Coaching

Coaching

O profissional de coaching atua na assessoria pessoal dos seus clientes. Este profissional é responsável por ajudá-los na resolução de determinados problemas, de forma a melhorar a qualidade de vida dos seus clientes de uma maneira geral.

Outros nomes para esta profissão: Coach

  • Modalidades: Teletrabalho, Presencial, Ar Livre
  • Ordenado Médio Mensal: 1000€ - 1500€
  • Empregabilidade: Média
  • Empregabilidade: Trabalho Solitário, Trabalho em Equipa
  • Disciplinas do Secundário/ensino médio: Economia, Filosofia, História, História da Cultura e das Artes, Informática, Línguas, Literatura, Multimédia, Psicologia, Sociologia
  • Idiomas: Espanhol, Inglês, Português

É importante entender que este profissional auxilia e mentora os seus clientes de maneira técnica, sobre diversas áreas da vida. Por exemplo, se o cliente está com dificuldade em cumprir novas metas, o profissional explica o porquê disso acontecer, e como podem contornar a situação.

O Coaching não é um psicólogo, por mais que compreenda e atue com vários princípios da Psicologia. Ele faz com que a outra pessoa entenda as suas limitações e procure sempre a melhor e mais eficiente forma de ultrapassá-las.

O que faz um coaching?

O Coaching procura resolver conflitos que impedem o seu cliente de obter o melhor rendimento possível na sua vida financeira ou pessoal. Normalmente, os profissionais desta área atuam na resolução de dificuldades de rendimento produtivo.

Ele ajuda o seu cliente a estabelecer novas metas e mostra-lhe o caminho mais eficiente para conquistá-las. Este trabalho é de grande utilidade, principalmente em empresas que querem aumentar a produtividade dos seus funcionários.

Sem dúvida, a principal função dos coachings é de motivar os seus clientes e incentivá-los a cumprirem os seus objetivos pessoais, ou corporativos, desenhando caminhos para a sua realização.

Na prática, são eles que tiram do papel os planos e objetivos dos seus clientes, para colocá-los em prática.

Estes profissionais trabalham muito com a motivação e o desenvolvimento pessoal. Por isso, é comum que estimulem os seus clientes ao autoconhecimento, pois é nele que encontramos as respostas para as nossas limitações e frustrações.

Quais as suas funções

O coaching pode trabalhar nas seguintes áreas:

Coach de empresas: Muitas corporações necessitam de pessoas que saibam como incentivar o seu quadro de funcionários, fazendo com que consigam bater metas propostas pelos patrões.

Coach particular: Os coaches particulares também fazem sucesso no mercado, afinal, boa parte dos profissionais necessitam de alguma orientação a fim de conseguirem estabelecer metas e conquistá-las. Podem ser trabalhadores liberais (autónomos), ou não, até porque todos nós queremos subir mais alguns degraus na nossa carreira!

Terapeuta: É claro que os coachings não podem agir como terapeutas/psicólogos, afinal, é uma formação diferente e muito mais completa. Mas eles realmente podem ajudar os seus clientes a organizarem-se, terem uma rotina mais fluída e entender de onde vêm os seus problemas.

Profissionalização: Assim como na maioria das profissões, os coachings podem ensinar as outras pessoas para que atuem mais tarde na mesma área. Se quer se tornar um coach, o melhor caminho, sem dúvida, é procurar conhecimento com pessoas da área.

Palestras: Outra forma de trabalhar nessa área é oferecendo palestras motivacionais, já que elas podem ser requeridas em várias situações: empresas, escolas (colégios), faculdades e até mesmo em igrejas, dependendo de quais sejam as suas áreas de conhecimento.

Saídas no mercado de trabalho

A melhor maneira de se trabalhar como coach nos dias atuais é ingressando em alguma empresa onde trabalhem outros coachs. Desta forma, a demanda de serviços tende a ser mais regular, mais fixa, gerando assim alguma estabilidade financeira.

Compreenda que, por mais que a grande maioria dos profissionais desta área trabalhem sozinhos, para tal. é importante ter uma grande rede de clientes fixos. Começar sozinho não é impossível, mas certamente será um caminho mais difícil!

Outra opção é tornar-se o coach fixo de alguma empresa, com um quadro grande de funcionários. Cooperativas tendem a requerer este tipo de trabalho, já que a sua forma de incentivar os funcionários é diferenciada.

Procure empresas humanas e amigáveis, pois nestes locais será mais fácil estabelecer contratos. Afinal, eles necessitarão da sua ajuda para manter o desempenho dos funcionários sempre a fluir!

Como entrar na carreira de coaching

Para entrar na carreira de Coaching, não necessita de uma formação específica. No entanto, existem muitos cursos específicos para formar profissionais nesta área. E, se quer começar com o pé direito, é bom ter um diploma para mostrar as suas competências!

Onde estudar coach

Portugal:

  • Psicologia de Coaching Online (PCO)
  • Instituto de Coaching e Linguística (ICL)
  • EneaCoaching (EC)ALLCAN

Brasil:

Caso sinta a necessidade, opte por mais de um curso. Esta é, sem sombra de dúvidas, a melhor opção para quem realmente gosta deste trabalho e quer se tornar o melhor no que faz.

O conhecimento nunca é demais, sempre agrega valor ao profissional, principalmente quando falamos sobre uma atuação tão útil e relevante como o coaching, que tende a crescer a cada dia mais no mercado de trabalho, aumentando também a concorrência.

Inicie no mundo do coaching por meio de estudos e conhecimento, assim poderá tornar-se um profissional capacitado e único!

Partilhar:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima