Copywriter

copywriter

Resumo da profissão

Modalidades:

Teletrabalho, Presencial, Ar Livre

Matérias relacionadas:

História História da Cultura e das Artes Línguas Literatura Psicologia Sociologia

Idiomas:

Inglês, Português

O Copywriter é o profissional que escreve textos persuasivos (chamados de copy) para que os leitores tomem uma determinada ação imediata (técnica de copywriting), quer seja para vender um produto ou serviço, para convencer os outros num discurso político, ou em qualquer outro setor que tenha necessidade deste nível de persuasão.

Esta é uma profissão ainda muito recente, mas que tem crescido muito com a Internet e com a importância que esta tem ganhado no nosso dia a dia. As oportunidades de emprego são muitas, principalmente no que diz respeito ao Inbound Marketing, área que tem escoado a maioria destes profissionais.

O especialista em copywriting tem de ser bom com as palavras e com a comunicação escrita e oral. Por isso, além de ser um escritor (redator) criativo, tem de saber usar as palavras para persuadir o leitor, de forma a que este último atue em conformidade com aquilo que a empresa deseja.

Se queres saber mais sobre esta profissão, então continua a ler este artigo e descobre como é a rotina deste profissional, quais as suas funções em cada área de atuação, as melhores saídas no mercado de trabalho, e como podes entrar na carreira de copywriting.

Vamos?

O que é Copywriting?

Antes de sabermos o que faz um copywriter, devemos saber do que se trata a técnica de copywriting. Esta designa a produção de textos com o intuito de levar o leitor a tomar uma ação/decisão. Esses conteúdos podem ser artigos de blog, de sites, slogans publicitários, emails, ebooks, entre outros.

Assim, o conteúdo é criado com algumas regras e estratégias para que, em um dado momento, o leitor tome uma determinada ação (pode ser fazer uma compra, fazer o download de um conteúdo gratuito, assinar uma newsletter, entre outras coisas).

Vale a pena deixar claro, desde já, que o copywriting já há muito que deixou de ser um texto de pura propaganda e publicidade. É importante que os conteúdos criados tenham valor e ofereçam boa informação ao público-alvo.

Sendo assim, o copywriter é o escritor especialista em conduzir os leitores à tomada de decisão, mas sempre oferecendo informações valiosas para o seu público-alvo.

Para entenderes melhor o que é copywriting e copywriter, dá uma olhadela neste vídeo.

O que faz um Copywriter?

O copywriter é, no fundo, um redator que tem conhecimento de técnicas específicas que levam os leitores a agir de forma imediata de acordo com as suas sugestões. Ou seja, ele encaminha o leitor para agir de determinada forma, mas sempre de forma consciente.

Ele não mente, nem faz com que o leitor tome uma decisão sem pensar! Com a aplicação das técnicas de copy, consegue com que o leitor tome a ação que ele quer, mas de forma plena, consciente de que é realmente aquilo que ele quer e precisa para a sua vida.

É também o responsável por transformar textos banais em verdadeiras máquinas de conversão. Por isso, estes profissionais precisam, além de criatividade, de um grande poder de persuasão com as palavras.

Ainda não sabes se esta profissão é a melhor para ti? Então usa o nosso Simulador e faz os nossos Testes!

Para entenderes melhor as exigências deste trabalho, vamos ver o que é preciso para fazeres um bom trabalho de copywriting.

Como ser um bom Copywriter?

Embora possa parecer simples, o trabalho de um copywriter não é assim tão fácil. Além de escrever bem, precisa garantir boas práticas de copywriting. O uso de gatilhos mentais é o segredo de um bom copy.

Esses gatilhos são mecanismos psicológicos que fazem com que o processo de decisão seja mais rápido, os quais são:

  • Reciprocidade – As pessoas têm tendência a “dar o bem quando recebem o bem”. Assim, quando queremos uma ação positiva por parte do público-alvo, devemos também ter uma ação positiva.
  • Afinidade – Não é difícil percebermos a questão da afinidade. Nós temos uma tendência natural a nos conectarmos com os nossos pares, ou seja, com pessoas que se parecem connosco (com os mesmos gostos, traços de personalidade, ou com os mesmos traumas e receios, por exemplo). Assim, um bom copywriter trabalha esta conexão psicológica, para que o público se identifique.
  • Aprovação Social – A tendência do ser humano é seguir tendências. Quanto mais pessoas seguirem por um caminho, mais temos tendência a seguir esse mesmo rumo. Sem dúvida, as nossas decisões são influenciadas por aqueles que nos rodeiam. Uma das práticas de copywriting é usar a aprovação social a nosso favor, para “influenciar” na tomada de decisão.
  • Escassez – Da mesma forma que as pessoas têm tendência a querer o que todos têm, ou fazer o que os outros fazem, também têm a tendência de valorizar produtos/serviços/oportunidades escassos. A sensação de que podemos perder algo faz com que tomemos uma decisão muito mais rápido, e esta escassez é muito usada para levarmos o nosso público a agir com rapidez.
  • Autoridade – As pessoas tendem a seguir alguém que consideram uma referência, como alguém superior. Nesse sentido, no copywriting mostramos que somos uma autoridade no assunto.
  • Compromisso – Estar comprometido com o público é essencial para que este tome uma ação.

O que evitar no Copywriting?

Da mesma forma que temos boas práticas de copywriting, também existem aspetos a serem evitados ao máximo, pois prejudicam os resultados e as taxas de conversão. Assim, se quiseres ser um bom copywriter, tens de evitar:

  • Textos sem qualidade e sem informação – Um dos maiores erros dos copywriters é oferecer um conteúdo cheio de publicidade, mas sem agregar valor aos conteúdos. É fundamental que os textos tenham qualidade (sem erros gramaticais e de coerência), com informações importantes para os leitores.
  • Textos longos – Um texto não deve ser tão grande que o leitor se perca durante a leitura. É essencial que o redator seja capaz de abordar o tema de forma objetiva, sem grandes rodeios, e que passe a informação de forma clara. Além disso, é fundamental que o texto seja direcionado a uma persona. Não adianta querermos chegar a todas as pessoas. Temos de definir quem queremos alcançar para trabalhar o texto direcionando para esse público em específico.
  • Não falar dos benefícios do produto/serviço – Muitas empresas pecam por criar copys extensas a falar sobre as características do produto ou serviço que estão a promover, mas sem mencionar os benefícios que teremos ao fazer a compra. O foco deve estar sempre nas vantagens que as pessoas terão com os produtos.
  • Não criar uma relação de confiança – O público tem de confiar na empresa/marca/pessoa que está a passar a informação. Sendo assim, uma boa copy tem de transmitir credibilidade e confiança.

Quais as suas funções

O profissional de copywriting tem funções distintas, dependendo da área em que trabalha. Sendo assim, aqui vamos mostrar as principais áreas de atuação, detalhando as suas funções em cada uma delas. Ora vê!

Qual o trabalho do Copywriter em Publicidade e Marketing?

Ao trabalhar na área da publicidade e marketing, o copywriter é o profissional que desenvolve os textos que envolvam algum tipo de persuasão. Aqui incluímos, por exemplo, textos para anúncios, panfletos, material a ser entregue ou divulgado em eventos, e-mails, páginas de vendas (internet), mensagens de auto-resposta no site ou e-mail, roteiros para vídeos e podcasts, e banner ads.

No que diz respeito ao trabalho a ser desenvolvido para a internet, é importante que o profissional tenha conhecimentos sólidos de Search Engine Optimization, mais conhecido por técnicas de SEO.

Discursos

Muitos copywriters trabalham para executivos e políticos, desenvolvendo discursos para apresentações em público, como reuniões, eventos ou jantares, por exemplo. Tendo em conta que os discursos têm uma linguagem muito própria, nem todos os escritores são capazes de desenvolvê-los.

O copywriter, por usar técnicas de persuasão, é o profissional perfeito para desenvolver este tipo de trabalho.

O Copywriter em Relações Públicas

O copywriting também é uma técnica usada na comunicação de relações públicas, as quais podem dirigir-se a colaboradores, público em geral, ou clientes de uma empresa.

Neste setor, o copywriter precisa desenvolver vários tipos de textos, como artigos gerais, press kits, cartas ou e-mails com as novidades, ou comunicados de imprensa, por exemplo.

Audiovisual

Estes profissionais podem também trabalhar na área do audiovisual, desenvolvendo os scripts para anúncios (de rádio, televisão, ou canais da Internet).

Material Colateral

Se é verdade que a maioria das empresas não atribui este trabalho ao copywriter, também é verdade que é de extrema importância que este material seja feito por alguém que tenha conhecimentos da técnica de copy.

Por olharem para este tipo de material como algo secundário, a verdade é que a maior parte das empresas apresenta estes materiais com baixa qualidade, precisamente por não ter ninguém capacitado para desenvolvê-lo.

Aqui, podemos incluir, por exemplo, relatórios de contas, relatórios anuais, newsletters, cartas comerciais, booklets, case studies, entre outros.

Material Técnico

Neste caso, os copywriters precisam ter uma formação mais técnica, como engenharia, informática, entre outros, para que consigam escrever sobre temas complexos dentro da área, mas usando as técnicas de copy.

Neste tipo de material, podemos incluir: relatórios, sales sheets, data sheets, white papers, livros de instruções, entre outros.

Vê agora este vídeo com dicas excelentes para te tornares um copywriter de sucesso.

Saídas no Mercado de Trabalho

O copywriting é, sem dúvida, uma das profissões de futuro em todo o mundo, incluindo em Portugal e no Brasil. Sabendo que estes profissionais têm habilidades e capacidades persuasivas muito fortes, com conhecimentos para que os outros atuem da forma que querem, são fundamentais para qualquer tipo de negócio.

Além disso, com o aumento dos suportes digitais, a necessidade de conteúdos diversos é maior, o que implica o trabalho de um copywriter nos mais diversos sentidos, seja em artigos para sites, páginas de vendas, e-mails, roteiros para vídeos, entre tantos outros.

É possível fazeres parte de uma equipa de marketing e criação de conteúdos numa empresa. No entanto, a maior parte dos profissionais opta por seguir uma carreira freelancer, desenvolvendo projetos para vários clientes.

Como profissional autónomo, tens a possibilidade de trabalhar a partir de qualquer lugar, desde que tenhas uma ligação à Internet. Se estiveres a trabalhar para uma empresa, é possível também adotar o teletrabalho, mas pode haver a exigência de deslocações à empresa.

Como entrar na carreira de Copywriter?

Uma das grandes vantagens da profissão de copywriter é que não precisas ter um curso superior para poderes exercer. No entanto, é fundamental que tenhas gosto pela escrita, e que consigas, realmente, desenvolver bons textos.

Apesar disso, é importante que os futuros profissionais estudem aprofundadamente as técnicas de copywriting. Ninguém se pode intitular de copywriter se não souber essas técnicas e se não souber aplicá-las.

Como tal, se queres seguir esta profissão, é importante tirares um curso de copywriter com profissionais qualificados.

Onde estudar Copywriting?

Existem vários cursos online de copywriting, assim como cursos presenciais. É importante que procures profissionais que sejam uma referência na área, até porque existem muitos cursos não certificados e que não seguem as boas práticas de copy. Para te ajudarmos, deixamos aqui algumas sugestões.

Portugal:

Brasil:

Se estás a pensar seguir a profissão de copywriter, então sabe, desde já, que o teu futuro está garantido. É olhada já como a profissão mais promissora para os jovens e recém-formados. Não deixes de investir em conhecimento, porque sem ele será difícil tornares-te um bom profissional. Estuda e conquista um brilhante futuro!

Partilhar Post

1 comentário em “Copywriter”

  1. Avatar

    Adorei este artigo. O mais incrível é que me impulsionou-me a tomar uma ação, o de ir atrás dos meus sonhos. O copywriter que escreveu este artigo está de parabéns.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.

Scroll to Top

A tua opinião conta para nós!

Participa no Inquérito de Satisfação do Guia das Profissões e ajuda-nos a melhorar. Responde agora e ganha o e-book “Como organizar o Seu Tempo?”

mulher apontando