Decoração de Interiores

decoração de interiores

A Decoração de Interiores é cada vez mais procurada no mercado atual. Tendo em conta que o ambiente onde vivemos e trabalhamos influencia diretamente no nosso estado de espírito, é importante que esse espaço seja o mais harmonioso possível. Por isso, um especialista em decoração de interiores é o profissional perfeito para garantir o bem-estar!

Outros nomes para esta profissão: Decorador de interiores, Designer de Interiores, Design de Interiores

  • Modalidades: Presencial
  • Ordenado Médio Mensal: 1500€ - 2000€
  • Empregabilidade: Média
  • Empregabilidade: Trabalho em Equipa
  • Disciplinas do Secundário/ensino médio: Desenho, Geometria Descritiva, História, História da Cultura e das Artes, Materiais e Tecnologias, Multimédia, Oficina de Artes
  • Idiomas: Inglês, Português

O profissional responsável por isso é o decorador, ou o designer de interiores. As duas profissões são distintas, e, assim, convém entender a diferença na hora de escolher a sua formação.

O decorador pode, ou não, ser formado, mas as suas ações restringem-se à escolha de objetos e móveis para concluir a decoração do espaço.

Já o designer de interiores, formado, para além do trabalho de um decorador, é capaz de elaborar todo o espaço de forma coerente, tendo em conta técnicas de acústica, ergonomia, iluminação e térmica.

Além disso, este profissional é capaz de fazer a reconstrução do espaço interior, como a ampliação ou redução de espaços, por exemplo.

Vejamos, então, agora, o que um especialista em decoração de interiores faz no seu dia a dia, quais as suas funções, e como pode iniciar esta carreira.

O que faz um Designer de Interiores?

O designer de interiores idealiza e faz projetos de espaços interiores, tendo como objetivo aumentar a qualidade de vida dos seus clientes, assim como tirar proveito do espaço, tornando-o funcional.

O especialista em Decoração de Interiores é responsável por projetar esses espaços para que o resultado final seja funcional, mas também harmonioso. Por isso, é essencial uma formação na área, com conhecimentos que permitam bons resultados, e com eficiência.

Sendo assim, este profissional precisa reunir uma série de qualidades pessoais, como:

  • Gosto por desenho
  • Habilidade para recriar ambientes interiores
  • Organização
  • Raciocínio lógico
  • Senso estético

Deverá também ter interesse por paisagismo, arquitetura, assim como por iluminação.

O designer de interiores pode trabalhar em qualquer tipo de espaço, desde que seja interno. Sendo assim, pode projetar tanto espaços residenciais, como comerciais.

Independentemente do espaço que vai transformar ou trabalhar, o designer trata tanto do planeamento, como da execução do projeto.

Num primeiro momento, é preciso que o designer faça um projeto para, assim, poder dar um orçamento. A partir daí, é possível fazer as melhores escolhas sobre cores, materiais a usar, entre outros aspetos importantes.

Para fazer esse projeto, o especialista em decoração de interiores tem de se reunir com o cliente, de forma a perceber quais as suas expectativas, qual a sua personalidade, assim como qual o uso que dará a cada um dos espaços a serem trabalhados.

Depois de feito e aprovado o projeto, o designer de interiores passa para a ação, acompanhando todo o projeto, lidando com fornecedores, trabalhadores de obra, entre outros.

Sem dúvida, a decoração em si só aparece no fim de um trabalho grande de reforma do espaço.

Quais as suas funções

O especialista em decoração de interiores poderá trabalhar em diferentes áreas de atuação, o que faz com que as suas funções sejam bastante amplas, divergindo da área para a qual trabalha.

Os designers que trabalhem em projetos de interiores, têm uma rotina muito grande de escritório, ao contrários daqueles que atuam mais na gestão de obras, cuja rotina é bastante diversificada.

Estes profissionais também podem atuar na criação de mobiliário e objetos decorativos, especialmente aqueles com habilidades manuais e que sejam bastante criativos.

Estes profissionais também podem atuar em:

  • Visual Merchandising
  • Fotografia de interiores
  • Publicações para portais de decoração de interiores
  • Representações tridimensionais

Saídas no Mercado de Trabalho

O designer de interiores pode trabalhar em diversas áreas de atuação. Além de poder trabalhar em design de interiores, pode atuar na criação de móveis, fazer a gestão de uma obra de interiores, ou até trabalhar em paisagismos.

Existe, atualmente, uma crescente preocupação com o meio ambiente, e isso também influencia o design e decoração de interiores. A sustentabilidade é, sem dúvida, uma das áreas em ascensão dentro do design de interiores, o que pode ser uma grande oportunidade para estes profissionais.

Como entrar na carreira de Decoração de Interiores

No Brasil, assim como em Portugal, poderá atuar em decoração de interiores como decorador ou como designer de interiores. No entanto, sabemos que o decorador tem as suas limitações quanto à atuação.

Para seguir a carreira de Design de Interiores, é necessário um curso de Design de Interiores.

Portugal:

Para tornar-se um designer de interiores, precisa tirar o Mestrado em Design de Interiores, o qual tem duração de 5 anos (3 de licenciatura, mais 2 de mestrado). Este curso integra conhecimentos de várias áreas, como arquitetura, comunicação, arte e design.

Brasil:

No Brasil, poderá optar por um curso técnico, tecnólogo, ou graduação. As três opções permitem-lhe trabalhar com decoração de interiores.

O curso técnico tem uma duração de, no mínimo, 800 horas. Este é um curso excelente para quem quer entrar no mercado de trabalho rapidamente. No entanto, não lhe permite candidatar-se a cargos públicos.

O tecnólogo de design de interiores tem uma duração de, no mínimo, 1600 horas. Obviamente, os conhecimentos obtidos são maiores do que no curso técnico, dando maior formação e capacidade ao profissional para atuar como designer de interiores.

A graduação de design de interiores tem uma duração de, no mínimo, 2400 horas. Profissionais que queiram candidatar-se a cargos públicos e que queiram, efetivamente, uma boa base de conhecimentos, deverão concluir essa graduação.

Onde estudar Decoração de Interiores

Portugal:

Brasil:

Se quer iniciar a sua carreira em Decoração de Interiores, então está na hora de arregaçar as mangas e estudar!

Partilhar:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima