Biotecnologista / Biotecnologia

Biotecnologia - Biotecnologista

Mais sobre a profissão

Modalidades:

Presencial

Matérias relacionadas:

Biologia Matemática Química

Idiomas:

Inglês, Português

O Biotecnologista é o profissional de Biotecnologia que acumula saberes em várias áreas, por exemplo, Biologia, Química, Física, Informática e Estatística. Portanto, aplica esses conceitos na Saúde, na Alimentação e no Ambiente. Mas vem saber tudo da profissão…

A Biotecnologia é uma área que tem vivido grandes avanços nos últimos anos. Atualmente, pode aplicar-se a quase todas as áreas da nossa vida, desde a produção de medicamentos até à indústria alimentar e ao ambiente.

Como é fácil entender pelo nome, a Biotecnologia é a junção entre tecnologia e Biologia. Portanto, esse conceito é bem recente, tendo surgido há cerca de quatro décadas. Contudo, a sua essência existe há milhares de anos. Vê que já no Antigo Egito se aplicavam os seus conceitos na produção de cerveja.

Mas os últimos avanços nesse setor foram muito relevantes nos últimos anos. E, hoje em dia, ser Biotecnologista tem uma boa parte que soa a ficção científica. É, assim, um trabalho apaixonante e desafiante.

Vem entender melhor o que é essa ciência em constante evolução…

O que é Biotecnologia?

A Biotecnologia é uma ciência multidisciplinar que envolve princípios da Biologia, da Química e da Física, entre outras ciências. Mas também abarca tecnologia de ponta, informática e estatística, entre outros conceitos.

Assim, os Biotecnólogos trabalham com organismos vivos, por exemplo células ou genes, para chegar a um produto final. Desse modo, precisam de dominar as áreas da Biologia molecular e genética, entre outras.

Portanto, podem ajudar a produzir biocombustíveis, mas também medicamentos ou vacinas. Repara que a Biotecnologia foi essencial para o desenvolvimento das vacinas contra a covid-19 em tempo recorde.

O Biotecnologista também actua na pesquisa e produção de alimentos e bebidas, Mas ainda intervém na criação de materiais para uso de pessoas e animais. Sabias que esse profissional é essencial na fermentação láctea que permite fazer queijos e iogurtes? É assim mesmo.

Além disso, trabalha com terapias celulares e genéticas e na produção de órgãos humanos em laboratório, por exemplo o fígado para doentes hepáticos, ou pele para vítimas de queimaduras graves.

Portanto, é uma ciência desafiante e com ampla atuação.

Quanto ganha um Biotecnologista

O Biotecnologista pode receber salários bem interessantes, sobretudo se trabalhar na indústria farmacêutica ou no campo da genética.

Mas o valor salarial vai depender sempre do setor de atuação, pois algumas áreas são mais complexas do que outras.

A experiência do profissional também é relevante para o ordenado, bem como o seu grau de especialização.

Contudo, essa é uma área com forte potencial em termos de ganhos, uma vez que a sua importância tende a crescer na nossa sociedade. Assim, se o dinheiro é um fator de peso para ti, essa pode ser uma boa opção.

O que faz um Biotecnologista

O profissional de Biotecnologia pode atuar em áreas muito distintas. Assim, acumula saberes de áreas como a Engenharia Bioquímica, a Engenharia Biomédica e até do âmbito do Biólogo ou do Geneticista.

Portanto, a sua atuação pode ir do desenvolvimento de novos medicamentos à criação de novos produtos alimentares. Mas também pode passar pela melhoria genética de plantas, por exemplo.

Desse modo, pode trabalhar nos setores da Saúde, na Agricultura, na Química ou nas áreas ambiental e alimentar, entre outras.

Confirma algumas das atividades que esses profissionais podem realizar:

  • Melhoria genética de plantas
  • Controlar pragas na agricultura
  • Desenvolver medicamentos e terapias
  • Criar softwares para análise de dados genéticos
  • Realizar testes a cosméticos e medicamentos
  • Identificar novos compostos para cosméticos (anti dade, por exemplo)
  • Controlar qualidade nas indústrias alimentar, farmacêutica e química
  • Analisar materiais
  • Melhorar bioprocessos
  • Consultoria científica para empresas
  • Vendas ou Marketing em empresas especializadas
  • Analisar leis quanto a transgénicos ou biofármacos.

Assim, fica evidente que o Biotecnólogo pode fazer uma série de coisas distintas dentro do seu setor de atuação. Só tens de perceber onde te encaixas melhor.

Quais as suas funções

Mas se o Biotecnologista pode fazer uma série de coisas diferentes, o seu trabalho centra-se em alguns aspetos fundamentais. No fundo, dedica-se sempre à aplicação da tecnologia e de princípios da Biologia e da Química.

Assim, algumas das principais tarefas que esse profissional pode executar são as seguintes:

  • Pesquisas científicas (de novos medicamentos, plantas ou alimentos, por exemplo)
  • Avaliar e prevenir contaminação da água e do solo
  • Estudar o uso de micro-organismos
  • Analisar medicamentos e substâncias químicas
  • Fazer melhorias genéticas em plantas
  • Desenvolver soluções para combater bactérias
  • Controlar micróbios na indústria alimentar.

Contudo, é preciso perceber que o campo de atuação pode ser limitado a algumas áreas de pesquisa. E é disso que falaremos de seguida.

Tipos de Biotecnologia

A Biotecnologia tem várias aplicações possíveis, mas podemos agrupá-las nas seguintes sete áreas de pesquisa:

  • Vermelha – associada ao desenvolvimento de vacinas, medicamentos, órgãos artificias e terapias.
  • Verde – aplica-se à Agricultura, por exemplo, para o controle de pragas.
  • Branca – é a área dos biocombustíveis.
  • Amarela – relacionada com a produção de alimentos, por exemplo de óleos com menos gorduras saturadas.
  • Azul – prende-se com os uso dos recursos do mar para criar produtos cosméticos e de saúde.
  • Cinza – centrada na redução da poluição e na conservação dos ecossistemas.
  • Dourada – é a Bioinformática e relaciona-se com a obtenção e análise de dados genéticos.

Mas vem agora entender como podes fazer parte desse mundo…

Saídas no Mercado de Trabalho

A Biotecnologia é uma área em ampla expansão e há cada vez mais procura por esses profissionais. Portanto, tem bastante saída, até porque tem elevado potencial financeiro.

Repara que, em 2019, a Biotecnologia foi um dos setores mais rentáveis na Bolsa de Valores de Nova Iorque. Um sucesso que se prende com o facto de poder ser utilizada em quase todas as áreas da nossa vida.

Mas a área dos Cosméticos é uma das mais promissoras em termos de emprego. Contudo são as indústrias farmacêutica e alimentar que mais nessa área.

A Bioinformática também oferece boas chances e é uma área em amplo crescimento.

Porém, os Biotecnologistas podem trabalhar em indústrias, centros de pesquisas e laboratórios, mas também em universidades e empresas públicas.

Além disso, podem ainda encontrar emprego em estações de tratamentos de água e em equipas de Estudos de Impacto Ambiental. Mas ainda podem fazer assessoria técnica e consultoria científica em empresas privadas.

Portanto, são muitas as saídas possíveis. Basta que encontres o teu caminho.

Como entrar na Biotecnologia

A formação superior é obrigatória para quem sonha com uma carreira em Biotecnologia. Trata-se de uma área científica e que exige muito rigor, portanto é essencial ter uma formação sólida.

Além disso, pode ser vantajoso ter uma especialização nesse âmbito mais focada na Saúde, por exemplo, ou noutra área. Tudo depende também do tipo de trabalho que queres fazer.

Mas o primeiro passo a tomar é mesmo escolher um bom curso universitário. Só isso vai garantir que ficas capacitado/a para abraçar um mercado de trabalho onde o grau de exigência é grande. Esse passo vai levar-te a um estágio que é, muitas vezes, uma porta aberta para um emprego.

Portanto, basta fazer a escolha certa e deixar que o melhor de ti se manifeste!

Onde estudar Biotecnologia

Há cada vez mais cursos na área da Biotecnologia dado a crescente procura de profissionais no mercado. Mas esse é um curso bem exigente.

Portanto, prepara-te para estudar muito em disciplinas como Matemática, Química, Estatística e Microbiologia, entre outras.

Confere de seguida algumas opções de formação que te podem interessar em Biotecnologia:

Portugal:

Brasil:

Agora que já sabes o que se faz em Biotecnologia e o que é um Biotecnologista percebeste que é uma área tão desafiante como exigente. Portanto, é uma profissão para quem gosta do rigor científico, mas também dos imprevistos da Biologia. Estás preparado/a para o desafio? Estamos a torcer por ti e desejamos muito sucesso.

Partilhar Post

Deixa o teu testemunho

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Scroll to Top