Desenvolvedores de software

Desenvolvedores de software

Os desenvolvedores de software são os profissionais responsáveis por criar todo o sistema, com base no que o cliente solicita mas, para isso, eles precisam graduar-se na área, adquirindo competências técnicas e teóricas sólidas.

Outros nomes para esta profissão: Desenvolvedor de software

  • Modalidades: Teletrabalho, Presencial, Ar Livre
  • Ordenado Médio Mensal: 1000€ - 1500€
  • Empregabilidade: Alta
  • Empregabilidade: Trabalho em Equipa
  • Disciplinas do Secundário/ensino médio: Informática, Matemática, Materiais e Tecnologias, Multimédia
  • Idiomas: Espanhol, Francês, Inglês, Português

Hoje em dia, com os grandes avanços na área da tecnologia, os desenvolvedores ganham ainda mais espaço no mercado de trabalho. Cada vez mais empresas procuram criar sites e apps para as suas marcas. Para isso, eles precisam de ter um desenvolvedor capacitado.

Como em todas as áreas, para tornar-se um desenvolvedor de software é necessário investir em conhecimento, podendo, assim, destacar-se no mercado de trabalho.

O que fazem desenvolvedores de software

Os desenvolvedores de software encarregam-se de criar sistemas para sites, aplicações (aplicativos) e programas. Além disso, estes profissionais podem ainda testar sistemas já existentes, com o objetivo de detectarem falhas na sua construção.

Estes profissionais podem ser de grande valia para as empresas, estejam elas no topo, ou apenas iniciando os seus serviços. Um bom programa, ou um site funcional, pode trazer inúmeros clientes para a sua plataforma, por isso é que estes profissionais podem ser tão reconhecidos.

Quais as suas funções

O desenvolvedor de software pode atuar nas seguintes áreas:

Criação de aplicativos e sistemas: O desenvolvedor pode criar aplicativos e sistemas do zero, levando como ponto de partida apenas as exigências dos clientes. Os sistemas podem ser de grande utilidade no dia a dia de empresas.

Identificar falhas em sistemas já existentes: Principalmente as grandes empresas, precisam de muita segurança em seus portais. Por isso, é comum que os desenvolvedores sejam contratados para encontrarem falhas dentro do sistema e encontrarem soluções para elas.

Ensinar a usar novos sistemas: quando se implementa um novo sistema numa determinada empresa, é importante que os funcionários aprendam a utilizá-lo de maneira correta. Portanto, um desenvolvedor pode tornar-se muito necessário dentro deste ambiente.

Aprimorar sistemas antigos: Como a tecnologia evolui um pouco mais a cada dia, é importante que os desenvolvedores atualizem sistemas antigos, com o intuito de torná-los mais eficientes, rápidos e seguros.

Freelance: Por mais que muitos desenvolvedores trabalhem em empresas fixas, boa parte deles ainda optam pelo trabalho freelancer. Muitos profissionais preferem ter a sua liberdade, em vez de estarem presos a um vínculo laboral com uma entidade.

Saídas no mercado de trabalho

Estes profissionais possuem o privilégio de escolher a área onde irão trabalhar. Podem afiliar-se a uma empresa específica de desenvolvimento de softwares e ficar ali durante toda a vida, ganhando um ordenado fixo ou comissões por trabalho realizado.

O desenvolvedor pode tornar-se também um profissional liberal (autónomo), fazendo os seus próprios horários e escolhendo os projetos nos quais realmente deseja trabalhar.

Os desenvolvedores de software também podem firmar carreiras ensinando as outras pessoas a atuarem neste mercado, através de cursos e palestras, ou entrando na carreira de ensino (Superior ou Secundário / Ensino Médio).

Como entrar na carreira de desenvolvedores de software?

Para tornar-se um desenvolvedor de software, o ideal é ter um curso superior em TI (Tecnologias de Informação).

Por outro lado, caso não queira formar-se nesta profissão, existe a possibilidade de fazer pequenos cursos. Existem dezenas deles por aí, incluindo na Internet.

No entanto, ainda que hajam oportunidades para desenvolvedores de notório saber, mas sem formação, é sempre mais seguro formar-se na área, a fim de obter as melhores oportunidades por meio de indicações e diploma.

Depois de aprender muito sobre desenvolvimento de softwares, é possível enviar pedidos de admissão para empresas que necessitem deste tipo de serviço, agendando algumas entrevistas de emprego.

Onde estudar desenvolvimento de softwares?

Além das Universidades, existem muitas escolas profissionais que formam os seus alunos em desenvolvimento de softwares.

Optar por cursos profissionalizantes pode ser muito mais barato do que o ingresso a uma faculdade de ponta. Além disso, estes cursos oferecem um plano curricular bastante bom.

Basta pesquisar e escolher os cursos mais completos e com o máximo possível de certificações em áreas diferentes, assim o seu currículo torna-se ainda mais valioso.

Desenvolvedores de software em Portugal:

No Brasil:

Esta é uma profissão que, certamente, se tornará ainda mais valiosa com o passar do tempo e com o aprimoramento da tecnologia. Atualmente, com a importância da Internet na nossa vida, e nos negócios, as empresas procuram, cada vez mais, profissionais especializados que possam ajudá-los a crescer no mercado digital.

Não tenha medo de ingressar neste mercado! Se tem vocação para a profissão, se gosta realmente de trabalhar com a área de TI, então a sua carreira em desenvolvimento de software será brilhante!

Partilhar:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima