Conselheiro Matrimonial

Conselheiro Matrimonial

O conselheiro matrimonial, ou terapeuta matrimonial, é a pessoa que ajuda casais a resolverem problemas na relação. Sabemos que muitas famílias sofrem com as discussões de casais, sendo que muitos casamentos terminam exatamente por causa disso. Os conselheiros matrimoniais podem, sim, ajudar os casais a ultrapassarem estas crises.

Outros nomes para esta profissão: Terapeuta matrimonial, Terapeuta conjugal

  • Modalidades: Teletrabalho, Presencial
  • Ordenado Médio Mensal: 1500€ - 2000€
  • Empregabilidade: Média
  • Empregabilidade: Trabalho Solitário, Trabalho em Equipa
  • Disciplinas do Secundário/ensino médio: Biologia, Filosofia, Psicologia, Sociologia
  • Idiomas: Inglês, Português

Viver a dois não é uma tarefa nada fácil. Se existe tarefa difícil, essa tarefa é mesmo manter um casamento saudável e feliz por muito tempo.

Vemos que a maioria dos casais só se sente feliz a dois nos primeiros anos de casamento. Isso deve-se a diversos fatores.

Desde a rotina, ao conflito de interesses, ou até formas de ver a vida diferentes, são os aspetos mais referidos para os problemas dentro de um relacionamento. Quando o casal se deixa levar por estes problemas, o divórcio acaba por ser a única saída. Mas não tem de ser assim!

O terapeuta matrimonial pode ajudar os casais a resolverem os seus problemas e a sentirem-se mais felizes no casamento. Esta sensação de fazer a diferença na vida dos outros é única. E, sem dúvida, a maioria dos terapeutas escolhe esta profissão por isso mesmo. Com toda a certeza, chegar ao fim do dia com o sentimento de dever cumprido é impagável.

Apesar de haver dias difíceis, é esta sensação de dever cumprido que te vai manter firme na tua carreira.

Se esta é uma profissão que te interessa, continua a ler este artigo porque vamos contar-te tudo o que precisas saber sobre esta carreira!

Curioso?

Vem connosco!

O que faz um Conselheiro Matrimonial?

O conselheiro matrimonial ajuda casais em crise a resolverem os seus problemas e questões. Ele vai restaurar a comunicação entre os membros do casal, mas também vai fazer com que o casal consiga recuperar afinidades.

Também chamado de terapeuta conjugal, ele tem ferramentas que ajudam os casais a olharem para aquilo que os une, melhorando a conexão entre os dois, mas também vai ajudar a resolver questões de fundo que estão a deteriorar a relação, dia após dia.

Estes profissionais são capazes de avaliar os problemas que o casal está a passar no relacionamento e implementar estratégias que vão ajudar a ultrapassá-los. Normalmente, os conselheiros matrimoniais usam estratégias da psicoterapia para trabalhar estas questões.

Como é lógico, nem todos os problemas de casal são possíveis de ultrapassar e resolver. O terapeuta matrimonial e familiar é capaz de determinar se os problemas que o casal tem são possíveis de reconciliação, ou não.

Sendo assim, o terapeuta conjugal consegue ajudar os casais a terem uma relação mais saudável e harmoniosa, trazendo benefícios não só para os membros do casal, mas também para toda a família envolvida. 

Quais as suas funções

A principal função do conselheiro matrimonial é ajudar casais com problemas a ultrapassá-los. Nesse sentido, ele entrevista os membros do casal para poder avaliar os problemas e as situações que estão a tornar a relação instável e infeliz. 

Depois de uma avaliação, ele determina se é possível resolver essas questões, ou se não é possível encontrar um caminho para tornar a relação saudável. 

Caso seja possível resolver as questões do casal, ele apresenta as alternativas ao casal e implementa estratégias de psicoterapia. 

Ao longo do processo, o terapeuta matrimonial faz o registo do que acontece nas sessões, fazendo uma compilação dos mesmos no final.

É importante ser uma pessoa paciente, cautelosa e consciente para conseguir lidar com discussões dentro do consultório. Sem dúvida, estas sessões podem causar desconforto entre os membros do casal,  isso pode levar a conflitos. 

O terapeuta tem de saber mediar estes conflitos, ajudando a ultrapassá-los, assim como encontrar neles uma ferramenta de trabalho para resolver os problemas de fundo dos casais. 

Também é importante saber quando não é possível ajudar mais. Muitas vezes, os casais procuram ajuda mas, na verdade, não têm vontade, ou disposição, para fazer cedências. Como sabemos, para um casal chegar a um bom porto é preciso que os dois cedam em alguns aspetos para encontrar em um meio-termo. Por isso, se um dos membros do casal não está disposto a ceder, a terapia e mediação não tem qualquer efeito.

Saídas no Mercado de Trabalho

O divórcio é cada vez mais comum na sociedade moderna. Mas também existe uma maior abertura para tentar resolver os problemas do casal com terapia.

Se, há uns anos, procurar um conselheiro matrimonial era visto com maus olhos, hoje em dia já conseguimos perceber que este profissional pode, efetivamente, ajudar a resolver muitos problemas estruturais numa relação. Sendo assim, o mercado de trabalho para os conselheiros matrimoniais é mais favorável atualmente.

Poderás trabalhar em clínicas de terapia de casal, hospitais, entidades públicas e privadas no domínio da saúde e educação, IPSS’s, e consultórios especializados na temática da conjugalidade.

Também podes optar por abrir o teu próprio consultório. Neste último caso, vais atuar como trabalhador independente.

A internet veio ajudar muito na divulgação dos serviços dos terapeutas matrimoniais, e podes mesmo usar este veículo para dar consultas para todo o país, assim como em países estrangeiros.

A Internet veio, sem dúvida, dar uma ajuda grande às pessoas que querem ter o seu próprio emprego, serem donas do seu negócio. No caso dos terapeutas, a Internet permite chegar a muito mais pessoas, além de possibilitar as consultas online.

Como entrar na carreira de Conselheiro Matrimonial?

Para entrar na carreira de conselheiro matrimonial precisas, antes de mais nada, tirar o curso de psicologia. Também podem seguir esta carreira os psiquiatras, assistentes sociais, profissionais de saúde e terapeutas familiares. 

Depois tens de tirar uma especialização em Terapia Familiar e de Casal. 

Embora existam muitos cursos online gratuitos de terapia de casal, para poderes exercer a profissão de Conselheiro matrimonial é importante teres o curso superior de psicologia, assim como a especialização avançada em terapia familiar e de casal. 

No final da especialização, vais ser capaz de ajudar o casal a adquirir uma noção dos seus reais problemas, daquilo que precisam para melhorar a relação, e também analisar as diferentes hipóteses de conciliação. Caso a conciliação do casal seja possível, vais ter meios para trabalhar no restabelecimento de uma relação saudável. 

Onde estudar Terapia Familiar e de Casal?

Portugal:

Brasil:

Se queres tornar-te conselheiro matrimonial, não desistas dos teus sonhos e luta sempre por uma vida melhor e mais feliz. Sem dúvida, todo o esforço e dedicação vão valer a pena! Dedica-te aos estudos, aprende tudo o que puderes, porque isso vai fazer toda a diferença! Com toda a certeza vais encontrar o sucesso nesta profissão e vais sentir-te uma pessoa realizada.

Partilhar:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima