Designer de Comunicação

Designer de Comunicação

Mais sobre a profissão

Modalidades:

Teletrabalho, Presencial

Ordenado Médio Mensal:

1000€ - 1500€

Empregabilidade:

Média

Disciplinas do secundario:

Desenho Multimédia Oficina de Artes

Idiomas:

Inglês, Português

O Designer de Comunicação é o profissional que cria mensagens visuais, para informar ou formar as pessoas no âmbito de iniciativas públicas e privadas. Mas também pode trabalhar no âmbito do Marketing e da publicidade, ou propaganda.

O desenvolvimento da tecnologia veio mudar de forma significativa a forma como comunicamos. Atualmente, com a Internet a dominar as nossas vidas, os vídeos e as imagens tomaram conta de nós.

No meio de todo o mar de dados que existe por aí, as grandes e as pequenas empresas precisam de transmitir as suas ideias, e de vender os seus produtos, de forma cada vez mais apelativa. É, neste âmbito, que surge o Designer de Comunicação como essencial.

Este profissional é quem cria toda a comunicação visual das organizações, sejam púbicas ou privadas. Assim, cria logotipos, mas também anúncios, catálogos e até mapas de metro.

Vê que o Design de Comunicação está em todo o lado, mesmo que não te apercebas disso. Portanto, é essencial para transformar conceitos e ideias em mensagens visuais que o público pode entender.

Mas vem connosco saber tudo desta profissão!

O que faz um Designer de Comunicação

O trabalho do Designer de Comunicação passa por pesquisar, desenvolver e criar produtos de comunicação visual. Mas, tem calma, já vamos explicar-te em detalhe o que é que este profissional faz mesmo!

Assim, o seu papel é criar imagens gráficas e digitais no âmbito de estratégias de branding e de Design Gráfico levadas a cabo por empresas ou organizações públicas. Portanto, o seu trabalho pode estar associado ao Marketing, mas também pode trabalhar no âmbito de candidaturas políticas, por exemplo.

Além disso, pode trabalhar numa vertente de apoio ao Jornalismo, por exemplo, a criar infografias ou imagens visuais que ajudem a ilustrar peças informativas.

Noutra vertente, pode ter funções da área do Web Design e até trabalhar com fotografia. Mas ainda pode ter tarefas similares a um Videomaker, como, por exemplo, fazendo vídeo-mapping e motion design.

Mas, independentemente do tipo de trabalho que faça, é certo que um Designer de Comunicação precisa de ser criativo. Contudo, não é tão simples como abraçar uma profissão da área das Artes Visuais, pois precisa de ter sempre os pés assentes no chão.

O seu trabalho tem de ser artístico, mas tem, sobretudo, de ser compreendido, uma vez que passa sempre uma mensagem.

Quais as suas funções

O papel dos Designers de Comunicação mudou muito ao longo dos últimos anos. A evolução tecnológica veio mudar a forma como trabalham, mas também abrir o leque de funções que podem fazer.

Noutros tempos, o seu papel estava limitado às rádios e jornais, bem como a outras áreas do universo offline, como a publicidade institucional das Câmaras municipais.

Contudo, nos dias atuais, o profissional de Design de Comunicação pode fazer trabalhos online e offline. Nesse sentido, surge como um jogador de equipa, pois pode trabalhar em conjunto com profissionais, como, por exemplo, o Profissional de Marketing Digital, o Ilustrador/Desenhador ou o Fotógrafo, entre outros.

Assim, é uma peça mais da “máquina” de criação, tendo como foco o desenvolvimento de objetos de comunicação e identidade visual. Mas que objetos são esses? Ora vê, na lista que se segue, alguns dos produtos que o Designer de Comunicação pode criar:

  • Mapas de metro
  • Sinaléticas informativas
  • Cartazes
  • Manuais de instrução
  • Livros
  • Flyers
  • Brochuras
  • Cartões de visita
  • Embalagens
  • Infografias
  • Logotipos e imagens gráficas
  • Diagramas
  • Fontes de letras
  • Ilustrações
  • Logotipos.

Vem agora descobrir como é o mercado de trabalho nessa área.

Quanto ganha um Designer de Comunicação

Os Designers de Comunicação podem trabalhar como freelancers ou com contratos de trabalho com empresas. Assim, os seus salários podem variar muito conforme estes dados.

Contudo, a experiência do profissional também é importante. Um Designer de Comunicação iniciante não pode esperar ter um salário tão interessante como alguém que já esteja no mercado há vários anos.

Além disso, o “nome” que o Designer conseguir construir na “praça” será também importante para definir quanto é que vale em termos salariais.

Saídas no Mercado de Trabalho

Há várias saídas possíveis para quem trabalhar como Designer de Comunicação. Algumas delas são as seguintes:

  • Revistas e jornais
  • Sites de informação
  • Agências de comunicação
  • Câmaras municipais e outras entidades estatais
  • Ateliers de Design
  • Agências de Publicidade e Propaganda
  • Editoras de livros
  • Indústria gráfica
  • Empresas de Web Design
  • Agências de eventos
  • Gabinetes de Ilustração.

Mas, além destas saídas, ainda pode dar formação nas áreas do design, do branding e da cultura e identidade visuais.

Por outro lado, pode ainda fazer consultoria e o trabalho como freelancer é também uma hipótese…

Como entrar na carreira de Designer de Comunicação

O estágio profissional é uma excelente forma de colocar um primeiro pé no mercado de trabalho. Vê que muitos cursos incluem um estágio como parte decisiva para completar a formação. Portanto, têm parcerias com empresas que podem acabar a contratar os novos Designers de Comunicação.

Contudo, também há pessoas que tiram cursos na área da Comunicação Social, por exemplo, e que acabam, depois, por se interessar pelos aspetos mais ligados à multimédia e aos grafismos. Nesses casos, devem tirar uma especialização em Design de Comunicação, ou outra vertente semelhante, para se poderem afirmar neste âmbito.

Assim, fica claro que não há um caminho seguro para entrar no mercado de trabalho. Mas é importante que, além da formação, tenhas também uma excelente capacidade de observar o mundo à tua volta e um grande talento visual.

Além disso, a flexibilidade e a multidisciplinaridade são fatores essenciais.

Onde estudar Design de Comunicação

Há vários cursos dedicados à área do Design de Comunicação, entre universitários e profissionais.

O caminho ideal depende sempre daquilo que tu procuras, mas é fundamental que tenham na grade curricular tópicos como o Design Multimédia, o Design Gráfico, o Audiovisual e a Fotografia.

Mas também deves procurar uma formação bastante prática que te permita treinar os conceitos apreendidos.

Para te ajudar nesse caminho rumo ao futuro, fica com os seguintes links…

Portugal:

Brasil:

O Designer de Comunicação é essencial para entendermos o mundo onde vivemos, e para que as mensagens que as empresas e organizações nos querem fazer chegar façam sentido. Tens a criatividade e o rigor necessários para abraçar este desafio? Estamos a torcer pelo teu sucesso.

Partilhar Post

Deixa o teu testemunho

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Scroll to Top