Sociólogo

sociólogo

O Sociólogo é um profissional da área das Ciências Sociais e Humanas que se ocupa no estudo das relações humanas na sociedade, grupos sociais, de forma a compreendê-la e analisá-la, e tentando prever e entender os fenómenos sociais.

Outros nomes para esta profissão:

  • Modalidades: Presencial, Ar Livre
  • Ordenado Médio Mensal: 1000€ - 1500€
  • Empregabilidade: Baixa
  • Empregabilidade: Trabalho em Equipa
  • Disciplinas do Secundário/ensino médio: Ciência Política, Direito, Economia, Geografia, História, História da Cultura e das Artes, Línguas, Literatura, Psicologia, Sociologia
  • Idiomas: Francês, Inglês, Português

Estes profissionais são de extrema importância para a sociedade em geral, pois eles conseguem perceber facilmente a mudança, as relações entre os indivíduos e os fenómenos sociais, ajudando na compreensão absoluta de grupos, comunidades e da sociedade como um todo.

A Sociologia é uma ciência essencial para conseguirmos construir discussões económicas, políticas, religiosas, administrativas, entre tantas outras.

Embora seja uma ciência humana e social muito importante, é uma profissão ainda pouco conhecida e reconhecida pelo mercado de trabalho. No entanto, a tendência é que este quadro se altere no curto e médio prazo.

Se está a pensar seguir a carreira de sociólogo, então continue a ler este artigo e descubra o que ele faz no seu dia a dia, quais as suas funções, as saídas no mercado de trabalho, e como pode iniciar nesta carreira. Confira!

O que faz um Sociólogo?

Os sociólogos estudam para poderem entender as relações sociais, questionar essas mesmas relações humanas em sociedade, de forma a compreender os fenómenos sociais.

Eles pesquisam e estudam segmentos da população, de forma a perceber e antever fenómenos sociais. Sendo assim, é uma profissão com uma base teórica muito forte, pois precisa de uma análise aprofundada. No entanto, tem também uma componente prática, com estudo de campo, incluindo entrevistas e inquéritos por questionário, assim como observação de campo (seja ela participante, ou não).

O Sociólogo pesquisa e faz o levantamento de todos os dados para conseguir investigar a realidade social. Ele pesquisa e estuda vários tipos de características dos grupos, como as culturais, económicas, políticas e sociais, por exemplo.

Além de procurarem pelas linhas gerais, as estruturas desses grupos, eles também procuram por particularidades.

Para desempenhar as suas funções, os sociólogos precisam ter uma visão do mundo muito ampla, assim como dos processos sociais.

Tendo em conta que a sua visão é muito abrangente, não só sobre a sociedade, mas também sobre os conflitos da modernidade, eles podem atuam em diversas áreas, como veremos já a seguir!

Quais as suas funções

A principal função de um sociólogo é estudar a organização da sociedade, assim como os hábitos que ela tem, a cultura e os costumes, e como os indivíduos se relacionam entre si. O grande objetivo deste profissional é explicar os fenómenos sociais em diferentes campos, como, por exemplo, na arte, religião, cultura, ou economia.

São os sociólogos que fazem o levantamento de dados, produzem informações e fazem os diagnósticos para empresas privadas e para órgãos públicos, de forma a que se possam tomar decisões acertadas na resolução de problemas e na adoção de medidas que possam melhorar a qualidade de vida de todos os indivíduos.

As suas funções específicas dependem muito da sua área de atuação. Vejamos cada uma em detalhe!

Docência

Apesar de ser uma profissão muito abrangente, a maioria dos profissionais formados em Sociologia seguem a carreira académica. Além de darem aulas para os alunos universitários, também fazem pesquisas.

No Brasil, é possível também dar aulas de Sociologia no ensino médio. Se quiser dar aulas na universidade, deverá ter o mestrado, no mínimo.

Pesquisa

Os sociólogos fazem parte de várias pesquisas, dos mais diferentes temas, como pesquisas de etnias, demográficas, de género, de opinião, de mercado, política, entre muitas outras. Estes profissionais são responsáveis por coordenar toda a pesquisa.

Ele faz o levantamento de dados, seleciona aqueles que são válidos para a pesquisa, depois interpreta os dados (é necessário um conhecimento profundo de estatística) e, no final, elabora um relatório com os resultados e conclusões.

Administração Pública (Serviço Público) e Políticas Sociais

A função pública é, sem dúvida, uma das áreas que mais necessita do trabalho do sociólogo, embora as vagas de emprego, nos últimos anos, em Portugal, não sejam nada animadoras.

Os sociólogos que trabalham para a esfera pública são responsáveis por entender a sociedade de forma a apoiar os órgãos legislativos na tomada de decisões que garantam o bem estar social. Eles são fundamentais para a luta contra a pobreza e a exclusão social, mas também podem atuar em políticas de ensino, políticas de emprego e políticas da área da saúde.

Poderá, ainda, atuar em autarquias, tendo um papel ativo no que diz respeito à (re)organização do território, proteção civil, animação e artes locais, entre outros.

No Brasil, os sociólogos veem no serviço público uma oportunidade de trabalho maior, seja na esfera municipal, federal ou estadual.

Consultoria

As empresas e organizações já conseguiram perceber que as relações dos trabalhadores têm uma influência direta na produtividade, assim como a felicidade geral de cada um deles. Sendo assim, o sociólogo pode ajudar na implementação de medidas que possam ajudar no aumento da produtividade.

Além disso, tendo em conta que os sociólogos têm um entendimento profundo da sociedade em geral, podem aconselhar as empresas no que diz respeito a ações destinadas a grupos sociais e, claro, à sociedade em geral.

Gestão de Recursos Humanos

Apesar de não serem a primeira escolha, os sociólogos podem atuar, também, como gestores de recursos humanos. Os sociólogos neste cargo são responsáveis por escolher os novos contratos de trabalho e formar a equipa para o desempenho das suas funções.

Saídas no Mercado de Trabalho

Em Portugal, as vagas de emprego para sociólogos não é muito grande, apesar da sua enorme importância para a sociedade como um todo. Ainda existe uma falta de definição quanto ao seu papel e às áreas de intervenção, o que faz com que se empreguem outros profissionais, em vez do sociólogo.

No entanto, este panorama tende a alterar no curto e médio prazo, especialmente quando olhamos para a Sociologia do Trabalho.

No Brasil o cenário é mais animador. Sem dúvida, apesar de uma altura de estagnação, o mercado de trabalho para os sociólogos encontra-se em ascensão nas mais diferentes áreas, até porque é uma profissão cada vez mais valorizada no país.

Como entrar na carreira de Sociólogo

Para seguir a carreira de Sociólogo é necessário ter a formação académica em sociologia (em Portugal) e sociologia ou ciências sociais (no Brasil).

Em Portugal, o curso de Sociologia tem duração de 3 anos (licenciatura). Poderá fazer o mestrado também, com duração de 2 anos.

No Brasil, a licenciatura em Sociologia tem duração de 4 anos. Já a graduação em Ciências Sociais, licenciatura ou bacharelado, tem duração de 2 a 4 anos.

Onde estudar Sociologia

Portugal:

Brasil:

Se quer seguir a profissão de sociólogo, saiba que não é um caminho fácil. São anos de estudo profundo sobre as diferentes áreas da sociedade e é muito difícil encontrar logo emprego na área. No entanto, vale sempre a pena, até porque dá ferramentas importantes para a nossa vida em geral.

Partilhar:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima