Cómico

Cómico

O cómico é um artista que é naturalmente engraçado, bastante versátil, e que entra em cena para contar algumas piadas, anedotas, e que consegue arrancar gargalhadas apenas com as feições faciais e linguagem corporal. 

  • Modalidades: Presencial, Ar Livre
  • Ordenado Médio Mensal: 1000€ - 1500€
  • Empregabilidade: Média
  • Tipo de trabalho: Trabalho Solitário, Trabalho em Equipa
  • Disciplinas do Secundário/ensino médio: Oficina de Artes, Psicologia, Sociologia
  • Idiomas: Português

Este artista tem piada sem precisar forçar e não precisa criar um texto para que o público chore de tanto rir. A sua forma de andar, os seus gestos, ou até as suas feições são engraçadas e já são o bastante para fazer o público passar um bom momento. 

Esta profissão é perfeita para todos os que gostam de arte, principalmente comédia, e conseguem fazer os outros rir com pouco. 

Se esse é o teu caso, então não podias estar em melhor lugar. Neste artigo vamos mostrar-te tudo o que precisas saber sobre a profissão de cómico para entrares no mercado de trabalho com o pé direito. 

Vens connosco?

O que faz um Cómico?

O cómico faz apresentações com o objetivo de fazer o público rir. Não tem propriamente um guião para seguir, nem cria textos de humor. Ele é um artista naturalmente engraçado, mesmo sem ter de falar. As suas expressões corporais e faciais já são, por si só, um espetáculo cómico. 

Os cómicos distinguem-se pela sua capacidade de improvisar, assim como a habilidade para se expressarem através do rosto e do corpo.

Ronald Golias (Brasil) é um exemplo de um grande cómico, marcando a história com as suas personagens Bronco e Pacífico. 

Quais as suas funções

O cómico tem como principal função fazer o público rir com a sua presença. Embora conte piadas e anedotas, ou conte algumas histórias engraçadas, o que faz dele único é a capacidade de fazer rir os outros apenas com a sua expressão corporal e feições faciais. 

O improviso é uma das “imagens de marca” deste artista, distinguindo-os de comediantes e humoristas. 

Apesar de não ter um grande texto para estudar, nada se consegue sem estudo e muito treino. 

Mesmo as pessoas naturalmente engraçadas precisam treinar para apresentações em público, até porque tudo obedece a timings, principalmente se fizer parte de um espetáculo com outros artistas, como acontece nos circos, por exemplo. 

Além disso, o cómico tem de planear maquilhagens e figurinos para comporem a sua personagem. 

Para perceberes melhor o trabalho do cómico, vamos ver agora quais são as diferenças perante o comediante e o humorístico. 

Diferença entre cómico, comediante e humorístico

Como a maioria das pessoas acredita que o cómico, comediante e humorístico são a mesma profissão, é importante deixarmos claras as diferenças entre elas. 

De uma forma clara, podemos dizer que o cómico é um artista que não se esforça para ter graça (com linguagem corporal e facial engraçada). 

Já o comediante é o artista que representa situações cómicas e humorísticas, embora não tenha de ser, obrigatoriamente, o autor do que conta. 

O humorista é o artista que produz os conteúdos humorísticos, podendo, ou não, representá-los. 

Agora que já entendeste a diferença entre estes três profissionais, vamos ver como está o mercado de trabalho na área do humor e comédia. 

Saídas no Mercado de Trabalho

O cómico é um artista e, como tal, o seu trabalho é, na maioria das vezes, autónomo. Isso quer dizer que serás um trabalhador liberal e, quando não tens uma agência, companhia de teatro ou de circo que te acompanha sempre, vais atuar mais vezes como trabalhador independente (freelancer) do que como “artista da casa”.

Ao contrário de muitos artistas de circo, por exemplo, a concorrência para vagas de cómicos é bem maior, o que dificulta na hora de conseguir uma oportunidade de trabalho. 

No entanto, quando há talento e amor por aquilo que se faz, há sempre uma porta (ou janela) que se abre.

Como entrar na carreira de Cómico?

Se queres seguir a carreira de cómico, não há melhor formação do que a de expressão dramática e corporal. Como os cómicos usam muito da linguagem não verbal para fazer rir, é muito importante que saibas usar todos os centímetros do teu corpo a teu favor. Por isso, uma formação nessa área é uma mais-valia. 

Além disso, existem também várias formações e “workshops” de humor, comédia e “stand-up comedy” que podes participar. Como costumamos dizer, conhecimento nunca é demais e não ocupa espaço. 

Onde estudar para Cómico?

Portugal:

Brasil: 

És engraçado e todos se riem quando estás por perto? O teu sonho é fazer disso uma profissão? Então arrisca-te na carreira de cómico. Vais fazer muito sucesso, com toda a certeza.

Partilhar:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Scroll to Top