Demógrafo

Demógrafo

O demógrafo estuda a demografia de um país ou região, ou até do mundo. A demografia é o estudo da população, da densidade populacional, da sua movimentação, das condições de vida, entre outros fatores importantes que são essenciais para termos um conhecimento completo da população.

Outros nomes para esta profissão:

  • Modalidades: Presencial
  • Ordenado Médio Mensal: 1500€ - 2000€
  • Empregabilidade: Média
  • Empregabilidade: Trabalho em Equipa
  • Disciplinas do Secundário/ensino médio: Geografia, História, Línguas, Literatura, Sociologia
  • Idiomas: Francês, Inglês, Português

A demografia é, sem dúvida, uma das ciências sociais mais importantes quando falamos de estudos geográficos. Esta ciência permite analisar toda a dinâmica populacional, dando dados estatísticos e analíticos fundamentais para entendermos como as pessoas estão organizadas.

É através desta ciência que conseguimos ter uma maior compreensão das diferenças existentes entre diferentes regiões de um país. Mas também nos permite entender as diferentes relações que se estabelecem entre as nações.

Se quer saber mais sobre esta profissão, então continue a ler este artigo e descubra o que faz um demógrafo na sua rotina de trabalho, as funções que desempenha, quais as saídas no mercado de trabalho que tem disponíveis, e o que precisa fazer para entrar nesta carreira. Confira!

O que faz um Demógrafo?

O demógrafo é um profissional da área das ciências sociais e dedica-se ao estudo populacional. Ele faz uma análise de vários dados quantitativos, maioritariamente recolhidos pelos profissionais de estatística.

Depois de fazer uma análise desses dados, tiram as suas interpretações, sempre com base científica. Por isso, eles transformam os dados quantitativos numa análise qualitativa, ou seja, tiram conclusões a partir dos números.

A partir dessas conclusões, é possível fazer um “mapa” dos aspetos demográficos. Estes servem de base para vários estudos sociais, de outras áreas das ciências sociais, como a sociologia, por exemplo.

As políticas governamentais são, sem dúvida, as maiores beneficiadas dos estudos demográficos, pois elas são formuladas de acordo com as conclusões tiradas nesses estudos.

Com toda a certeza, as informações dadas pelos institutos de estatística e demografia são muito importantes para encaminhar as políticas governamentais. É com essas informações que conseguimos distribuir os recursos nos setores e regiões mais necessitados. Além disso, permitem que os investimentos sejam feitos em áreas que precisem ser apoiadas e desenvolvidas.

Os demógrafos ficam responsáveis por recolher os dados populacionais, analisá-los e interpretá-los. Estes estão relacionados com vários fatores sociais, como, por exemplo, a educação, a saúde, a economia, o meio ambiente, entre outros.

O seu principal objetivo é perceber como a população tem impacto na qualidade de vida e no meio ambiente. Por isso, é comum que os demógrafos trabalhem com outros profissionais, como sociólogos, antropólogos, geógrafos, estatísticos e matemáticos.

Quais as suas funções

O demógrafo pode exercer muitas funções, e o foco do seu trabalho varia de acordo com a área de atuação em que trabalha. Sendo assim, é importante olharmos para as diferentes áreas que os demógrafos podem seguir. Vejamos!

  • Estudo populacional – O profissional que trabalha nesta área fica responsável por analisar os diferentes dados referentes à população. Depois, ele interpreta esses dados tendo em conta o contexto económico, histórico e cultural.
  • Estudo familiar – Ao atuar nesta área, o demógrafo estuda taxas de natalidade, taxas de fecundidade, e taxas de saúde da família. Assim conseguem-se estabelecer panoramas para cada um dos contextos e regiões.
  • Migração – O profissional dedica-se ao estudo da movimentação dos indivíduos, não só entre países diferentes, como dentro do mesmo país. Ele também analisa as mudanças que essas movimentações acarretam.
  • Geoprocessamento – Com a ajuda de programas de computador, os demógrafos conseguem interpretar os dados populacionais e geográficos.
  • Meio Ambiente – Os demógrafos podem, também, dedicar-se ao impacto que as populações têm no meio ambiente, e vice-versa. Sendo assim, ele tenta interpretar os dados para analisar como as populações alteram o meio ambiente, assim como as mudanças climáticas e mudanças ambientais alteram as dinâmicas das mesmas.

Saídas no Mercado de Trabalho

O mercado de trabalho para o demógrafo é bastante favorável, tendo em conta que se trata de uma ciência multidisciplinar, o que significa que poderá atuar em diversos setores. Institutos de pesquisa públicos (governamentais) são, sem dúvida, os maiores contratantes destes profissionais, como o Instituto Nacional de Estatística (Portugal) e o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (Brasil).

A carreira académica é também uma opção muito procurada pelos demógrafos, podendo dar aulas nas universidades e no ensino básico (fundamental) e secundário (médio).

Poderá, ainda, trabalhar com consultoria para empresas, ou para organizações não-governamentais.

Grandes pesquisas regionais e nacionais, como o caso dos censos, requerem a presença e o trabalho destes profissionais.

Como entrar na carreira de Demógrafo

Para entrar na carreira de demógrafo necessita concluir o curso universitário de geografia ou serviços sociais, seguindo a especialização de demografia. Em Portugal, a licenciatura tem a duração de 3 anos, mas é fundamental que prossiga os planos de estudo e conclua o mestrado na área, para poder exercer a profissão na sua total amplitude.

Se quiser seguir a carreira académica e trabalhar na universidade, dando aulas e fazendo pesquisas, é preciso concluir o doutoramento.

No Brasil, tem disponível um programa de pós-graduação em demografia para os níveis de mestrado e doutorado. Primeiramente, deverá concluir o curso de geografia, seguindo para a pós-graduação em demografia.

Onde estudar Demografia

Portugal:

Brasil:

Se quer seguir a carreira de demografia é essencial que siga os seus estudos académicos. Ser demógrafo pode ser, sem dúvida, uma carreira de futuro, até porque existem muitas vagas de emprego na área, ainda mais por se tratar de um profissional especializado. Se gosta desta área, invista na sua formação e especialização. Ao sucesso!

Partilhar:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima