Cartomante

Cartomante

Mais sobre a profissão

Modalidades:

Teletrabalho, Presencial

Matérias relacionadas:

Psicologia Sociologia

Idiomas:

Português

A/O Cartomante é a pessoa que usa cartas de baralho para “ler” a sorte e prever o futuro. A Cartomancia é uma atividade esotérica envolta em mistério. Por isso mesmo, pode ser encarada com alguma desconfiança.

Mas, na verdade, é uma profissão como outra qualquer que exige formação adequada e a experiência devida.

A Cartomancia passa, então, por usar baralhos de cartas para praticar as chamadas “artes de adivinhação”. Estes baralhos podem ser dos mais comuns, ou conter imagens simbólicas, ou até ser de jogos de poker.

No Brasil, há Cartomantes que usam o baralho “Petit Lenormand”. Portanto, estes profissionais são também conhecidos como “Lernormancistas”. Mas há também os que usam a Sibilla, um tipo de baralho muito conhecido em Itália.

O que é certo é que os profissionais da Cartomancia precisam de estudar as cartas em profundidade, para saber interpretar e “ler” os seus simbolismos às pessoas. Mas, para lá disso, precisam também de saber comunicar e de falar com os seus clientes.

Há quem acredite que não é o futuro que se “lê”, mas antes a energia da pessoa que é projetada nas cartas. Assim, o papel do Cartomante será “traduzir” essa energia e projetar o futuro para ajudar a pessoa a tomar decisões.

Fica connosco para saberes mais sobre esta profissão tão misteriosa…

O que faz um Cartomante

Há vários tipos de Cartomancia, por exemplo, pode ser associada a práticas terapêuticas, ou estar mais focada em previsões do futuro. Mas, independentemente da área de atuação, o Cartomante tem de ter uma perspetiva geral do negócio.

Portanto, não se trata apenas de lidar com o lado esotérico. É necessário também entender algo de Administração e até de Finanças, bem como saber fazer um bom Marketing pessoal, pois é preciso vender o trabalho.

Por outro lado, o trabalho em si passa por conhecer profundamente as cartas e a sua simbologia. Estes baralhos de cartas podem ser os mais comuns, daqueles que temos em casa, mas também pode ser:

  • Divinatórios (ou seja, para adivinhação)
  • Sibilla
  • Petit Lenormand (ou Baralho Cigano).

Há uma variedade de baralhos que se podem usar, inclusive também as Cartas do Tarot. Vê que a Tarologia é uma vertente da Cartomancia. 

Um Tarólogo é um tipo de Cartomante, mas um Cartomante não é necessariamente um Tarólogo. Parece confuso? Vais já entender.

A Tarologia está focada apenas nas cartas do Tarot e implica uma abordagem mais holística, onde a mudança de atitudes é central.

Por outro lado, na Cartomancia, o foco é mais na “adivinhação” e na previsão da sorte e do futuro. Portanto, apesar de exigir um saber teórico sobre as cartas, precisa mais da sensibilidade espiritual.

Quais as suas funções

A Cartomancia é uma arte mística, mas também uma profissão reconhecida pela ONU desde 1989. Portanto, deve ser levada a sério, até porque também tem um lado terapêutico.

As pessoas tendem a procurar Cartomantes, e outros profissionais como Tarólogos e Astrólogos, quando sentem dificuldades na vida, ou passam por algum dilema. Assim, o papel da Cartomancia é ajudá-las nessas fases, dando-lhes orientações para o futuro.

Portanto, mais do que previsões de futuro, o Cartomante apresenta indicações sobre o que pode acontecer se as pessoas mantiverem as suas atitudes, ou seguirem naquele caminho.

No fundo, o trabalho do Cartomante é orientar a pessoa para um dado desfecho. Nesse processo, ajuda ao autoconhecimento e permite às pessoas encontrarem um sentido para as dificuldades presentes.

Assim, tem uma componente importante de Psicologia, embora não seja a mesma coisa que esta ciência. Estamos no campo das “artes de adivinhação”, convém sublinhar.

Tipos de Cartomantes

Existem, de forma genérica, dois tipos de cartomantes:

  • Paranormal que tem contacto com o oculto
  • Estudioso que analisa as interpretações e combinações das cartas.

O Cartomante paranormal costuma ter capacidades de médium. Portanto, também pode ser apelidado de Cartomante vidente.

Já o de tipo estudioso é alguém que se dedica mais a analisar o baralho de cartas, com todas as suas nuances, para poder responder a todo o tipo de perguntas sobre a simbologia apresentada. Mas não tem poderes psíquicos.

A maioria das pessoas procura Cartomantes para obter orientações sobre relacionamentos, trabalho e saúde.

Na Cartomancia, começa-se por jogar as cartas e depois por falar com o cliente. Nesta altura, é preciso saber fazer as perguntas certas, pois só assim será possível responder ao dilema da pessoa. É preciso entender a sua angústia e qual é a grande dúvida que quer respondida.

Então, a pessoa tira algumas cartas, conforme o jogo que o Cartomante estiver a fazer. A partir dali, o profissional vai “ler” as cartas e usar da sua intuição para dar as respostas que a pessoa tanto deseja.

Quanto ganha um Cartomante

A maioria dos Cartomantes são profissionais independentes, o que quer dizer que trabalham para si mesmos. Portanto, os seus rendimentos são muito irregulares.

Assim, é difícil prever um valor médio mensal para os rendimentos nesta profissão.

Mas repara que quanto mais conhecido for o Cartomante, mais hipótese tem de ganhar mais dinheiro. A reputação é um fator que atrai mais pessoas para as suas artes místicas.

A vocação profissional e a mestria em conseguir a confiança das pessoas, bem como um trabalho honesto e empenhado, são outros fatores que asseguram bons ganhos.

Saídas no Mercado de Trabalho

A procura por Cartomantes sempre se mantém ao longo do tempo, mas é notório que nas crises, acentua-se.

Os tempos difíceis como aqueles motivados pela pandemia de covid-19 levantam muitas dúvidas e muitos medos e, por isso, também promovem mais a busca por estes profissionais da “adivinhação”.

Assim, a atividade é promissora em termos financeiros. E no Brasil, já consta do Código Brasileiro de Ocupações, tal como o Tarólogo ou Tarotista.

Contudo, a atividade ainda não é regulamentada na maioria dos países, pelo que é preciso ter esse cuidado no caso de se querer trabalhar num país estrangeiro.

Independentemente disso, há requisitos para o exercício da Cartomancia, sendo que ter o ensino médio e a prática no atendimento a clientes são os mais básicos.

A possibilidade de estabelecer um negócio próprio é a via mais provável para estes profissionais, pois há poucas vagas de emprego nessa área.

Mas esse passo é um desafio exigente. Contudo, em caso de sucesso, pode permitir-te a realização de sonhos e voos maiores!

Como entrar na carreira de Cartomante

Para abraçar esta profissão é preciso ter uma certa dose de dom natural. Mas também é necessário um aprendizado e muita prática.

Assim, o ideal é começares por estudar e fazer cursos de Cartomancia. Depois foca-te em treinar muito a leitura das cartas e a tua sensibilidade, pois só assim conseguirás traduzir o mundo espiritual para a linguagem das pessoas comuns.

É importante também ter muita empatia e gostar de lidar com pessoas.

Mas, de resto, não há um caminho único para entrar na profissão de Cartomante. Apesar disso, há alguns requisitos a cumprir, como, por exemplo, ter o ensino médio completo, várias horas de formação em Cartomancia e experiência prática comprovada na área.

Eis cinco dicas para quem se quer aventurar nesta profissão:

  • 1. Fazer, pelo menos, um curso online, ou presencial, em Cartomancia
  • 2. Escolher o baralho de cartas com que melhor te identificas – e especializa-te nele
  • 3. Lê muito sobre Cartomancia
  • 4. Treina o que aprendeste em ti próprio – só depois de algum treino, deves passar a pessoas próximas, como, por exemplo, amigos e familiares
  • 5. Prepara a abertura do teu negócio – procura informações sobre as questões legais e financeiras
  • 6. Define bem como vão ser as consultas, em que horários, onde, quando e como – Trabalhar online? Em casa? Estas são algumas das perguntas a que deves responder.
  • 7. Faz formação em Marketing Digital para aprenderes a promover o teu negócio
  • 8. Continua a estudar e a praticar, para estares sempre à frente da concorrência.

Onde estudar Cartomancia

Há diversos cursos de Cartomancia que te podem preparar para trabalhar nesta área. Mas essa oferta toda não quer dizer que sejam todos boas escolhas.

Portanto, tens de analisar bem os programas de graduação, bem como estudar as entidades, ou pessoas, por trás dessas formações.

Vê que há cursos que não valem o dinheiro que custam. Assim, é importante que procures cursos reconhecidos, ligados a Cartomantes respeitados, pois isso será um bom primeiro passo para teres uma formação de qualidade.

Vamos ajudar-te com algumas sugestões que podem ser do teu interesse…

Portugal:

Brasil:

Como confirmaste, a profissão de Cartomante é tão desafiante como complexa. Mas também pode ser muito estimulante para quem consegue conciliar os dons pessoais com uma boa formação e muita prática. Portanto, é esta a tua profissão de futuro? Se te sentes confiante, segue em frente. Estamos a torcer por ti!

Caso precises de mais orientação, aproveita para fazer os nossos Testes Vocacionais. De certeza que vais encontrar a tua profissão ideal!

Partilhar Post

Deixa o teu testemunho

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Scroll to Top