Cirurgião Plástico (Cirurgia Estética e Reconstrutiva)

Cirurgião Plástico (Cirurgia Estética e Reconstrutiva)

A Cirurgia Estética e Reconstrutiva é uma das muitas especialidades (cerca de cinquenta) da medicina. O cirurgião plástico atua nos cuidados ao próximo, visando o tratamento, através da cirurgia, de malformações (adquiridas e congénitas), doenças e lesões de pele, morfológicas, funcionais e traumáticas.

Outros nomes para esta profissão: Cirurgião Estético, Cirurgião Estético e Reconstrutivo

  • Modalidades: Presencial
  • Ordenado Médio Mensal: 1500€ - 2000€
  • Empregabilidade: Alta
  • Empregabilidade: Trabalho em Equipa
  • Disciplinas do Secundário/ensino médio: Biologia, Geologia, Matemática
  • Idiomas: Inglês, Português

A cirurgia plástica contempla 2 áreas: a Cirurgia Reconstrutiva e a Cirurgia Estética, e surgiu oficialmente em meados dos anos 60 do século XX.

Se quer saber mais sobre esta profissão, então continue neste artigo e descubra como é a vida de um cirurgião plástico, quais as suas funções, como pode entrar na carreira e quais as saídas no mercado de trabalho. Confira!

O que faz um Cirurgião Plástico?

Um profissional desta área é um técnico superior com o grau de Doutoramento, formado em medicina e especializado em cirurgias plásticas. Assim como todos os profissionais da área, regem-se pelo juramento de Hipócrates.

A cirurgia estética é uma das valências da medicina mais recentes, o que leva a uma procura maior por parte dos alunos, mas também no mercado de trabalho.

O cirurgião plástico atua em cirurgias reconstrutivas, geralmente em casos de malformações e acidentes. Mas também atua em cirurgias estéticas, geralmente por uma questão de autoestima por parte dos pacientes.

Eles podem fazer apenas pequenas correções, mas podem também fazer alterações drásticas nos pacientes.

Quais as suas funções

Um médico cirurgião desta área tem como missão fazer intervenções cirúrgicas, assim como as respetivas consultas pós–operatórias até o paciente ter alta hospitalar definitiva.

Como referimos anteriormente, esta especialidade divide-se em duas partes distintas: Cirurgias Reconstrutivas e Cirurgias Estéticas. Para podermos entender as funções do cirurgião plástico, é importante olharmos para estas duas áreas em detalhe. Então vejamos!

Cirurgias Reconstrutivas

  • Cirurgia crânio-facial, por exemplo, em malformações congénitas, traumatismos ou tumores;
  • Cirurgia da mão
  • Reconstrução mamária
  • Cicatrizes
  • Tratamento de queimaduras

Cirurgias Estéticas

  • Abdominoplastia
  • Correção de alterações por envelhecimento da face, pescoço e membros
  • Cirurgia palpebral (blefaroplastia)
  • Rinoplastia
  • Mentoplastia
  • Otoplastia
  • Remoção de cicatrizes
  • Lipoaspiração
  • Lipoescultura
  • Vibro-liposucção
  • Cirurgia de redução ou aumento da mama
  • Próteses e implantes estéticos

É uma especialidade que tem uma responsabilidade acrescida com o bem-estar psíquico do paciente de forma indireta, pois a imagem que temos pode, sem dúvida, influenciar na nossa autoestima.

Com toda a certeza, a autoestima de um paciente depende muitas vezes de uma intervenção bem-sucedida por parte destes profissionais da saúde.

Para que o seu trabalho seja eficiente, exige-se do médico uma grande dedicação, disponibilidade física e mental.

Saídas no Mercado de Trabalho

A maioria dos cirurgiões plásticos iniciam a sua carreira nos hospitais públicos mas, com a experiência adquirida, é possível alargar horizontes para a esfera privada.

Sem dúvida, a oferta dos privados é cada vez maior, com a criação de grandes grupos económicos na área da saúde privada e, consequentemente, com a grande procura por este tipo de intervenções. É comum, por isso, que estes profissionais trabalhem em vários locais ao mesmo tempo (hospital público e clínicas privadas).

Em Portugal, assim como no Brasil, existe uma falta grande de profissionais desta área, muito pelo aumento exponencial da procura destes serviços. O Brasil destaca-se nesse sentindo, com aumentos a baterem recordes de procura mundiais e, por isso, faz com que estes profissionais tenham uma enorme demanda.

No exterior existem, sem dúvida, boas ofertas. Estados Unidos e países da União Europeia procuram muito estes profissionais.

Sendo assim, poderá encontrar trabalho em:

  • Hospitais privados e públicos;
  • Clínicas;
  • Centros estéticos

Como entrar na carreira de Cirugião Plástico

Para entrar na carreira de Cirurgião Plástico tem de fazer o curso de medicina, em primeiro lugar, e, de seguida, tirar a especialidade em cirurgia estética e reconstrutiva. O Internato (Residência Médica) é obrigatório antes de fazer a especialidade.

Em Portugal, o internato tem duração de um ano, comum a todas as especialidades. Já no Brasil, a Residência Médica tem duração de três anos, mas já na especialidade que escolheu.

Ao longo do curso, além das disciplinas de tronco comum a todos os médicos, o cirurgião plástico deve adquirir conhecimentos mais específicos, frequentando aulas de, por exemplo:

  • Introdução à medicina estética
  • Ética e deontologia profissional
  • Promoção de saúde em medicina estética
  • Anatomia aplicada à medicina estética
  • Dermatologia estética
  • Tecnologia em medicina estética
  • Mesoterapia médica
  • Peeling médico
  • Medicina estética facial
  • Técnicas avançadas em medicina estética facial
  • Hidrolipodistrofia, adiposidade e lipodstrofias
  • Nutrição e endocrinologia em medicina estética
  • Fleboestética
  • Tricologia
  • Estética genital
  • Emergências/urgência e complicações em medicina estética
  • Metodologia do trabalho científico

Onde estudar Medicina

Portugal:

Brasil:

Se gosta da área da saúde e se quer uma especialidade que faça a diferença na vida de todas as pessoas, então a cirurgia estética e reconstrutiva é uma boa opção.

É também uma excelente escolha para aqueles que já atuam na área da Medicina mas procuram uma especialidade que lhes traga uma maior oportunidade de carreira. Tendo em conta que estes profissionais são dos melhores pagos, sem dúvida, é uma oportunidade única!

Se sente um gosto especial por esta área, então invista na sua formação para se tornar um cirurgião plástico de renome! O sucesso virá, com toda a certeza!

Partilhar:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima