Médico de Medicina Tropical

Médico de Medicina Tropical

O Médico de Medicina Tropical, assim como o próprio nome indica, é o especialista em doenças e problemas de saúde adquiridos em regiões tropicais e subtropicais. Estas doenças têm as suas particularidades e, por isso mesmo, é necessário uma formação específica para poder fazer um diagnóstico correto e proceder ao melhor tratamento.

Outros nomes para esta profissão:

  • Modalidades: Presencial
  • Ordenado Médio Mensal: 2000€ - Máximo
  • Empregabilidade: Alta
  • Empregabilidade: Trabalho em Equipa
  • Disciplinas do Secundário/ensino médio: Biologia, Física, Matemática, Química
  • Idiomas: Espanhol, Francês, Inglês, Português

A maioria das doenças tropicais são transmissíveis e estão associadas a um mau saneamento básico, que faz com que os humanos entrem em contacto mais facilmente com agentes infeciosos, como alimentos ou águas contaminadas.

Além disso, as regiões tropicais e subtropicais é caracterizada pela presença de diferentes espécies de insetos, os quais são conhecidos por serem vetores de várias doenças parasitárias e infeciosas.

Embora se possa pensar que este especialista só atuasse nas regiões tropicais e subtropicais, a verdade é que ele é necessário em todas as regiões do mundo. É por essa razão que atualmente muitos designam esta especialidade por Medicina Internacional.

A globalização e a movimentação das pessoas por todo o mundo fez com que esta especialidade fizesse sentido em todos os países. São várias as mudanças na epidemiologia global de doenças parasitárias e infeciosas, e assistimos ao aparecimentos de novas doenças, e ao reaparecimento de outras.

Assistimos também a alterações constantes no padrão de resistência dos microrganismos em relação aos medicamentos usados, e a um aumento dos portadores de patologias crónicas, que viajam pelo mundo.

Estes são os desafios diários de um médico de Medicina Tropical, o que torna esta profissão, além de complexa, muito fascinante!

Se estás a pensar em qual especialidade médica seguir, então continua a ler este artigo e descobre os inúmeros fascínios de atuar na área da Medicina Tropical!

O que faz um Médico de Medicina Tropical?

A Medicina Tropical tem como objeto de estudo as doenças que se desenvolvem em regiões tropicais e/ou subtropicais. Estas são transmitidas por vetores intermediários, como é o caso dos insetos, vermes e moluscos.

A malária foi uma das primeiras doenças tropicais a suscitar interesse nos países europeus, pois a presença desta doença nas regiões tropicais impediam a sua colonização. Por isso, quando surgiu esta especialidade médica, o grande objetivo era o de tornar os trópicos possíveis de habitar por parte dos povos colonizadores (europeus e norte-americanos).

Atualmente, o foco desta especialidade são todas as doenças infeciosas e parasitárias oriundas, ou prevalecentes, nos trópicos, as quais afetam a população mundial. Por isso, também, é normal trabalharem com outros profissionais médicos, como infectologistas, por exemplo.

De entre as várias doenças estudadas, diagnosticadas e tratadas por este médico especialista, destacamos:

  • Malária
  • Dengue
  • Úlcera de Buruli
  • Cisticercose
  • Equinococose
  • Doença de Chagas
  • Fasciolose
  • Doença do Sono
  • Leishmaniose
  • Raiva
  • Parasitoses
  • Tuberculose
  • Febre Amarela

Como podes ver, muitas das doenças mencionadas afetaram os países europeus, e são ainda muitas as pessoas portadoras delas.

A grande diferença é que, nas regiões tropicais, existem fatores que propiciam a disseminação dos vetores destas doenças. Não só por causa do clima, mas também pelas condições sócio-económicas dos países dessas regiões.

As condições sócio-económicas são, precisamente, o grande desafio para a medicina tropical, pois não têm como controlar os focos das doenças se não houver um real trabalho na mudança das condições de vida dessas populações.

Quais as suas funções

O médico de Medicina Tropical é responsável por diagnosticar e tratar as doenças tropicais. Mas ele também dedica o seu tempo ao estudo dessas doenças e em formas de prevenir o seu contágio e disseminação.

Além disso, ele é responsável por avaliar os viajantes para países tropicais antes da viagem, aconselhando e alertando para os riscos que correm, e informando sobre as medidas preventivas que devem tomar. Também averiguam o estado de vacinação, mas também podem recomendar vacinas que não estão no plano nacional de vacinação.

Saídas no Mercado de Trabalho

O médico de Medicina Tropical pode atuar em hospitais públicos e privados, mas é na investigação que encontram as melhores oportunidades de emprego. Sem dúvida, ainda existe um longo caminho pela frente no que diz respeito a doenças das regiões tropicais e subtropicais, e é cada vez mais urgente o seu estudo.

Sem dúvida, a globalização veio trazer inúmeros desafios à medicina que viu várias doenças regionais se transformarem em globais. Mais do que isso, viu essas doenças se transformarem à medida que vão “viajando” pelo mundo.

Nesse sentido, são necessários cada vez mais profissionais especializados em Medicina Tropical, com conhecimentos aprofundados nessas doenças, e nas características de contaminação e disseminação dessas doenças.

A área da docência é também uma possibilidade, podendo dar aulas em universidades, para profissionais da área da saúde, mas também dando palestras e formações sobre doenças tropicais.

Como entrar na carreira de Médico de Medicina Tropical

Em Portugal, para entrares nesta carreira, precisas concluir o mestrado integrado em Medicina (6 anos). Depois tens de fazer um ano de internato médico comum a todas as especialidades (Ano Comum), e só depois entras no internato médico da especialidade em Medicina Tropical.

Para atuar como médico de medicina tropical, é obrigatório estares inscrito na Ordem dos Médicos.

No Brasil, assim como em Portugal, tem de concluir a faculdade de Medicina, com duração de 6 anos, e depois fazer a residência médica na especialidade de Medicina Tropical.

Depois da conclusão da especialização, precisa registrar-se no Conselho Federal de Medicina (CFM) para poder ser considerado especialista. É obrigatório, sempre, o registro dos certificados nos Conselhos de Medicina no estado em que atua para conseguir o Registro de Qualificação de Especialista (RQE).

Onde estudar Medicina

Portugal:

Brasil:

Ser médico de Medicina Tropical é, hoje em dia, um grande desafio. Talvez por isso esta profissão seja tão aliciante! Sem dúvida, uma profissão de futuro e que te trará inúmeras alegrias e realizações!

Partilhar:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima