também aos movimentos sociais que estão a surgir para se antecipar no movimento artístico correspondente.

Além disso, o artista deve, claro, ser criativo. A inovação é o ponto mais importante nas artes visuais, e não é difícil perceber porquê! Todos os artistas que ficaram marcados na História inovaram em algum sentido, e foi essa inovação que os fez, que os marcou para sempre!

Quais as suas funções

Os Artistas Visuais têm como função exprimir as suas ideias e sentimentos por meio de diversos materiais. No entanto, eles podem desenvolver uma série de atividades relacionadas com as Artes Visuais, como por exemplo:

  • Analisar e Avaliar obras de arte para leilões e vendas
  • Selecionar obras de arte e artistas visuais para exposições ou acervos permanentes
  • Organizar exposições
  • Criar esculturas usando diferentes materiais, gravuras, pinturas e desenhos em tela, papel, parede, ou outro suporte
  • Criar ilustrações e desenhos animados
  • Dar aulas em escolas, desde o ensino primário (educação infantil), ao ensino secundário (médio), e até universitário (desde que tenha o Mestrado ou Doutoramento, em Portugal, ou uma pós-graduação, no Brasil)
  • Recuperar obras de arte ou objetos de arte

Saídas no Mercado de Trabalho

O mercado de trabalho em Artes Visuais, como deve supor, não é grande, apesar de poderem atuar em diferentes áreas. A verdade é que a cultura, em si, como um todo, não é valorizada pelos Governos, o que leva a uma desvalorização destes profissionais, erradamente.

Sendo assim, o mais comum é que estes profissionais atuem como artistas autónomos, ao mesmo tempo que exercem uma profissão paralela para um empregador.

Uma das opções é a Indústria Têxtil, onde o artista visual pode trabalhar na produção de novas coleções, criando estampas diferentes, ou cortes diferentes para as roupas.

Os museus continuam a ser os maiores empregadores dos recém-formados em Artes Visuais, os quais organizam exposições, guiam os visitantes, mas também podem atuar na conservação e restauração de obras danificadas.

É também possível trabalhar na área da multimédia, na produção de filmes animados (filmes de animação), ou conteúdos visuais para a Internet e televisão. No entanto, esta é uma área que ainda contrata poucos profissionais.

Outra área que é, muitas vezes, a “salvação” dos artistas visuais é o ensino. Tendo em conta a falta de opções e vagas de emprego, as aulas de desenho e artes plásticas são uma excelente opção.

Como entrar na carreira de Artes Visuais

Para ser artista plástico, não é obrigatório, mas é ideal que tenha o curso de Artes Visuais, especialmente se quiser destacar-se em atividades profissionais que não a criação artística freelancer.

No Brasil, a graduação em Artes Visuais tem a duração de 4 anos, e ela foca no desenvolvimento da reflexão, percepção, crítica e produção artística. Sendo assim, tem matérias de componente teórica, assim como disciplinas práticas.

Apesar de cada faculdade oferecer a sua própria grade curricular, existem algumas matérias que são comuns, pois são disciplinas essenciais para a formação em Artes Visuais. São elas:

  • Arte, Estética e Filosofia
  • História da Arte
  • Linguagem da Fotografia
  • Linguagem do Desenho
  • Comunicação Humana

Onde estudar Artes Visuais

Portugal:

Brasil:

Se quer seguir a sua carreira em Artes Visuais, saiba que esse não é um caminho fácil! No entanto, quem ama o que faz, sempre consegue chegar à glória, pois torna-se um profissional dedicado. Pode ser um caminho árduo, mas é muito gratificante também!

Partilhar:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima